Subscreva a nossa Newsletter

Email Marketing by E-goi

O que se espera da nova parceria entre a Yamaha e a CFMoto

By on 26 Setembro, 2023

A Yamaha encerrou na China a parceria de mais de 30 anos com a Jianshe e formou uma nova empresa com a CFMoto, dedicada a motos e scooters de pequena cilindrada.

Após mais de 30 anos de colaboração para a produção de motos e scooters até 150cc, a empresa de Iwata decidiu mudar para outro interlocutor e a escolha recaiu sobre a CFMoto que já opera com a KTM e assumiu as ações do anterior sócio Jianshe.

As ações da recém-formada Zhuzhou CF Motor Co. Ltd., cuja atividade terá início já em novembro de 2023, serão divididas da seguinte forma: 50% para a CFMoto, 44,23% para a Yamaha e os restantes 5,77% para uma empresa sediada em Hong Kong ligada à Tair Yea Limited, provavelmente responsável pela exportação dos produtos. A nova parceria firmada entre a empresa de Iwata e a marca chinesa surge da necessidade de produzir modelos de pequena capacidade a baixo custo. Contudo, não é certo que num futuro próximo consiga expandir-se para a produção de modelos maiores. Por seu turno, a chinesa CFMoto já adquiriu boa experiência na construção de motores complexos graças à joint-venture firmada há algum tempo com a KTM.

Uma colaboração que funciona a favor da Yamaha, que poderá um dia optar por explorar o know-how adquirido pelo novo parceiro chinês para a produção de motores de maior cilindrada.

Uma MT-07 produzida na CFMoto?

Pensando nos motores CP2 de 689cc que hoje constituem a base de toda a série 700 que a própria Yamaha produz no Japão, podemos supor que o objectivo de um dia produzir uma MT-07 nas fábricas chinesas da CFMoto não é de todo uma ideia descabida. Na verdade, é exatamente isso que a KTM está a fazer hoje com a sua 790 Duke, inteiramente fabricada na China pela CFMoto a custo infinitamente menor do que teria caso fosse produzida na Áustria. Agora, e muito importante, que benefícios a CFMoto espera desta parceria, ligada a uma das principais fábricas de motos japonesas? Passará por aproveitar a excelente base do motor CP2 para lançar no mercado uma moto com o seu emblema, talvez.

De qualquer forma, a produção resultante da nova colaboração entre a Yamaha e a CFMoto deverá começar já em Novembro deste ano. Considerando um período inicial de adaptação, não podemos excluir a chegada de novos modelos produzidos na China já no segundo semestre de 2024.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments