Mercado – Piaggio em luta na UE contra as ‘cópias chinesas’

By on 1 Setembro, 2020

O GRUPO PIAGGIO PROSSEGUE OS SEUS ESFORÇOS NA DEFESA DA SUA PROPRIEDADE INTELECTUAL. O GRUPO TRANSALPINO GANHOU AGORA UMA CAUSA, PARA A UNIÃO EUROPEIA OBRIGAR A EXCLUIR DO MERCADO FALSIFICAÇÕES CHINESAS DA VESPA PRIMAVERA.

Nos últimos dois anos, um total de cinquenta queixas deste tipo foram interpostas na União Europeia pelo Grupo Piaggio, sempre muito activo contra as cópias e tentativas de replicar os seus modelos.

O grupo italiano já conseguiu impedir os fabricantes chineses de fazer “cópias muito próximas” da sua Vespa Primavera através de queixas na União Europeia (EU). O desenho da Vespa Primavera é protegido pela Piaggio e o grupo reivindica a proteção intelectual do design de todos os modelos Vespa produzidos desde 1946.

Nos últimos dois anos, o Grupo Piaggio enviou cerca de 50 queixas de contrafração na União Europeia. Quase todos estes procedimentos foram bem sucedidos e conduziram ao cancelamento de quase 50 modelos vindos da China e Ásia.

A Piaggio mantém assim a pressão dos seus icónicos modelos através do Departamento do Gabinete de Propriedade Intelectual da União Europeia (OMPI e OEPU), conseguindo assim o  grupo transalpino o devido apoio da EU.

Uma boa forma de preservar o know-how industrial da Europa face à ascensão dos grandes grupos industriais asiáticos, particularmente chineses, que nem sempre se preocupam com a melhor forma de fazer as coisas.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments