Estradas alemãs vedadas a motos elétricas

By on 13 Setembro, 2022

Parece que a ‘moda’ pegou de vez. Muitas estradas turísticas em zonas de paisagem protegida, estão a ser vedadas em vários pontos da Europa à passagem motociclos, mas a região alemã de Hochtaunus vai mais longe, proibindo inclusive a circulação de motos elétricas.

Fonte: BVDM / FEMA

Em Hochtaunauskreis (Hesse) – e infelizmente não só lá – existem atualmente interdições temporárias de estradas para motociclos legais, e para motociclistas que se comportam de acordo com a lei. A organização de motociclistas alemã BVDM – membro da FEMA – é repetidamente questionada se essas proibições também se aplicam a motos elétricas.

Essas perguntas foram desencadeadas principalmente por um briefing da autoridade de trânsito do distrito de Hochtaunus. Como parte do anúncio da proibição de motociclos em várias estradas, essa autoridade escreveu em 9 de março de 2022 (citação): “O termo ‘tráfego de motos’ inclui todos os motociclos na acepção do StVZO (regulamento alemão que autoriza o uso de veículos para trânsito). Um motociclo é um veículo de duas rodas com velocidade máxima superior a 45 km/h e cilindrada superior a 50 cc.”

De acordo com a BVDM, esta redação é provavelmente um encurtamento não intencional/acidental do texto da Portaria de Registro de Veículos alemã, pois nele se encontra a seguinte definição (citação): “Motociclos: veículos motorizados de duas rodas, com ou sem carro lateral, com cilindrada superior a 50cc no caso de motores de combustão interna e/ou com um patamar de velocidade máxima superior a 45 km/h”. Nesta definição, as duas condições estão ligadas por um “e/ou”. Isso significa que uma das condições acima é suficiente para falar de uma moto.

A BVDM – para finalmente esclarecer – consultou a autoridade de trânsito do Hochtaunus. A resposta da autoridade no dia 1 de junho de 2022 foi a seguinte: “… O StVO não faz distinção entre um motociclo com motor de combustão e um motociclo elétrico. A entrada do tipo de veículo no certificado de matrícula é decisiva”. Para a organização de motociclistas BVDM, de acordo com este texto, os motociclos elétricos deixam assim também de poder circular nas estradas de Hochtaunus, tal como os motociclos com motor de combustão.

Uma proibição no mínimo estranha, que parece dirigida a qualquer veículo de duas rodas, independentemente do seu nível de emissões (ou rúdo) e de qualquer factor de sustentabilidade; insólita e provavelmente decretada para algum ‘lobby’ ganhar alguns votos – nem que para isso tenha de prejudicar a vida a milhares de motociclistas!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments