Zongshen Cyclone RG3: Nascida na China com inspiração japonesa

By on 25 Maio, 2021

Uma Sport-turismo de pequena capacidade (400cc) foi agora lançada pela Zongshen na China, num segmento que tem sido um pouco esquecido pelos principais fabricantes de motos. Apesar disso, viajar é importante, nem que seja para descomprimir… 

As grandes ‘touring’ são geralmente conhecidas por incorporarem motores de alta capacidade e  com muita potência. São concebidas para cobrir longas distâncias e não renegam uma boa performance para esse efeito, o que interessa especialmente aos Estados Unidos, graças às suas longas e extensas estradas que se estendem por quilómetros a fio.

No entanto, em muitos países asiáticos e europeus as cidades são muito mais próximas umas das outras, e uma viagem é consideravelmente mais curta do que no continente americano. Para essas tiradas menos extensas, os fabricantes apostaram nas  Sport-turismo de média cilindrada – estamos a lembrar-nos da Honda Deauville 650, da MV Agusta Turismo Veloce 790, até às recente Yamaha Tracer 7/7GT – mas que nos últimos tempos têm caído um pouco no esquecimento. São motos com motores económicos, com preços bastante mais acessíveis, e ainda assim com malas e boas características para viajar com tranquilidade e com performances menos explosivas. Mas na verdade, se excluirmos a Tracer 7 este é um segmento ultimamente sem grandes novidades.

A CHINA NÃO DORME!

Dito isto, a fabricante chinesa de motos Zongshen adicionou uma nova moto a este sub-segmento de motociclismo que cresce lentamente. A Zongshen Cyclone RG3 junta-se à linha de modelos 2021 da empresa para o mercado doméstico chinês, uma Sport-turismo equipada com um motor bicilíndrico paralelo de 401 cc, capaz de impulsionar a moto a uma velocidade máxima de apenas um fio de cabelo abaixo de 160 quilômetros por hora. Com 42 cavalos de potência anunciados, o motor da Cyclone RG3 é comparável ao motor de dois cilindros da Kawasaki Ninja 400. Do ponto de vista do estilo, o painel frontal da Cyclone RG3 irá, sem dúvida, levantar algumas sobrancelhas, graças à sua notável semelhança com a estética da nova geração ZX-10R. 

Para viagens de média/curta distância não faltam recursos à RG3. Apresenta um écran alto e regulável, um guiador largo e um assento traseiro que parece ser carregado de espuma para oferecer máximo conforto. Um sofisticado painel de instrumentos TFT colorido de 6,75 polegadas também aparece em destaque, e como praticamente todas as motos deste segmento o ABS é fornecido de série. Outro aspeto curioso é o farol LED a meio das duas óticas dianteira e o orifício logo acima (abaixo do écran) para instalação de uma câmera – ideal para quem gosta de filmar todas as suas deslocações. Agora, o que salta à vista é o design geral da RG3 profundamente inspirado nas motos japonesas de Akashi. Isso, a Zongshen não pode negar!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments