Yamaha Super Ténéré Restomod – O Espírito do Dakar

By on 7 Janeiro, 2019

Com o Dakar já a rolar vem-nos a nostalgia de recordar as máquinas que fizeram história no passado, e as Yamaha Ténéré deixaram uma marca profunda no maior Rally OffRoad do mundo.

A Yamaha YZE Super Ténéré 750 marcou toda uma década do Rally Paris-Dakar tendo ganho por primeira vez a prova de 1991 pilotada pelo campeoníssimo Stephan Peterhansel no Team Sonauto, equipa que integrava também Gilles Lalay e Thierry Magnaldi, que se classificaram em 2º e 3º, respectivamente, nesse mesmo ano. De 1991 e até 1998 Peterhansel ganhou sucessivamente todas as provas do Paris-Dakar com Yamaha, de pois de 91 já coma  YZE 850 e apenas tendo perdido em 94 para Eddy Orioli com uma Cagiva Elefant 900.

Esta preparação levada a cabo pelos italianos da North East Custom, com sede em Pádua, dentro de um espírito “Restomod”, que significa restaurar o antigo com componentes modernos, transporta-nos precisamente para essa época áurea dos anos 90 das Yamaha Super Ténéré .

Com base numa Super Ténéré de 1992, a North East Customs , gerida pelos irmãos Coppiello, quis precisamente fazer ressuscitar esse espírito do Dakar, dando-lhe um toque de modernidade.

Assim todo o trabalho de restylling da Super Ténéré foi realizado tendo em conta o estilo das motos Rally/Raid contemporâneas. A frente da mesma, produzida inteiramente de forma artesanal em fibra de vidro, apesar de integrar os faróis e a instrumentação original denota de imediato o estilo das modernas motos de Rally .

A North East Custom manteve também o depósito original da Super Ténéré de 26 litros. No entanto, todo o trabalho na traseira da moto foi feito de raíz onde vemos um guarda lamas ao estilo Rally Raid e umas tampas laterais também redesenhadas de acordo com um estilo mais actual e que integram um novo assento especialmente concebido e forrado com material utilizado hoje em dia nas modernas motos de enduro.

Nas laterais podemos observar umas placas na cor vermelha que uma vez retiradas mostram uns apoios especialmente soldados ao quadro nos quais se poderão montar todo o tipo de sistemas para facilitar o transporte de bagagem.

Na traseira foi montado um amortecedor da Bitubo e nas suspensões dianteiras também novas molas Bitubo para aumentar a sua rigidez e desempenho. As jantes mantiveram-se as mesmas mas com pneus Continental TKC80. Os discos de travão foram substituídos e a bomba de travão dianteira é agora da Brembo.

O motor não foi alterado e apenas se instalou um filtro racing da K&N e ajustados os carburadores com a montagem de um kit da Dynojet. Foram também montados dois faróis laterais auxiliares e suporte da Givi para colocação de um smartphone pois não se pretende que a moto seja para uma utilização em competição. No acabamento foi dada um look mais actual em deterioro do estilo dos anos 80/90 em dois tons, branco brilhante e preto mate, conseguindo-se um mix perfeito entre o estilo clássico e a imagem mais contemporânea das actuais motos de rally. Sem dúvida uma boa proposta para quem procure uma moto dual-sport de estilo neo-clássico.

Fonte: Bike Exif

 

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!