EICMA 2021, Royal Enfield: SG650 Concept, o início de um novo capítulo…

By on 23 Novembro, 2021

A Royal Enfield deu início à sua presença no EICMA 2021 com a apresentação do protótipo Royal Enfield SG650, o início de um novo capítulo na história de 120 anos da marca.

O protótipo SG650 é o resultado de um desafio proposto pelo diretor de design Mark Wells à equipa de design industrial da Royal Enfield. A mensagem principal deste conceito passa pela celebração da “transição”.  Com este desafio, a equipa da Royal Enfield teve como objetivo embarcar numa nova aventura criativa com o protótipo SG650, tendo como base as sensibilidades clássicas de design da Royal Enfield para entrar numa nova era.

Segundo Mark Wells, “somos uma empresa de transição. Tendo sempre representado a era analógica, estamos agora concentrados em desenvolver novos produtos que respeitem a mesma pureza, mas que também se encontrem completamente integrados na era digital. De forma a celebrar esta transição, procurámos desenvolver um projeto que desse à nossa equipa de design uma oportunidade para se exprimirem de forma criativa. O objetivo?  Criar um protótipo único que prestasse homenagem à vasta história de motos personalizadas da Royal Enfield, sem ficar preso ao passado.  Trata-se de uma reinterpretação neo-retro que desafia as próprias convenções da Royal Enfield, respeitando o ADN icónico da marca.”

 “Vários avanços tecnológicos do presente são inspirados por imaginações do passado, como o telemóvel, o relógio inteligente ou até mesmo as viagens espaciais.  O desejo em evoluir com otimismo e sem limite nas possibilidades é fundamental na progressão da nossa cultura. Como tal, demos início à criação deste protótipo não como uma questão, mas com uma contextualização: imaginar um mundo no futuro próximo e qual o lugar da nossa marca.   Assim surgiu a imagem de uma selva urbana, cibernética, saturada em néon. Onde o antigo encontra-se com o novo numa mescla de cimento, metal, luzes brilhantes e ruas sombrias. Onde o analógico cruza-se e mistura-se com o digital. Um cenário tão familiar como alienígena. Desta forma, criámos um ambiente que nos obrigasse a refletir na estética das motos Royal Enfield de um modo completamente novo.”

Temos a certeza de que o resultado – o protótipo apresentado pela primeira vez na EICMA 2021 – é a personificação deste mundo, proporcionando algo novo, original e absolutamente único aos seguidores da marca e entusiastas das duas rodas. A nossa equipa de design fez um trabalho fantástico ao respeitar a alma analógica da marca através de piscares de olhos subtis ao passado (as linhas e nuances clássicas da Royal Enfield), e em simultâneo transportando a Royal Enfield para o futuro, através de novas formas e funções.”

O conceito fundamental dessa transição está presente em toda a moto, desde os acabamentos estéticos até aos materiais utilizados. A dianteira polida em alumínio inspirada nas motos clássicas da Royal Enfield, com grafismos digitais futuristas no depósito de combustível, simboliza a união do antigo com o novo, criando um modelo intemporal.

Alguns elementos desta moto são inéditos na linha da Royal Enfield. Várias peças de componentes foram fabricadas individualmente ou exclusivamente para este protótipo. O depósito de combustível foi fabricado numa máquina CNC a partir de um bloco sólido de alumínio, tal como as jantes com travões ABS integrados, as pinças de travão concebidas em exclusivo e os discos duplos dos travões dianteiros. A forquilha invertida, com a mesa de direção superior e cobertura da ótica em alumínio integradas, e o guiador extra-largo com os blocos dos interruptores em alumínio, dão um toque de originalidade e demonstram a progressão do design do protótipo.

Já os amortecedores duplos atrás, montados numa ciclística ao estilo clássico e o assento em couro negro para uma pessoa, cosido à mão, são um piscar de olhos ao passado da marca. Graficamente, o motor Twin 650 com elementos a negro e o sistema de escape complementam a imagem do futuro próximo da marca. E as formas polidas em alumínio, que fluem naturalmente com um grafismo “transformação digital” por toda a moto, destacam a progressão que a marca tem seguido.

“Estamos tremendamente satisfeitos com o resultado final e acreditamos ser uma moto que ficará marcada na longa história de 120 anos da Royal Enfield”, concluiu Adrian Sellers, gestor de grupos e diretor de design industrial para o protótipo SG650.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments