Harley Davidson Sportster em risco de desaparecer

By on 7 Setembro, 2020

A HARLEY DAVIDSON SPORTSTER NÃO PODERÁ SER COMERCIALIZADA NA EUROPA A PARTIR DO PRÓXIMO ANO DE 2021 POR CAUSA DA ENTRADA EM VIGOR DOS REGULAMENTOS DO EURO 5. A SUA PRODUÇÃO ESTÁ A CESSAR E RESTAM POUQUÍSSIMAS UNIDADES PARA VENDA. PORTANTO, SE QUER UMA… APRESSE-SE!

Os seus motores ainda não passam para esta aprovação Euro5, e espera-se que a Harley anuncie oficialmente a sua saída da gama. Em Portugal, “um cliente que queira adquirir uma Sportster, não pode hesitar, dizer que vai para casa pensar no assunto, porque ao voltar ao stand pode já não haver a moto para entrega”, disse-nos Ana Estrelinha, da Harley-Davidson Lisboa. E isto não nos surpreende, a Harley-Davidson Sportster é uma das motos mais procuradas entre os cliente da marca de Milwaukee – e representa na vizinha Espanha quase metade das motos vendidas pela marca norte-americana.

VÍTIMAS DO EURO 5

A normativa Euro 5 para motos já está a fazer muitas ‘vítimas’ e a próxima a cair parece ser a Harley Davidson Sportster com seus dois motores 883 e 1200, porque não segue esse padrão que força os fabricantes a tornar as motos e motores menos poluentes e mais eficientes.

A Harley Davidson trabalhou bastante para melhorar os motores das suas maiores customs, touring e softail com os propulsores Milwaukee Eight que foram preparados para o padrão Euro 4 e o seu subsequente salto para a Euro 5. Mas com todos os problemas que a empresa americana está a atravessar, os motores Evolution da pequeno Sportster não foram atualizados e não poderão ser aprovados para a entrada em vigor do Euro 5.

Falou-se de uma mudança nos motores 883 e 1200 com um sistema de distribuição variável, mas as soluções técnicas não chegaram e a Harley Davidson terá que desistir de um dos seus modelos mais procurados. Desta forma, o modelo de iniciação para a família Harley Davidson seria a Street 750 e Street Rod, dois modelos que foram criados para o gosto “europeu”, mas não tiveram tanta aceitação quanto a Sportster.

A Harley Davidson não é a primeira marca americana a sofrer com as restritivas regras europeias anti-poluição. Há quatro anos a Victory teve que deixar alguns de seus modelos nos Estados Unidos por não ultrapassar a Euro 4, e um ano depois anunciou o seu desaparecimento após o anúncio da Polaris, seu parceiro maioritário, se concentrar na Índia.

HÁ MOTOS QUE NUNCA DEVIAM DESAPARECER…

Existem modelos de motos que nunca devem desaparecer, e uma delas é a Harley Davidson Sportster. É a moto das novas gerações de harlistas e a moto ideal para entrar no mundo de uma marca que mais do que motos vende experiências de vida.

A Harley Davidson Sportster comemorou os seus primeiros 60 anos de vida em 2017 e é uma moto que motorizou gerações nos Estados Unidos e na Europa. O seu desaparecimento será uma grande perda para todos que amam as motos de Milwaukee.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments