Top 10 – As dez melhores protagonistas da categoria Moto 125

By on 4 Agosto, 2020

SABE QUAIS AS MARCAS E MODELOS QUE MAIS AGITARAM O SEGMENTO DAS 125CC NO PRIMEIROS SEIS MESES DE 2020? APESAR DA PANDEMIA DO COVID-19, ESTA CATEGORIA DAS OITAVO DE LITRO MANTEVE A SUA SUSTENTABILIDADE.

As pequenas motos de 125 cc (categoria A1) são muitas vezes o primeiro degrau nas duas rodas dos entusiastas mais jovens, que mais tarde sobem a segmentos superiores, como a categoria A2. São também veículos que não excedendo a potência máxima de 11 Kw, podem ser conduzidos pelo titulares de carta de condução válida para veículos da categoria B (automóveis ligeiros), desde que tenham idade igual ou superior a 25 anos ou sejam titulares de habilitação legal válida para a condução de ciclomotores.

As motos até 125cc integram um segmento que tem vindo a crescer bastante nos últimos anos, e que, de certa forma foi um dos que melhor aguentou o impacto da atual pandemia do Covid-19. Nos primeiros seis meses do ano, de Janeiro a Junho de 2020, registou uma quebra muito ligeira (- 6,58%) comparativamente aos dados do primeiro semestre de 2019.

Vamos então ao Top 10 das dez motos mais vendidas de oitavo de litro e ‘rodas altas’:

Nº 10 – Keeway K-Light 125

A K-Light 125 ocupa a décima posição entre as motos de 125cc mais vendidas nos primeiros seis meses de 2020. Alia engenharia e boas performances por detrás de um estilo retro e singular, tornando-se numa moto perfeita para viagens ainda mais inesquecíveis.

Incorporando um motor monocilíndrico de 125cc que debita 10,6cv de potência, alimentado por sistema de injeção eletrónica em concordância com as normas Euro 4, a  K-Light 125 garante a mais pura aceleração em qualquer que seja o destino.

O seu estilo clássico, de baixa estatura graças aos seus 71,5 centímetros de altura do assento ao solo, preenchido com rodas de 17 polegadas, “veste” diferentes pormenores visuais que tornam este modelo da Kewway uma moto com uma presença elegante e verdadeiramente cativante.

Disponível em quatro cores: cinza, preto, vermelho e azul.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 2 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,6 CV às 9000 rpm

Depósito: 11,8 lt.

Peso: 151 kg

PVP: 2.499€ (IVA incluído)

Importador: Multimoto Motor Portugal

Nº 9 – Vortex ZS 125

Com um perfil algo radical e ousado, a Vortex ZS 125 é a nona moto do ranking de vendas em Portugal. Sobre ela tem-se o prazer de conduzir uma moto de mudanças curtas e suaves, com acabamentos de luxo e suspensões confortáveis, uma naked que é uma delícia na estrada.

Ágil entre o tráfego das grandes cidades mas também muito conforto nas estrada e nos terrenos menos regulares. Design moderno, discreto, mas com alinhamento de raça, suspensão dianteira invertida, suspensão posterior com mono amortecedor. O quadro em aço treliçado sugere flexibilidade mecânica que se transforma em conforto para condutor e passageiro.

Dois travões de disco, comandados por bombas hidráulicas em circuito fechado e pinças de êmbolos duplos, asseguram segurança acrescida.

Esta moto tem no painel de instrumentos a indicação da velocidade engrenada bem como o ponto morto, contador de rotações e porta USB.

Existem três cores disponíveis: branco, vermelhou ou preto.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,6 CV às 7500 rpm

Depósito: 15 lt.

Peso: 150 kg

PVP: 2.345€ (IVA incluído)

Importador: Gingabike

Nº 8 – Yamaha YZF 125

Emoções vivas é o que se sente sobre a nova YZF R125 que alia o design mais sofisiticado de um motor de 125 cc a uma nova carenagem, agressiva e derivada da R1 aos faróis duplos LED que projetam uma imagem forte e imponente. Foi até agora a oitava 125 mais procurada.

No motor, o novo sistema de Atuação Variável das Válvulas e a nova cabeça de cilindro de elevado fluxo proporcionam um binário mais forte em RPM reduzidas e uma potência de RPM elevada – permitindo uma aceleração rápida, um arranque mais rápido, uma velocidade máxima mais alta e melhor eficiência de combustível.

O quadro Deltabox refinado acompanhado por um novo braço oscilante em alumínio e por um pneu traseiro mais largo de secção 140 reafirmam a nova R125 como a derradeira supersport leve.

Existem três opções de cor para a mais recente YZF R: azul, preto, branco.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 4 válvulas, com refrigeração líquida

Potência máxima: 15 CV às 9000 rpm

Depósito: 11,5 lt.

Peso: 142 kg

PVP: 5.325€ (IVA incluído)

Importador: Yamaha Motor Europe

Nº 7 – SYM NH-X

Novo modelo no mercado, a NH-X 125 foi desenhada para proporcionar maior prazer de condução em qualquer estrada. O seu design moderno e apelativo, tem justificando a subida no segmento da Moto 125 onde ocupa a sétima posição mas com potencial para subir mais no ranking.

A nova NH-X 125 assume-se como uma roadster agressiva e moderna. O seu tamanho compacto e manobrabilidade fazem dela a moto ideal para espaços urbanos. Graças à sua versatilidade, os passeios mais longos não o vão assustar.

O painel de instrumentos da NH-X é totalmente digital, proporcionado um aspeto mais moderno, mas sempre de fácil leitura de todos dados essenciais durante a condução.

Disponível em três opções de cores: preto, preto-bege ou preto-branco  

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,2 CV às 8500 rpm

Depósito: 11 lt.

