Nova KTM 1290 Super Duke R de 2020 – Evolução Radical

By on 5 Novembro, 2019

Com um novo quadro que é três vezes mais rígido, um motor totalmente revisto que inclui agora componentes mais leves e electrónica que inclui um novo IMU de 6 eixos, a KTM 1290 Super Duke R de 2020 é ainda mais radical que o modelo anterior .

O motor da Super Duke R continua sendo o conhecido LC8 de 2 cilindros em V a 75º, de refrigeração líquida e graças à introdução de novos elementos mais ligeiros atinge agora os 180CV de potência e um binário máximo de 140 Nm.

O motor conta com uma nova cambota mais ligeira, novo sistema de injecção, uma admissão optimizada para melhorar a combustão e torná-la mais eficiente e foi também aumentada ligeiramente a taxa de compressão. Também as válvulas foram substituídas por outras em titânio forjado, mais leves e resistentes.

O quadro representa no entanto a grande evolução do modelo de 2020 pois foi desenhado a partir de uma folha em branco tendo obtido uma rigidez final 3 vezes superior ao quadro do modelo anterior, tendo conseguido paralelamente uma redução de peso. O material de que está produzido é constituído por uma liga de aço cromo-molibdénio enquanto que o braço oscilante está fabricado com uma liga de alumínio-carbono aligeirado.

Os travões são agora Brembo Stylema e as suspensões são WP APEX. A nível da electrónica também se introduziram novidades sobretudo com a nova unidade IMU de 6 eixos que permite medições em inclinação que actuam sobre o ABS e o controle de tração.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!