Kawasaki W 800 de 2019 – Renovado tributo à mítica W1 de 1966

By on 4 Janeiro, 2019

Depois do desaparecimento há cerca de 3 anos da última W800 por motivos relacionados certamente com exigências do Euro 4 eis que a Kawasaki, reconhecendo o potencial do segmento clássico e Neo-Clássico, segmento este onde já tinha apresentado em 2018 a sua fantástica Z 900 RSR e RSR Café, decidiu novamente prestar homenagem à sua mítica W1 650 que nos anos 60 era a moto com maior cilindrada e mais rápida da época.

Kawasaki W1 de 1966

A Kawasaki W1 lançada em 1966 criou na altura a referência da marca com modelos de alta cilindrada e alta velocidade dando origem a uma tendência que ao longo dos anos a marca veio consolidando com modelos também emblemáticos como as Z1, as Ninja e as ZZRs.

Autodesk VRED Design 2017.2 Update

Revelada no Salão EICMA em Milão no passado mês de novembro de 2018 a nova W 800 vem também tal como a neo clássica Z900 RSR, em duas versões, a W 800 Street e a W800 Café.

O estilo clássico da nova W800 está bem patente em todos os seus elementos e na concepção geral da moto onde sobressai o farol redondo, as jantes raiadas, o motor com aletas que refletem a tradicional refrigeração a ar em homenagem directa precisamente à original W1, e que neste caso está de acordo com as limitações em termos de emissões estipuladas no Euro 4 e o formato dos escapes muito idênticos aos originais da versão W1 dos anos sessenta assim como os foles na suspensão dianteira e o depósito com as típicas borrachas de proteção ao nível dos joelhos que aumentou a sua capacidade para os 15 litros de combustível ( antes 14 L ) .

As duas versões agora criadas vêm de encontro aos estilos clássicos mais populares actualmente existentes no mercado, sendo a Versão Street a mais convencional e fácil de conduzir, com guiador que permite uma postura mais direita e confortável e um design simples algo espartano mas com enorme potencial para a transformação e personalização. Já a versão Café da W800 é mais desportiva, monta um guiador tipo avanços e um banco subido na secção traseira, típico das café racers, e onde não falta a também típica cúpula que cobre o farol dianteiro.

As duas versões montam pneus de maior dimensão que o habitual e jantes de 18”, tanto à frente como atrás, que reforçam a sua imagem clássica e os acabamentos em negro do motor e das jantes ( na versão Café ) contribuem também para esse posicionamento e estilo clássico. Definitivamente ambos modelos visam o segmento onde a Triumph com a sua gama Bonneville domina e os argumentos comparativos entre as duas marcas serão em breve fruto de uma análise mais detalhada.

A informação é disponibilizada em dois manómetros redondos separados, de aro cromado de estilo clássico, que inclui um pequeno visor digital no conta kms e uma série de luzes avisadoras no conta-rotações.

O motor um bicilíndrico paralelo de 773cc de 48 CV de potência com cambota a 360º e ignição simultânea dos dois cilindros que faz com que a W800 tenha um trabalhar muito peculiar, ampliado pela configuração tradicional dos seus escapes cromados de belo efeito estético também. A embraiagem é assistida mecanicamente e do tipo deslizante, o que faz com que o seu acionamento seja leve e progressivo em qualquer situação ou regime de motor.

O quadro de duplo berço apesar de em tudo semelhante ao da versão anterior descontinuada é agora mais rígido em zonas críticas e com um acabamento cuidado e de qualidade sobretudo nos pontos de soldadura. A suspensão dianteira e traseira montam molas mais rígidas que a anterior versão e baínhas de 41mm com os típicos foles de borracha de proteção.

A nova Kawasaki W800 versão Street vai estar disponível apenas na cor Metallic Flat Spark Black com Metallic Matte Grhafite Gray e a versão Café em Metallic Magnesium Gray com Galaxy Silver. A Kawasaki disponibiliza ainda uma lista extensa de acessórios da marca para personalização das suas W800. O seus PVPs em Portugal e a data da sua disponibilidade ainda não são conhecidas.

Galeria de imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!