Royal Enfield 650 Interceptor – Preparação pela Old Empire Motorcycles

By on 13 Fevereiro, 2019

As preparações custom marcam um enorme desenvolvimento no sector das motos com personalizações originais produzidas por diferentes preparadores ao seu gosto ou ao gosto dos seus clientes, algumas realizadas com enorme sofisticação e custos obviamente associados.

No entanto muitas das vezes para se conseguir um look diferenciado, simples e personalizado de uma moto, partindo de um modelo base de produção, basta modificar alguns elementos e retirar outros tantos, para conseguirmos um resultado equilibrado e com um investimento moderado.

Foi esse o conceito adoptado pela Old Empire Motorcycles ( OEM ) em torno de uma das novas bicílindricas da Royal Enfield, a Interceptor 650, para conseguir uma das mais belas preparações de sempre sem que o budget se tornasse absurdo.

O resultado é de uma beleza minimalista onde alguns pormenores fazem a diferença como é o caso dos cabos passarem pelo interior do guiador deixando um aspecto super clean na frente da moto com a embraiagem a funcionar através de um punho de acelerador colocado também no lado esquerdo do guiador… brilhante.

A moto não tem botões nem comutadores no guiador, não tem manetes, nem de travão, nem de embraiagem, o travão da frente é acionado em simultâneo pelo pedal do travão de trás e está também desprovida de manómetros ou qualquer outro painel de informação.

Nas jantes originais raiadas foram montados pneus Metzeler Racetec, enquanto que a suspensão dianteira foi encurtada e trabalhada, tendo a OEM substituídos os dois amortecedores traseiros por outros da sua produção. Os escapes são também produzidos pela OEM e embora aparentem ser apenas coletores abertos os mesmos têm silenciadores no seu interior para que o seu ruído não seja ensurdecedor.

Na parte eléctrica não foram necessárias grandes alterações embora se tenha praticamente retirado na totalidade a mesma o que para surpresa da OEM a Royal Enfield Interceptor 650 funcionou à mesma na perfeição.

Aquilo que acabou por criar maior distinção nesta preparação foram os acabamentos de pintura nomeadamente do próprio motor lacado a negro. Simples e minimalista, uma preparação belíssima sem dúvida sem levar “couro e cabelo”.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!