Segurança: Testes EuroNCAP com motos a partir de 2023

By on 25 Outubro, 2021

O conhecido EuroNCAP, programa que avalia a segurança dos automóveis em testes de simulação rodoviários, terá em conta as motos a partir de 2023, devendo os sistemas de assistência reconhecer melhor os veículos de duas rodas.

O EuroNCAP , o “Programa Europeu de Avaliação de Novos Automóveis”, através da fusão dos ministérios dos transportes europeus, clubes de automóveis e associações de seguros com sede em Bruxelas, decidiram em conjunto considerar as motos a partir de 2023.

Até ao presentes, as motos não tinham sido incluídas nos ‘crash tests’ do EuroNCAP que testam a segurança dos veículos dos fabricantes, algo que em breve pode mudar. O EuroNCAP testa os sistemas de assistência automóvel para garantir a segurança de todos, com testes de colisão que incluem sistemas como travagem de emergência para evitar peões e ciclistas, ou controlo da velocidade adaptativo com detecção de proximidade.

A meta é que a partir de 2023 as motos também integrem os protocolos de teste em diversas situações. A partir da moto, seriam considerados cenários como aqueles em que se faz a aproximação de um carro a uma moto parada no trânsito, a aproximação de uma moto a uma velocidade de 50 km/h e os possíveis acidentes que podem ocorrer no trânsito ao fazer-se uma mudança de faixa, uma inversão de marcha, etc. Curvas em que outra faixa é invadida, também serão matéria de testes, nomeadamente as típicas manobras de ultrapassagem com mudanças de faixa.

Ao implementar este tipo de teste, o que o EuroNCAP pretende é encorajar os fabricantes de automóveis a reconhecer melhor as motos, a melhorar a sua capacidade de detecção e que os sistemas de assistência também tenham as motos em consideração.

Essas exigências impostas à indústria automóvel parecem óbvias, mas a verdade é que até agora os veículos motorizados de duas rodas foram apenas indevidamente reconhecidos ou, mesmo nunca reconhecidos. No que diz respeito aos sistemas de segurança automóvel, por mais avançados que nos pareçam, têm sempre deixado de lado as motos e a segurança dos motociclistas.

Se a partir de 2023, os requisitos do EuroNCAP forem mais rígidos a esse respeito, então esta será uma boa medida.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments