MV Agusta prepara uma Adventure 950 para 2023

By on 28 Abril, 2021

O CEO da MV Agusta, Timur Sardarov, confirma que a marca de Varese (Itália) tem em desenvolvimento um novo motor triplo de 950cc para 2023 e que equipará uma nova moto  de aventura.

“É uma moto toda nova, com um motor novinho em folha e que já está em testes. Vai chegar no último trimestre do próximo ano, como um novo modelo de 2023”, disse a esse propósito o principal responsável da marca italiana, numa recente entrevista à publicação britânica MCN. 

A plataforma que atualmente está entre os menores tricilíndricos de 798cc da empresa e as maiores motos de quatro cilindros e 998cc da MV Agusta, está pronta para servir uma série de gêneros de motos, incluindo nakeds e motos desportivas. Porém, Sardarov diz que o desenvolvimento já está em andamento no modelo de aventura, com lançamento oficial previsto para meados de 2023.

A NOVA 950 SERÁ UM GRANDE MARCO PARA NÓS

“Representará todo o conhecimento da MV Agusta e o auge das nossas capacidades de engenharia”, continuou. “Será um novo motor com um monte de recursos inteligentes em termos da forma como o motor funciona, na entrega potência e na sua curva de binário”, afirmou o CEO da MV. “Para nós, será um grande marco. Não há nada comparável e disponível no mercado e virá em duas variantes”

“A partir deste mês de Abril todos os nossos produtos são Euro5, incluindo as 1000”, acrescentou. “Estamos ainda a introduzir outra variante para as motos naked de 1000 cc vão aparecer muito em breve. Esse motor vai evoluir ainda mais daqui para frente”.

Quanto ao novo motor triplo da MV Agusta, Timur Sardarov disse: “Estamos a trabalhar numa plataforma de motor menor e num motor em particular que tem uma abordagem de propulsão muito diferente. Temos três plataformas tecnológicas em desenvolvimento atualmente.”

A PANDEMIA REALMENTE JOGOU A NOSSO FAVOR, CRESCEMOS PERTO DE 80%…

O objetivo de tudo isto assenta na criação de uma série vasta de novos modelos, possivelmente para captar novos clientes depois da pandemia. “A MV Agusta é uma empresa acostumada à gestão de crises, então para nós uma crise, outra crise não é um problema. Essa é, na verdade, uma das vantagens da MV Agusta porque é bastante flexível em termos de adaptação à realidade”.

“A pandemia realmente jogou a nosso favor, porque colocou todos os outros em crise e quanto maior a empresa, menos flexível ela está no que pode ou não fazer. Então, para uma pequena empresa é um pequeno problema e para uma grande empresa a pandemia significou grandes problemas. Basicamente, crescemos perto de 80% de 2019 para 2020 com números muito bons. Este ano, vamos crescer mais 60%”.

A ELETRIFICAÇÃO SERÁ FEITA NAS CAGIVA

Acrescenta Sarvdarov nesta entrevista, que em relação a motos elétricas, fala na Cagiva, empresa ainda propriedade da MV Agusta. “Entendo perfeitamente que o futuro pertence a formas de transporte mais ecológicas, mas cada marca precisa escolher esse caminho em seu próprio tempo. A Cagiva estará de volta, será elétrica. A marca vai se concentrar na mobilidade urbana e isso é algo que veremos nos próximos 24 meses”.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments