MARC SERRUYA FINALIZA A SUA RELAÇÃO LABORAL COM A HONDA

By on 20 Fevereiro, 2020

Após 30 anos ligado à empresa, Marc Serruya, Presidente da Honda Espanha e da Honda Portugal, finaliza a sua relação laboral com a Honda. Com data efetiva a 1 de Abril de 2020, o Sr. Miu Kato, até agora Vice-Presidente Executivo, assumirá as novas funções de Presidente das Filiais japonesas.

Serruya incorporou a Honda Automóveis Espanha, SA em 1990 e a sua trajetória profissional na companhia esteve, desde o início, vinculada à área Comercial, primeiro como Director de Vendas e depois como Director Comercial. A partir de 1999, Marc Serruya assumiu os cargos de maior responsabilidade da empresa, sendo nomeado nesse mesmo ano Director Geral e assumindo, em 2007, o cargo de Vice-Presidente.

Com a sua nomeação como Presidente em 2010, Serruya tornou-se um dos presidentes de nacionalidade europeia que assumiu funções directivas ao mais alto nível dentro da companhia na Europa, representando uma mostra de confiança da direcção japonesa sobre a estratégia levada a cabo por Marc Serruya em Espanha.

Durante os 30 anos que Serruya esteve vinculado à Honda conseguiu posicionar a marca no mercado como uma referência desportiva e de tecnologia avançada, alcançando os primeiros lugares nos índices de satisfação dos clientes. No ano de 2007 a Honda registou o seu record histórico de vendas, conseguindo atingir as 25.000 unidades de automóveis comercializados no mercado espanhol.

Em 2014, Marc Serruya assumiu também a Presidência da Honda Motor Europe Portugal, e nesse mesmo momento a divisão de motos integrou-se na área comercial da companhia, tanto em Espanha como em Portugal, pelo que Serruya assumiu também responsabilidade máxima do negócio das duas rodas.

MARC SERRUYA con MARC MÀRQUEZ, DANI PEDROSA Y TONI BOU

Metódico, exigente e com trato de proximidade, Marc Serruya é reconhecido pela sua grande dedicação à marca, na qual sempre trabalhou com uma visão estratégica muito clara, onde assumiu os desafios que percorreram a sua carreira profissional e na qual soube também adaptar-se às mudanças dos tempos.

Nas palavras do próprio Marc Serruya: “Não é fácil dizer adeus a uma marca como a Honda e muito menos depois de 30 anos onde vivi tantos momentos. Alguns difíceis, duros, como é evidente, mas posso dizer que só levo grandes recordações. E sobretudo sinto uma enorme satisfação. Não apenas pela felicidade de ter desenvolvido a minha trajetória profissional na Honda, como também porque permitiu disfrutar de um sector que foi e será a minha grande paixão” e acrescenta “a indústria automobilística enfrenta atualmente grandes desafios, e a uma grande velocidade, mas estou convencido que o sector vai fazer o possível para que as mudanças que estamos experimentando se traduzam num futuro de grandes êxitos”.

A desvinculação profissional de Marc Serruya na Honda enquadra-se dentro de uma nova reestruturação levada a cabo pela Honda na Europa, num momento em que a eletrificação, a comunicação digital e as soluções energéticas marcam o caminho do negócio no mercado europeu.

Por parte do MotoSport queremos deixar um grande e forte abraço com amizade e o desejo de felicidades para o futuro.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!