Suzuki SV650: A plataforma ideal para uma média desportiva

By on 12 Julho, 2021

Converter a naked Suzuki SV650 numa média desportiva, seria a possibilidade da marca de Hamamatsu criar uma rival à altura dos pergaminhos da Yamaha R7 e Aprilia RS660. E, aparentemente, sem grandes custos. 

A SV650 com o seu motor V-twin foi durante muito tempo (e ainda o é hoje) popular entre os entusiastas das motos de média cilindrada, mas esta faixa de mercado parece hoje muito mais virada para novas propostas desportivas. As mais recentes protagonistas têm vindo do lado da Yamaha e Aprilia, respetivamente com a YZF-R7 e RS 660. Então, porque não a Suzuki também tomar este novo caminho das médias desportivas, servindo-se da plataforma da SV650?

É justo, e até lógico, colocar esta questão (sugestão). No momento, o caminho da marca de Hamamatsu parece um pouco estreito, e  recuperar um pouco do terreno perdido com uma média desportiva que explorasse a própria base do maduro V-twin, mantendo o motor e os preços competitivos, não seria uma má ideia.

A fórmula certa poderia ser encontrada numa carenagem integral, numa forquilha invertida mais desportiva e numa  posição de pilotagem diferente. Além disso, um certo número de refinamentos (não muitos) no motor,  poderiam aumentar a atratividade de uma moto que, em termos de ciclística e motor, ainda tem muito a dizer. E isso vê-se na categoria das Twins Cup do campeonato MotoAmerica, onde o que não falta são modelos SV650 modificados para correr. 

Assim, uma atualização com uma nova variante média desportiva, que poderia ocorrer no espaço de um a dois anos – modelo de 2022 ou 2023 – permitiria facilmente criar uma rival direta da Yamaha R7 e Aprilia RS660. Pode ser uma boa ideia! .

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments