Quais as diferenças entre a KTM 790 Adventure e a 790 Adventure R

By on 17 Abril, 2019

Muitos se irão questionar por qual dos dois modelos fará mais sentido optar, mas para sermos lógicos e sintéticos a decisão deverá depender sobretudo do regime de utilização que lhes pretendam dar. Depois da experiência que acabámos de ter na Catalunha com os dois modelos, ficou bastante clara a diferença entre ambos, quer do ponto de vista de componentes, quer do ponto de vista de comportamento.

KTM 790 Adventure R

E embora sejam praticamente idênticas em termos de de ciclística, diferem obviamente em componentes fundamentais que definem o âmbito e o potencial da sua utilização como sejam por exemplo as suspensões. O motor é totalmente idêntico nos dois modelos, com a mesma potência de 94hp e a mesma curva de binário ( que difere ligeiramente do motor da 790 Duke menos 10 cv e curva de binário mais adaptada ao offroad ).

KTM 790 Adventure standard

Partilham ambas a mesma dimensão de rodas, com 21” na dianteira, a mesma caixa embora a versão R traga a opção Quick Shifter Plus, e idênticas no depósito, no painel de informação, nos travões, no belíssimo braço oscilante, na transmissão e na maioria da electrónica.

As diferenças têm a ver exactamente com o posicionamento dos dois modelos sendo que a versão standard, mais baixa e mais dentro de um estilo “Trail” está mais vocacionada para uma utilização diária e mais estradista enquanto que a versão R mais alta, e num estilo mais Enduro Adventure, vem dotada de maior capacidade OffRoad.

Basicamente e de forma resumida as diferenças são as seguintes:

Suspensões – A versão standard monta suspensões dianteiras de 43mm WP não ajustáveis enquanto que a versão R monta suspensões totalmente ajustáveis de 48mm, com mais 100mm de curso à frente e atrás do que a versão standard.

Guarda Lamas frontal – Na versão normal da 790 Adventure o guarda-lamas é junto à roda e na versão R é elevado tipo moto de Enduro/ Rally

Vidro dianteiro / Párabrisas – Na versão normal o párabrisas é mais alto e ajustável em duas posições sendo necessário ferramenta. Na versã R o párabrisas é mais baixo, do tipo offroad mas também ligeiramente ajustável.

Assento – O assento da Adventure normal é constituído por dois elementos sendo o posterior do pendura ligeiramente mais alto. Na versão R o assento é corrido tipo moto de todo-o-terreno e de uma peça só. As alturas ao solo diferem substancialmente sendo que na primeira é ajustável entre os 830 e os 850mm e na versão R chega aos 880mm e não é ajustável.

Modo Rally – A versão R vem com o modo Rally de série que permirte controlar a partir do punho esquerdo e a rodar o controle de tração em 9 níveis diferentes, função muito fácil de gerir em andamento e que facilita a obtenção da tração ótima em função dos vários tipos de terrenoonde vamos circulando for a de estrada. Na versão standard este modo é uma opção.

Cores – enquanto que na versão standard existem em opção duas cores, a laranja e a branca, na versão R existe apenas uma cor em laranja/negro/branco.

Em conclusão, a versão standard da KTM 790 Adventure será aquela com maior vocação para uma utilização com maior percentagem de estrada, inclusivamente mais indicada para quem a utilize no seu dia a dia, digamos que a poderíamos classificar como uma Adventure Trail e a versão R aquela que está mais dotada para uma utilização OffRoad, uma Adventure Enduro, razão pela qual a decisão dependerá muito da análise pessoal de cada um e claro da sua sensibilidade estética também.

Em breve poderão conhecer melhor todos os pormenores sobre a experiência que tivemos com cada um dos modelos no sul de Espanha onde a convite de Marc Coma, Director da KTM Ibérica e multi campeão do Dakar, pudemos testar ao máximo os dois modelos.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!