BMW R1250 RS “voar baixinho”

By on 12 Setembro, 2019

Por: João Quinteiro


Longe vão os tempos, em que motas de caracter “touring” e motas de caracter “desportivo”, estavam separadas por anos luz, de design e engenharia.
Se as primeiras eram vistas como grandes, pesadas e preguiçosas, as segundas eram tão, ou menos confortáveis, que um bloco de pedra e não serviam para muito mais, que curtas distâncias vividas a velocidades, medidas, muito para além do bom senso.

A nova BMW R1250 RS, representa um compromisso bem medido entre o melhor dos dois mundos: Uma verdadeira “sport-touring”.

Porque os olhos, “são os primeiros a pecar”, a imagem da BMW é o seu primeiro argumento.
Com um novo design, fresco e moderno, a R1250 RS apresenta uma imagem muito equilibrada e bem conseguida.
A frente, com duplo farol LED, integral (de série), conta com uma bonita moldura de iluminação diurna, e uma capacidade de luz (médios e máximos), mais branca e homogénea. O conjunto de iluminação, com linhas bem agressivas, proporciona uma aparência muito marcante.
O tradicional monobraço da marca, com uma belissima jante traseira em aluminio, e o quadro tubular, negro, preenchem os detalhes, que mais chamam a atenção no design da nova BMW.

O painel de instrumentos, é constituído por um ecrã TFT com 6.5 polegadas, de layout bastante funcional, e com capacidade de conecção a um smartphone (via bluetooth). Quando conjugado com a app da marca, no telemóvel, torna-se num verdadeiro “media-center”, com funções de navegação, música e de comunicação.

O novo motor boxer de 1254cc, com 136cv (declarados) e um binário máximo de 143Nm, às 6250 rpm, não sendo um reactor nuclear, conta com o novo sistema “BMW ShitCam” (tecnologia de principio e conceito, muito próximo do original VTEC, da Honda), que lhe permite um caracter muito mais elástico e cheio, desde baixas rotações, com um notório aumento de torque ao longo de toda a curva de potência.
A velocidade máxima registada pela marca, supera os 200km/h, deixando margem para rolar a velocidades cruzeiro bastante céleres, de forma confortável e ligeira.
Os consumos declarados, apontam para valores médios, bastante apelativos, de 4.8L/100Km.
O motor apresenta-se assim, mais divertido, vivo, disponível e mais eficiente, que o anterio boxer 1200. – O prazer de condução, é garantido.

A travagem (ABS) ficou a cargo da Brembo, com montagem de duplo disco de 320mm, com pinças radiais de quatro êmbolos, na frente. Atrás, monta um disco apenas, de 276mm, e pinça de duplo êmbolo. O sistema ABS da BMW, permite ser desligado, parcialmente.
Para colar esta R1250 RS ao chão, a BMW optou por uma suspensão telescópica invertida, com bainhas de 45 mm de diâmetro e 140mm de curso, totalmente ajustável, e por um amortecedor WAD, com 140mm de curso e ajuste hidráulico de pré-carga e recuperação, por manípulos.
De ciclistica compacta e com cerca de 1530mm entre eixos, a 1250 RS, proporciona uma geometria deportiva muito fácil de explorar, ágil e com baixo centro de gravidade, (do alto dos seus 243kg, de depósito cheio), mas sem descuidar com a ergonomia e proteção aerodinâmica.
A posição de condução, e desenho do guiador, o espaço disponível em cima da mota, para condutor e passageiro, e a atenção dada à geometria dos bancos (2 elementos individuais, altos e sólidos), asseguram o conforto de todo o conjunto.

A BMW, não podia descuidar da segurança dos seus clientes e a solução não podia ser mais inteligente. A R 1250 RS, equipa também, o sistema de chamada de emergencia (ECALL), que em caso de acidente, contacta automáticamente o centro de atendimento da marca, para desencadear a mais rápida resposta de SOS.

Confortável, económica, divertida e com um depósito de 18L de combustível, a BMW R 1250 RS, apresenta-se com uma sólida opção, seja como o “expresso” das suas viagens e aventuras, seja como o seu “cavalo de trabalho”, no dia-a-dia.

Com preço, a partir de 15.746,00€ (base), encontra-se disponível para test-drive (a agendar no site da marca).

Consulte a ficha técnica da BMW R1250 RS AQUI

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!