Ensaio Peugeot Metropolis – Alternativa na mobilidade com mais de 2 rodas

By on 3 Maio, 2017

As Scooters de 3 rodas estão na moda. São fáceis de conduzir, garantem maior estabilidade e segurança e são uma alternativa real e directa ao automóvel, inclusive porque a Peugeot Metropolis, uma 400cc, pode ser conduzida apenas com carta de carro pois está homologada como “triciclo”.

low_RJ51407

Confesso que estava algo apreensivo em relação à experiência que iria ter na condução de uma mota com 3 rodas e de qual seria a sensação que, comparativamente ao comportamento a uma moto tradicional de 2 rodas, iria ter.

low_RJ51500

Ao chegarmos às novas instalações da JPM no Lourel, 5 Metropolis aguardavam-nos perfiladas à entrada. Gostei logo de início do seu bom aspecto geral, de linhas harmoniosas e em simultâneo esguias e “musculadas”.

low_RJ52407

Após uma breve apresentação dos jornalistas participantes neste primeiro contacto com a nova Metropolis, um rápido briefing deu-nos a conhecer algumas das características desta bela Maxi-Scooter. Travão de mão electrónico, ao toque de um botão, smartkey no bolso de cada um ( inclui duas por moto ), bagageira ampla para um capacete integral na traseira, e uma outra bagageira com acesso pelo banco para transportar outro tipo de acessórios ou equipamento, banco bastante cómodo e algo mais baixo que as suas concorrentes MP3 da Piaggio e uma posição de condução natural e confortável, com proteção frontal regulável em altura com as duas mãos, luzes especiais para circulação de dia e sistema avisador de irregularidade na pressão dos pneus.

low_RJ52745

A Peugeot introduziu muitos melhoramentos na sua Metropolis de 2017 sobretudo ao nível do trem dianteiro, mais rígido, mas com suspensão mais efectiva e confortável, uma travagem mais poderosa, combinada com o sistema de Controle de Tração que impede a roda traseira de perder tração em aceleração e se ajusta ao modo de motor selecionado pelo condutor entre Sport, Urban e Off. Monta ainda 2 jantes dianteiras de 13” em vez das de 12 “ do ano anterior, garantindo maior estabilidade e aderência à Metropolis.

low_RJ52713

Com travões de disco maiores de 230mm na frente e apenas um 240mm e dois êmbolos na roda de trás. Com dois modos de tração, em linha com a evolução electrónica que vemos hoje em dia, a Metropolis é uma scooter ágil e segura, com uma travagem efectiva, assegurada por um ABS pouco intrusivo, actualizada e de acordo com as limitações impostas pelo Euro 04, menos poluente e de menor consumo.

low_RJ52958

Em termos estéticos a Metropolis não evoluíu de forma assinalável mas em termos dinâmicos o seu comportamento é totalmente distinto. A curvar no limite nota-se uma pequena tendência do escorregar das rodas da frente e de alargarmos a trajectória, mas a sensação é de enorme controle e prazer de condução realidade que nos impele a testar verdadeiramente os seus limites mas sempre com a sensação real de estarmos em total controle, travando e acelerando e corrigindo a trajectória ou a derrapagem das rodas da frente ou traseira, fazendo deslocar o nosso peso em cima da moto, a parecer quase a condução rápida num Kart… se me é permitida a analogia. Apesar dos pneus algo estreitos que monta nas rodas dianteiras, uns Michelin de 110, a aderência e a sensação de segurança constante são excelentes.

low_RJ51554

No trânsito a Metropolis da Peugeot permite-nos circular com facilidade no meio dos carros graças à sua estabilidade e apesar das suas dimensões e peso.

O motor de 400cc não pode obviamente competir com os das scooters de maior cilindrada como, a Piaggio MP3 de 500cc, mas os seus enérgicos 36,5 CV e transmissão bem escalonada permitem acelerações rápidas e sobretudo efectivas nas ultrapassagens.

low_RJ51952

No trajecto entre Lisboa e a Serra da Arrábida pudemos testar a Metropolis em variadíssimas situações, tanto a sua estabilidade em velocidade de cruzeiro em auto-estrada como nas sinuosas estradas da serra da Arrábida. A Metro mostrou-se à altura de todas as situações, confortável e pouco ruidosa, a rodar em auto-estrada entre os 120 e 140 Kmh, com proteção aerodinâmica regulável e com espaço suficiente para as pernas embora a existência de um pedal de travão dificulte ligeiramente a colocação do nosso pé direito. No entanto esse pedal faz parte da obrigatoriedade legal para ser homologado como “triciclo” e poder assim ser conduzido apenas com a carta de carro. Uma enorme vantagem comercial sem dúvida alguma.

low_RJ51746

Uma função curiosa são os 4 piscas da moto que em situações de travagem súbita automáticamente se colocam a piscar para advertência dos condutores que circulam atrás. A Metropolis tem ainda um compartimento na frente para colocação de acessórios, óculos, carteira, chaves ou telemóvel, ou uns trocos para as portagens e onde se encontra uma porta USB. Muito prático de facto.

low_RJ51642

Em resumo a Metropolis da Peugeot é uma Maxi Scooter, cómoda, ágil, com potência suficiente para garantir trajectos em segurança e ultrapassagens rápidas, estável e segura em curva, mesmo ao limite como pude comprovar, com travões de disco eficientes, confortável para realizar pequenas viagens, com espaço para bagagem, em suma uma scooter para usar o ano inteiro em todo o tipo de situações e uma opção séria à concorrência Piaggio e à utilização do automóvel… “last but not the least” foi inteiramente projectada e fabricada em França.

low_RJ53080

 

CARACTERÍSTICAS

Motor                          PowerMotion 400cc, 4 tempos, 4 válvulas, mono-cilíndrico,

Alimentação         Injecção electrónica de combustível

Refrigeração          Líquida

Potência                   36,7 cv às 7.250 rpm

Torque                       37 Nm às 5.250 rpm

Travões                     2 discos de 230mm na dianteira e um disco de 240mm na traseira ( ABS )

Suspensões           2 amortecedores a trás e 1 amortecedor na frente, ambos ajustáveis

Rodas                         Frente 110/70-13” e  a de Trás 140/70-14”

 

Medidas

Comprimento           2.160 mm

Largura                              745 mm

Altura                              1.445 mm

Altura do banco            780mm

Dist. entre eixos       1.555 mm

Capacidade                     13,5 litros

Peso                                       256 Kg

Opções de cor               Cobre Metálico, Titanium Brilhante, Branco Pérola e Black na RXR

PVPs                                      Mod. Allure 9.299.- € Mod. RS 9.399.-€ Mod. RXR 9.499.-€

 

CONCORRÊNCIA

piaggio-mp3-lt-300-2

Piaggio MP3 300 / 278cc / 22,4 cv /  211 Kg / PVP 6.290.- €

breveon1606

Piaggio MP3 500 / 493cc / 40,1 cv / n.d. Kg / PVP 8.449.-€

Equipamento utilizado no Ensaio da Peugeot Metropolis :   

Capacete NEXX, Blusão MACNA, Botas FALCO

GALERIA de FOTOS

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!