Peso: 143 kg

PVP: 2.399€ (IVA incluído)

Importador: Moteo Portugal

Nº 6 Honda CB 125 F

Muito próximo do meio do raking das 125 mais procuradas em Portugal está a CB 125 F. Trata-se de uma utilitária que garante boas deslocações e muito fácil condução com os seus exíguos 128 kg e um motor muito fiável e económico.

A leveza da direção e as jantes de alumínio ajudam-te a deslizar facilmente pelas ruas, tornando a condução numa atividade agradável, tanto nas viagens para o trabalho como em lazer. Fugir do trânsito e descobrir todo o potencial de uma grande cidade, é muito fácil aos seus comandos.

A CB125F revela um visual elegante que reforça sensações de entusiasmo e evasão. As carenagens laterais de efeito trimendionsional, o depósito de combustível de grandes dimensões e a compacta secção dianteira captam a atenção, reforçadas pelas poderosas opções de pintura que permitem destacar as linhas agressivas.

Disponível nas cores branco, vermelho ou preto.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 2 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,6 CV às 7750 rpm

Depósito: 13 lt.

Peso: 128 kg

PVP: 2.875€ (IVA incluído)

Importador: Honda Motor Europe

Nº 5 – Benelli TNT 125

A radical TNT 125 chegou ao mercado nacional este ano com novos gráficos, ainda mais cativantes, aos quais se juntam também uma nova cor verde fluo pronta a atrair um público jovem e dinâmico que procura um veículo 100% garantido de diversão. Está meio do ranking das 125cc, assegurando que os portugueses gostam de diversão.

Uma moto muito ágil e compacta, que oferece uma experiência de condução verdadeiramente gratificante, seja para furar o trânsito das cidades ou para percorrer as estradas mais sinuosas.

O sistema de suspensão frontal da Benelli é composta por uma forquilha invertida de ø 35mm e na suspensão traseira existe um braço oscilante e monoamortecedor lateral com ajuste de pré-carga da mola. O motor com 11,1 Cv de potência é um  monocilindro, a 4 tempos, refrigerado a ar.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 4 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 11,1 CV às 9500 rpm

Depósito: 13 lt.

Peso: 128 kg

PVP: 2.180€ (IVA incluído)

Importador: Multimoto Motor Portugal

Nº 4 – Honda CBF 125

As Honda CBF125 e CB125F são motos muito ligeiras e de pequena cilindrada que começaram a ser produzidas a partir de 2008.

As diferenças entre a CBF125 e a CB125F são que a CBF utiliza uma carenagem montada no garfo enquanto a CB 125 F utiliza a carenagem montada numa armação independente.

A CBF125 substituiu no mercado a CG125, um modelo que esteve em produção durante mais de trinta anos.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 2 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,6 CV às 7750 rpm

Depósito: 13 lt.

Peso: 128 kg

PVP: 2.875€ (IVA incluído)

Importador: Honda Motor Europe

Nº3 – Keeway Superlight 125 EL

A Superlight 125 Edição Limitada faz furor em muitas estradas e principalmente junto dos aficionados do estilo cruiser. Ocupa o terceiro lugar entre as dez 125cc mais procuradas, valendo para isso o seu preço muito apelativo.

Atualmente, é um dos modelos com mais procura e, por isso, um dos mais vendidos no nosso país. A relação qualidade – preço – beleza apresentada é um dos seus grandes pontos fortes.

Está disponível nas cores: preto, bordô e cinza.

Tipo de motor: 1 cilindro, 4 tempos, 2 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 10,6 CV às 9.000 rpm

Depósito: 12,5 lt.

Peso: 162 kg

P.V.P.: 2.399,00€ (IVA incluído)

Importador: Multimoto Motor Portugal

Nº2 – Benelli BN 125

O segundo lugar do pódio é ocupado por esta versátil e desportiva moto. Com um carácter impactante na imagem, a BN 125 é uma naked com um visual agressivo, feita para todos aqueles que querem um veículo de duas rodas fácil de movimentar-se pela cidade com a máxima serenidade.

Com um quadro tubular de aço em treliça é movimentada por um motor monocilíndro de 125cc a quatro tempos, com arrefecimento a ar, que debita uma potência máxima de 8.2 kW (11,1 cv) às 9.500 rotações e com um binário máximo de 10 Nm às 7.000 rotações, combinando com uma caixa de 5 velocidades.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 4 válvulas, refrigerado a ar

Potência máxima: 11,1 CV às 9500 rpm

Depósito: 13,5 lt.

Peso: 142 kg

PVP: 2.560,00€ (IVA incluído)

Importador: Multimoto Motor Portugal

Nº1 – Keeway RKF 125

E chegamos a campeã de vendas dos primeiros seis meses. Com o seu visual arrojado e atraente, a Keeway RKF 125 é a mais recente naked da Keeway com uma personalidade única e moderna. É, pelo menos até agora, uma líder destacada no segmento Moto 125.

Inteligente, elegante e extremamente dinâmica, esta moto foi concebida para proporcionar a máxima diversão nas curvas. O seu coração é o novo motor monocilíndrico a quatro tempos, refrigerado a líquido, de 125 cc, que oferece excelente desempenho na cidade.

A RKF 125 está disponível nas cores Branco, Vermelho, Preto e Verde Fluo.

Tipo de motor: monocilíndrico a 4 tempos, 4 válvulas, refrigeração líquida

Potência máxima: 9,4 kW / 9.500 rpm

Depósito: 10 lt.

Peso: 147 kg

P.V.P.: 2.770,00€ (IVA incluído)

Importador: Multimotor Motor Portugal

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments