A MV Agusta irá lançar novos modelos em 2021 nas cilindradas que tornaram a marca famosa

By on 26 Julho, 2019

Nos anos 60 e 70 a MV Agusta, pela mão do campeoníssimo Giacomo Agostini, ganhou 15 títulos mundiais nas cilindradas 350cc e 500cc.

Agora, num acordo recentemente celebrado com o gigante industrial chinês a Loncin Motor Co Ltd, a MV Agusta irá desenvolver motos de cilindradas de 350cc e 500cc, alargando a sua oferta a novos segmentos de mercado e indo buscar ao seu passado histórico as referências de títulos mundiais conquistados nessas mesmas cilindradas.

MV Agusta 500cc 4 cilindros – Anos 70

Neste processo de crescimento em que a MV Agusta se pretende posicionar nos segmentos de média e baixa cilindrada, pretende-se no entanto manter o posicionamento premium da marca, com motos inteiramente desenvolvidas pela MV Agusta e produzidas posteriormente pela Loncin.

Na informação agora divulgada a MV Agusta refere que estão actualmente 4 modelos em desenvolvimento e que carregam consigo o ADN histórico da marca e que permitirão inclusivamente expandir o seu actual mercado e as suas vendas para o grande continente Asiático, não só através dos novos modelos de 350 e 500cc mas também com a sua actual gama de 650cc, 800cc e 1000cc.

MV Agusta 350cc dos anos 60

Parte integrante deste acordo com a Loncin é também o compromisso de a MV Agusta desenvolver novos modelos sob a marca VOGE, actual marca premium da Loncin, ampliando assim a sua oferta no continente asiático com motos de cilindradas mais altas.

Actual VOGE GP300 da Loncin

Os novos modelos apenas vão estar no mercado a partir de 2021.

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!