Ensaio Honda CB 500F – Polivalência em estilo “street fighter”

By on 6 Junho, 2019

A nova naked 500 da Honda vê o seu design renovado, e partilha uma série de componentes com a versão carenada CBR 500R nomeadamente o motor, o quadro, suspensões e travões, rodas e até o próprio conjunto de assento e depósito.

A posição é obviamente mais direita graças ao novo guiador mais alto em vez do avanços da versão R que estão colocados na suspensão. O farol dianteiro mantém um perfil afilado e do topo do mesmo sai um elemento em formato de pequena cúpula que funciona como defletor de vento e protege o painel LCD de informação. A informação tem uma excelente leitura e é bastante completa, para além do que é habitual inclui ainda informação da mudança engrenada, do nível de combustível e da temperatura do motor.

O depósito tem capacidade de 17 litros o que confere à pequena CB uma excelente autonomia de mais de 400 Kms. O conjunto assento depósito tem um perfil mais estreito proporcionando um encaixe perfeito do condutor. A secção do banco do pendura está mais elevada e contribui para um maior apoio do piloto, isto para além de reforçar a imagem desportiva da CB500F.

O quadro do tipo “diamante” é praticamente o mesmo da versão anterior , proporciona a rigidez e flexibilidade que garantem grande manobrabilidade da CB500F. Suspensão dianteira convencional de 41mm, permite ajuste em pré-carga de mola, e amortecedor do tipo Pro-Link na traseira, também com afinação de pré-carga de mola, proporcionam um nível de desempenho muito acima da média, inclusive com um excelente comportamento em mau piso proporcionando um conforto assinalável.

O travão dianteiro conta apenas com um disco de 320mm e pinça de 2 pistons, ajudado pelo disco traseiro com 240 e pinça de apenas um piston, realidade que se mostrou suficiente para travar em segurança os 189 Kg em ordem de marcha da CB500F. A travagem é ainda assistida por ABS de dois canais. As rodas são ambas de 17” e montam pneus 120/70 na dianteira e 160/60 na traseira.

O motor bicilíndrico paralelo com refrigeração líquida e DOHC , tem uma cilindrada de 471cc, debita 48 Cv às 8.600 rpm, com um binário máximo de 43 Nm às 6.500 rpm mostrou-se vivo e bastante elástico, com poucas ou nenhumas vibrações e muito económico. O acionamento da embraiagem, este ano deslizante, parece estar mais leve que a versão anterior proporcionando menor cansaço numa utilização intensa urbana. A caixa de 6 velocidades mostrou-se precisa e bem escalonada proporcionando suavidade na passagem de velocidades nos dois sentidos. A injecção é precisa e a moto responde bem ao rodar do punho.

Os faróis na versão de este ano passaram a ser de tecnologia LED assim como os piscas. A CB500F é uma excelente moto para uma utilização diária mista, em trajectos urbanos beneficia da suavidade e pouca vibração do seu motor, assim como da precisão de caixa e da embraiagem mais leve que monta e em trajectos mais longos proporciona uma condução ágil e divertida com motor mais rápido a subir de regime e uma sonoridade entusiasmante proporcionada pelo escape de saída dupla.

Com um preço acessível de pouco mais de 6.000 euro a CB500F é uma séria opção para aqueles que pretendam fazer um upgrade às 125 ou para quem pretenda uma moto para utilização diária, compatível com carta A2, divertida e esteticamente muito apelativa.

 

Honda CB 500 F 2019 ( Ficha Técnica completa AQUI )

471 cc cilindrada

48 CV de potência

43 Nm de Binário

17 Litros de depósito

189 Kg de peso

6.290 € de PVP

+ Estética e suspensões

– Nada a apontar

 

Concorrência

Benelli Leoncino    500cc / 47,6 CV / 207 Kg / 5.900 eur

Husqvarna Vitpilen 401   373cc / 43 CV / 148 Kg / 7.375 euros

KTM 390 Duke   373cc / 44,3 CV / 139 Kg / 5.818 euros 

 

Galeria de imagens

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!