Mobilidade urbana: Cinco razões para andar de moto

By on 18 Abril, 2022

Reduzir a factura no combustível, poupar tempo e reduzir os nervos nas deslocações e no estacionamento. Estes são alguns dos motivos porque os portugueses estão a dar preferência à moto ou scooter nas suas deslocações diárias, pondo de lado o transporte público e o automóvel.

Durante o primeiro trimestre de 2022, foram matriculados 9.092 motociclos novos em Portugal, o que correspondeu a um aumento de 42,4 por cento em comparação com o mesmo período de 2021, tendência de subida que se mantém há muito e que contrasta com a crise sofrida pelas vendas de automóveis. Com a pandemia, muitas pessoas preferiram mudar do transporte público para o transporte mais individual que existe, a moto ou a scooter, mas não será essa a única razão pela qual as vendas continuam de tão boa saúde.

1 . Menos gastos com combustível

Os preços dos combustíveis, pela sua evolução natural ou devido a crises como a recente Guerra da Ucrânia, provocam sempre variações subidas rápidas nos preços, e lentas descidas quando ocorrem. Pouco a pouco o litro de gasolina foi sendo colocado a um preço de luxo e, como o Governo injeta muito dinheiro em Impostos por cada litro, também não parece disposto a mudar isso.

A solução é usar um veículo que gaste a quantidade certa de gasolina para se locomover, sem desperdiçar dinheiro em outras soluções, e nesse sentido, a moto ou scooter dão a resposta mais certa. Por exemplo, a grande maioria das 125 podem ser conduzidos com carta de condução automóvel, o que explica o seu sucesso no mercado.

2 . Deslocações mais rápidas

Além de se gastar menos gasolina, reduz-se também (e não pouco) nos tempos de deslocação… e, como se diz, tempo é dinheiro! De moto chegamos sempre antes de qualquer outro meio de transporte terrestre e isso, para quem precisa de se deslocar diariamente, é um ponto muito importante para não ficar a perdendo horas com engarrafamentos nas ruas e auto-estradas de acesso aos grandes centros. Quando são feitas comparações entre meios de transporte, a moto ganha sistematicamente sobre os demais, e no caso do carro ou transporte público, por escandalosas diferenças.

3 – Estacionamento facilitado

Mesmo em algumas cidades onde existem menos locais de estacionamento, estacionar não é um grande problema para se locomover de moto. Você conseguirá praticamente chegar à porta do seu destino e perder menos tempo, a tempo de tomar o primeiro café da manhã antes dos seus colegas de trabalho chegarem.

Vale lembrar que deve evitar o estacionamento da moto no passeio para evitar incomodar ou mesmo ser multado, ou no espaço reservado a automóveis. Há lugares próprio para a moto ou scooter.

4 – Elétrica também é solução

Caso seja um defensor da mobilidade elétrica “zero emissões”, também aqui encontra soberanas vantagens em usar um veículo de duas rodas. A oferta cresce de dia para dia, e além de muitas scooters para resolver a mobilidade em curtas distâncias e áreas urbanas, existem motos de todos os tipos para se locomover por necessidade ou prazer .

Por questões de peso as motos elétricas não possuem baterias de grande capacidade e, portanto, a sua autonomia não é suficiente para viagens longas. Mas justamente por isso, a sua desvalorização é menor do que a dos carros: ninguém explica a quem compra um carro elétrico que depois de 5 anos (quanto mais depois de 10), aquele veículo não valerá nada porque a sua bateria, a mais cara, terá perdido muita da sua capacidade.

5 – O melhor anti-stress

Em vários países da Europa o consumo de antidepressivos aumentou cerca de 6% no ano passado. Comprar a moto que você gosta é algo que o vai deixar feliz todos os dias quando você a vê pela manhã. Ajuda-o a superar o desgosto de acordar cedo, e no final do dia saberá que vai chegar mais cedo a casa, com um largo sorriso dentro do capacete e sem o habitual mau humor depois de mais uma hora ‘engarrafado’. Além disso, andar de moto, mesmo que seja tranquilo e como meio de transporte, oferece sensações e liberdade que nenhum outro veículo pode igualar. Portanto, ande de moto e seja feliz!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments