Honda CRF 450 L de 2019 – Versão com capacidade On-Off e DNA de competição

By on 11 Dezembro, 2018

Com base na ciclística da Honda CRF 450 R de motocross a Honda decidiu desenvolver uma versão digamos “light” para uma utilização mais abrangente e com capacidade on-off, ou seja, para uma utilização no dia a dia e com potencial para enfrentar alguns caminhos fora de estrada.

Relativamente ao motor da versão L de 449cc o mesmo foi alvo de modificações profundas, não só de acordo com as limitações do Euro 4, como também para o tornar mais dócil e controlável relativamente à versão mais agressiva R de cross. Com uma cambota mais pesada, que acrescenta inércia ao motor e dá-lhe um extra de binário a baixa rotação, o motor da CRF 450 L passa a ter um comportamento mais linear e progressivo ao rodarmos o punho de acelerador.

A caixa tem agora 6 velocidades tornando a relação de transmissão mais longa. Também ao nível de alguns elementos do motor foi necessário alterar as características dos mesmos para aumentar a sua durabilidade. É o caso dos pistons que passaram a ter 3 segmentos e que assim passam a ter uma durabilidade de cerca de 30.000 km.

O motor tem uma potência máxima de 25cv às 7.500 rpm e um binário máximo de 32Nm às 3.500 o que, para quem esteja habituado à versão CRF de cross, poderá parecer algo curto, sobretudo considerando que a versão L herda cerca de 70% da ciclística da versão R, ou seja, que está preparada para regimes de utilização com mais potência de motor. Se considerarmos ainda que a versão CRF 250 L tem 23cv ficamos algo surpreendidos com uma intervenção no motor 450 tão profunda e uma diferença tão pouco significativa para a versão de cilindrada inferior.

 

 

A nível da ciclística, como comentámos, assemelha-se em tudo à versão CRF de cross embora o quadro de duplo berço seja um pouco mais largo devido às maiores dimensões do motor por incluir uma caixa de 6 velocidades.

A distância entre eixos é ligeiramente superior à da versão CRF450R em cerca de 18mm, aumentando a sua estabilidade em recta. A versão L inclui ventoinha de radiador que é de maiores dimensões. Pormenor de qualidade é o facto de o depósito de combustível ser em titânio, tal como os utilizados nas CBR1000 Fireblade e nas versões de cross CRF450R e CRF250R, com a capacidade aumentada para os 7,6 litros.

 

Com um peso de 130 Kg face aos 111 Kg da versão R e uma altura do assento de 940mm, realidade que irá sacrificar a sua utilização por condutores de estatura mais baixa, isto considerando que o objectivo da CRF 450 L é o de oferecer uma versão on-off de utilização mais abrangente.

 

Do ponto de vista estético a moto assemelha-se à versão de cross e inclui faróis de LED e piscas também de tecnologia LED para poder circular na via pública. No topo da direção a CRF L monta um pequeno conta kms, numa posição semelhante às que vemos em motos de enduro, com boa visibilidade tanto em posição sentado como em pé. O painel mostra a hora e também a velocidade momentânea e com o acionar de um botão podemos alternar entre os Kms parciais e totais. Também no mesmo estão colocadas as luzes avisadoras de reserva de combustível, piscas e máximos.

 

As suspensões foram desenvolvidas pela Showa sendo a dianteira do tipo invertida com baínhas de 49mm, ajustável em pré-carga e e compressão. Atrás monta um mono amortecedor também da Showa, totalmente ajustável, com sistema Pro-Link.

 

A nível da travagem a CRF450L conta com um disco de 260mm na dianteira com pinça de dois pistons e um disco de 240mm na traseira com pinça de um único piston. Os aros das jantes raiadas têm um acabamento em negro, de dimensão de 21” na frente e 18” atrás e montam pneus de piso misto.

 

 

Esperamos em breve poder ensaiar a CRF450 L e poder ter uma opinião mais formada sobre as características do mesmo, sobretudo no seu desempenho On-Off , realidade com que a marca a partir da sua CRF de cross quis dotar este novo modelo de 2019.

FICHA TÉCNICA

MOTOR

DIÂMETRO X CURSO (mm) 96 x 62,1 mm
ALIMENTAÇÃO Injeção de Combustível
TAXA DE COMPRESSÃO 12,0 : 1
CILINDRADA (cm3) 449 cm3
TIPO DE MOTOR Monocilíndrico, Unicam, 4 tempos, refrigeração por líquido
IGNIÇÃO CDI Digital
ARRANQUE Elétrico

CICLÍSTICA

ÂNGULO DA COLUNA DE DIRECÇÃO 28,5°
DIMENSÕES (mm) 2.280 x 825 x 1.260 mm
QUADRO Dupla trave em alumínio
DEPÓSITO DE COMBUSTÍVEL (Litros) 7,6 litros
DISTÂNCIA LIVRE AO SOLO (mm) 315 mm
PESO EM ORDEM DE MARCHA (kg) 130,8 kg
ALTURA DO ASSENTO (mm) 940 mm
TRAIL (mm) 122 mm
DISTÂNCIA ENTRE EIXOS (mm) 1.500 mm

TRANSMISSÃO

EMBRAIAGEM Húmida, multi-discos
TRANSMISSÃO FINAL Por corrente
TIPO TRANSMISSÃO Engrenagem constante

RODAS

TRAVÕES FRENTE Disco
TRAVÕES RECTAGUARDA Disco
SUSPENSÃO – FRENTE Forquilha dianteira Showa de 49 mm
SUSPENSÃO – RECTAGUARDA Mono-amortecedor Showa, com sistema Honda Pro-Link
PNEUS – FRENTE 80/100-21
PNEUS – RECTAGUARDA 120/80-18
RODA – TIPO – FRENTE Alumínio, de raios
RODA – TIPO – RECTAGUARDA Alumínio, de raios

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!