Mercado: Queda de 33,9% nas duas rodas, triciclos e quadriciclos em Fevereiro

By on 3 Março, 2021

No segundo mês do ano, o mercado dos representantes oficiais de marca a operar em Portugal, de veículos novos de duas rodas, triciclos e quadriciclos, registou uma queda de 33,9 por cento face a igual mês do ano anterior, tendo sido matriculadas 1.477 unidades.

Fonte: ACAP

No mês de Fevereiro de 2021 foram matriculados em Portugal 1.303 motociclos, o que representou uma queda de 34,9 por cento face a igual mês de 2020. Detalhando por segmento, os motociclos de cilindrada até 125 cm3 registaram, no segundo mês do ano um total de 664 unidades matriculadas em Portugal, o que representou uma queda de 30,3 por cento face ao mês homólogo de 2020. Somando os diversos segmentos (ciclomotores, motociclos, triciclos e quadriciclos) isto representou uma quebra de 33,9% nas unidades matriculadas em Fevereiro, uma queda acentuada no mercado (superior aos principais mercados na Europa) a que não será alheio o prolongado estado de confinamento que vivemos em Portugal.

Mais afetados foram os motociclos de cilindrada superior a 125 cm3 que foram colocados em circulação pela primeira vez em Portugal. Estes sector registou em Fevereiro um total de 639 unidades vendidas, correspondente a uma queda de 39,1 por cento face ao mês homólogo de 2020. Em termos acumulados as matrículas deste tipo de veículos totalizaram 1.632 unidades nos dois primeiros meses de 2021.

A menor fatia no sector das duas rodas continua a pertencer aos ciclomotores novos matriculados, que continua em fase descendente com somente 110 unidades entregues em Fevereiro, embora com uma variação negativa de apenas 2,7 por cento face ao mês homólogo de 2020. Na combinação dos dois primeiros meses (Janeiro a Fevereiro) foram matriculados 209 ciclomotores, o que se traduziu num decréscimo de 15,7 por cento relativamente a igual período do ano anterior.

Em termos acumulados e na combinação dos diversos segmentos, nos dois meses de 2021, foram matriculados 3.370 veículos novos em Portugal, correspondente a uma queda de -26,0% no total do mercado.

Matrículas de Ciclomotores, Motociclos, Triciclos e Quadriciclos em Portugal*

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x