Euro5: Kawasaki H2/H2R podem ser descontinuadas?

By on 14 Setembro, 2020

TORNARAM-SE ÍCONES DO MOTOCICLISMO MODERNO, MAS RUMORES VINDOS DO JAPÃO SUGEREM QUE AS DUAS HIPER DESPORTIVAS DE AKASHI, A NINJA H2 E NINJA H2R, PODEM SER DESCONTINUADAS DEPOIS DO MODELO DE 2021.

Esta notícia chega da Young Machine, desde há muito uma fonte credível de informações oriundas dos quatro grandes fabricantes japoneses.

A Kawasaki H2 estreou-se em 2015, e de imediato fez manchetes e transcendeu tipicamente a imprensa da moto com o seu estilo arrojado, feroz motor supercharged e declarações de velocidade máxima alucinantes, especialmente na configuração H2R de pista.

Na versão normal de estrada, a H2 foi lançada com 207 cavalos de potência máxima, valor que subiu na versão de 2020 aos 231 CV – 241 CV com o Ram Air em funcionamento! Esta é a versão que cumpre todas as limitações impostas, que garantem o respeito pelos requisitos legais para circular em estrada. O seu preço de compra é a partir de 32.990 euros. Já a Kawasaki H2R, é uma versão especial com 310 CV e capaz de alcançar os 326 CV com o Ram Air – e uma velocidade máxima ilimitada de 402.3 km/h! Custa 62.960 euros!

Tratando-se de um berço tecnológico em termos de motociclismo, não deixa de ser estranho esta notícia da Young Machine, que a confirmar-se seria o fim de uma das melhores motos de todos os tempos.

Sendo uma espécie de sucessora espiritual da Suzuki Hayabusa em termos de performance e do benchmarking tecnológico, a publicação japonesa informa que a Kawasaki Ninja H2 – que atualmente não atende aos regulamentos da Euro5 – será a +roimeira hiper desportiva a ser descontinuada, terminando a sua produção a partir de 2021 e tendo nesse ano a disponibilidade limitada.

Se assim acontecer, isto será uma péssima notícia para todos os fãs de motos desportivas.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments