A viagem de Zarco a Aragón numa Ducati 900 SS!

By on 13 Setembro, 2021

Johann Zarco, o conhecido piloto da Pramac Ducati, optou por ir para o Grande Prémio de Aragón por estrada com uma Ducati 900 SS Darmah dos anos 80! Uma ‘aventura’ de quase mil quilómetros que não é para todos!

Diz-se no paddock do MotoGP que Johann Zarco tem uma personalidade cativante, e uma maneira de abordar os Grandes Prémios que às vezes é diferente dos outros concorrentes.

Para a prova de Aragón, o piloto da Pramac em vez de tomar o conforto do avião optou por pegar numa velha moto e ir por estrada para o circuito catalão. Uma ideia muito rara de vivenciar, até porque os pilotos de GP confiam acima de tudo na eficiência e no conforto para as suas viagens, até porque muitos deles nem carta de condução ainda possuem – o que não é o caso do francês de 31 anos campeão de Moto2 em 2015 e 2016.

Apesar de tudo, a longa viagem de Zarco parece ter terminado da melhor forma, não tendo tido pelo caminho nenhum ‘capricho’ por parte da velhinha moto de 1981 – conforme mostrou um post colocado no Instagram pela Ducati Corse. https://www.instagram.com/p/CTkANtlji_a/?utm_source=ig_embed

A escolha do equipamento de Johann Zarco foi um conjunto leve, constituído por um capacete modular, um curto casaco de couro e umas práticas botas desportivas. Quanto à Ducati 900 SS Darmah que utilizou, esta não é sua, mas do pai de Adrian Parassol, o popular jornalista da High Side que também irá participar no próximo Bol d’Or com uma Yamaha R1 da equipe Pit Lane Endurance de Stocksport.

Partindo de França, o aventureiro piloto fez cerca de 950 quilómetros com a Ducati 900 SS Darmah até ao circuito catalão, onde o aguardava a sua habitual Desmosedici com mais de 220 cavalos.

Parabéns Zarco!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments