Urbet Lora S: Elétrica espanhola com 240 km de autonomia

By on 20 Maio, 2022

A marca de Málaga Urbet apresentou duas versões da sua roadster neo-retro, a básica Lora e a Lora S, com autonomias desde 150 km/h a 240 km no modo Sport, ficando assim muito próximas dos valores da Energica.

Anunciada há cerca de um mês, esta roadster elétrica de estilo neo-retro foi apresentada no fim de semana passado no salão de motos em Málaga, cidade onde a marca também está sediada, através de um protótipo funcional.

A moto elétrica Lora vai estar disponível em duas versões, básica e S, que se diferenciam pelas suas capacidades e desempenho. O modelo básico é assim apresentado como um modelo equivalente a 125, alimentado por um motor central que fornece uma potência contínua de 5 kW e uma potência de pico de 11 kW (14,7 cv). A marca anuncia uma velocidade máxima de 120 km/h. Munída de uma bateria de iões de lítio de 7,56 kWh, a Lora assegura uma autonomia de até 120 km no modo Sport e 180 km no modo Eco.

Por seu turno, a Lora S destaca-se com o seu motor mais potente que atinge 8 kW nominais e 19 kW (25,4 cv) de pico para uma velocidade máxima aumentada de 150 km/h. Novamente, os valores permitem o acesso com carta A1 ou B. A autonomia é o aspeto mais importante, já que nesta versão a roadster apresenta duas baterias e, portanto, uma capacidade dobrada. O fabricante anuncia até 360 km no modo Eco e até 240 km no modo Sport, o que levaria a um desempenho por enquanto oferecido apenas pela Energica, mas com um preço bem mais alto.

Por enquanto, apenas 30 unidades numeradas foram oferecidas para reserva e ainda será necessário esperar que as duas irmãs Urbet sejam comercializadas em série, já que os primeiros modelos só serão entregues no final do ano. A Lora básica foi anunciada por 8.000 euros e a Lora S por 11.500 euros, valores que não levam em consideração os auxílios e bónus ambientais para motos elétricas em vários mercados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments