MV Agusta Brutale 1000 “Serie Oro” – Apresentada pela IMEX Moto no Mome em Lisboa

By on 27 Maio, 2019

Na passada 6ª Feira a IMEX Moto levou a cabo, no espaço Mome em Lisboa, um evento de apresentação da MV Agusta 1000 Serie Oro, Moto premiada no último Salão de Milão com o galardão de “Most Beautiful Motorcycle of the Show 2018”.

A apresentação foi conduzida por Carina Oliveira, CEO da IMEX Moto, que referiu a sua satisfação na realização deste evento e do orgulho que a sua empresa tem na representação da marca MV Agusta em Portugal. Na apresentação esteve também presente Vito Minnuni, Sales Manager da MV Agusta Factory, que ficou surpreendido com o nível da apresentação e inúmera presença de convidados, media especializada e clientes.

De seguida André Ribeiro, responsável pela loja MV Agusta de Lisboa fez uma breve descrição da moto dando especial destaque à relação peso/potência da Brutale 1000, 212 CV para 184 Kg de peso, simplesmente a naked mais potente do mercado, e que atinge os 300 Kmh.

Mas para além desta relação inimaginável de peso/potência numa moto naked de série a Brutale 1000 “Serie Oro” vem cheia de pormenores tecnológicos que acentuam ainda mais a sua personalidade exclusiva e desportiva da qual apenas 300 unidades serão produzidas.

De origem os engenheiros da MV Agusta dotaram o motor da F4 para a Brutale com 208 cv às 13.450 rpm e um binário de 115,5 Nm o que já de si é um recorde de potência numa naked de série, , mas disponibilizam também em opção um Kit de competição que inclui escape SC-Project e uma nova ECU para atingir os 212 cv às 13.600 rpm.

O motor tetracilíndrico da F4 foi totalmente revisto para a Brutale e para além de manter o sistema de válvulas radiais com corrente de distribuição central, agora as válvulas sãso acionadas por umas novas guias e abrem numa nova câmara de combustão redesenhada e maquinada em CNC.

A lubrificação do motor foi também revista e inclui agora um sistema de “Spliter” utilizado na competição, que separa o óleo das partes móveis do motor, numa espécie de sistema de carter semi-seco, diminuindo a fricção e as vibrações. A nível da transmissão foi instalada uma nova embraiagem e uma tampa de cobertura em fibra de carbono para redução de ruídos.

Outra referência única é também o facto desta Brutale atingir os 300 Km/h facto que justifica a montagem de guiador mais baixo tipo avanços que permitem uma posição mais deitada sobre a frente da moto. De qualquer forma a 300 Km/h sem qualquer proteção aerodinâmica não será para qualquer um.

Para atingir essa velocidade a caixa do filtro do ar da MV Brutale 1000 foi totalmente redesenhada, o sistema de injecção inclui injectores duplos e o escapes foram especialmente desenhados para a Brutale num esquema de 4-1-4.

Para ajudar a estabilizar a Brutale 1000 considerando o nível de desempenho que a mesma atinge, os engenheiros da MV dotaram a Brutale 1000 de ailerons laterais que ajudam a aumentar a estabilidade da moto em alta velocidade, realidade que provém obviamente da experiência em alta competição no MotoGP.

O acelerador eletrónico Ride by Wire permite uma série de funcionalidades de control eletrónico da moto nomeadamente 8 níveis de controle de tração e controle anti-cavalinho, launch control e caixa com QuickShift nas duas direções ( up & down ).

A nível da ciclística só se podia esperar tudo do melhor e mais sofisticado, desde os travões Brembo Stylema com discos de 320mm assistidos por ABS Bosch 9.1 , à eletrónica de topo, assim como um painel TFT a cores de 5” onde podemos obter toda a informação. O quadro é misto feito de uma estrutura tubular com elementos compósitos e peças laterais de liga de alumínio. O braço oscilante é do tipo monobraço e as suspensões dianteiras eletrónicas e amortecedor traseiro são Ohlins. As jantes são ainda em fibra de carbono, tal como uma série de outras peças da moto que, no seu conjunto, contribuem para o baixo peso da Brutale 1000 “Serie Oro” de apenas 184Kg.

A comodidade imaginamos que seja relativa sobretudo considerando que a moto atinge os 300Km/h, mas no entanto inclui elementos e pormenores que estão pensados para ajudar à adaptação do condutor e do pendura à moto, como sejam por exemplo as almofadas separadas para ambos e o ajuste possível das peseiras do condutor. A baquet pode ainda transformar-se em monolugar pela adopção de uma tampa incluída de origem.

A MV Agusta Brutale 1000 “Serie Oro” é de facto única pelas suas características e performance e exclusiva pelos detalhes de qualidade mecânica e estética que oferece. Uma edição limitada a apenas 300 unidades pelo que se se sentem atraídos pela BRUTALE 1000 e pela sua relação imbatível de peso/potência/velocidade máxima, é melhor reservarem a vossa pois irão certamente ser muito cobiçadas.

Galeria de Imagens

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!