Será uma Adventure, a melhor moto para offroad?

By on 21 Outubro, 2020

A opinião de João Diogo Freitas

Será uma moto Adventure, uma boa opção para offroad? Ou é sempre preferível uma moto de enduro?

Qual será a melhor opção?

A Yamaha Ténéré 700 parece estar bem à vontade nos pisos de terra

Sermos donos de uma moto Adventure faz-nos sonhar com as aventuras offroad, aquelas que vemos em documentários televisivos de longas viagens nos continentes africanos e sul americanos ou mesmo na nostalgia dos primeiros Dakar em que estas motas eram rainhas das pistas! Mas será que no nosso país vamos encontrar estas pistas? Não me parece!

Sendo uma moto confortável e polivalente, podemos usá-la no dia a dia, na cidade ou na estrada, em passeios e em viagens longas, com várias opções de percursos – auto estradas, estradas secundárias e até de terra.

A Triumph Tiger 900 Rally Pro está apta a todo o tipo de situações desde a auto-estrada aos trilhos de terra do deserto

Tanto pelas suas suspensões como pela posição de condução, podemos vencer as dificuldades naturais de estradas secundárias mais sinuosas e com pisos menos bons, podemo-nos aventurar em estradas de terra…mas em “modo” passeio. Vamo-nos sentir uns “Globe-trotters” motorizados.

Mas quando entramos nos caminhos de terra, o verdadeiro offroad, aí é que se torna mais complicado. A altura da moto e o peso não nos vão facilitar a vida e a dificuldade aumenta com o mau estado do piso e com o sinuoso do percurso assim como relevo do mesmo. Os pneus que vêm de série nestas motos normalmente também não são os mais adequados para estes pisos e a troca dos mesmos não é aconselhável já que o desgaste que o alcatrão iria provocar neles seria demasiado elevado, para além do desconforto provocado por estes no rolamento em estrada. A baixa percentagem de caminhos de terra em que vamos andar numa Adventure durante um passeio assim nos aconselha.

Com os pneus de origem ou equivalentes, a possibilidade duma queda, mesmo que ligeira aumenta. O desgaste físico e consequente cansaço acumulado vai fazer a tarefa de levantar a mota em terreno acidentado, uma tarefa difícil devido ao peso da mesma.

E aí, vamos começar a pensar – porque é que eu me meti nisto!


E não podemos esquecer um factor muito importante, para além do desgaste acrescido por andar na terra, também se começa a fazer contas à vida já que até uma pequena queda pode resultar num rombo grande no orçamento…e assim se estraga o fim de semana…e provavelmente até comprometer a mobilidade na semana seguinte!

Assim, se queremos realmente desfrutar do prazer da condução offroad, o melhor é realmente optar por uma moto de Enduro.

Uma Husqvarna de enduro é mais adaptada a uma utilização offroad mais à séria

Mais leves e maleáveis, com suspensões de longo curso e pneus adequados ao terreno são de facto a melhor opção. Foram desenhadas e construídas para isso.

Os motores mais utilizados vão desde os 250 até 500 cm3, com versões muito competitivas e fáceis de utilizar em versões de 300 / 350 cm3. As potentes 450 que hoje em dia vencem o Dakar são mais aconselhadas a utilizadores mais experientes e em melhor condição física, um factor muito importante a não descurar. A maior potência não significa muitas vezes um andamento superior, antes pelo contrário.

Uma moto de enduro é mais leve, maneável, e tem poucas peças para estragar

Com “poucas” peças para estragar em possíveis quedas, e elas vão acontecer, mais risco, menos risco e esfoladela, a moto de enduro está sempre pronta a andar. Vamos andar muito mais descontraídos o que é sempre bom.

Também nos vamos sentir “mais” pilotos de TT o que nos enche sempre o ego. Um passeio de 3 horas vai-nos preencher o dia e vamos ter mais histórias para contar ao final do dia no “jantar da mentira” onde todos querem ter sido os mais rápidos ou os que tiveram maiores aventuras.

Claro que nem tudo é perfeito e para chegarmos ao local do passeio, temos que utilizar um atrelado com a vantagem de podermos partilhar as despesas com um ou dois parceiros de fim de semana.

Não vamos disfrutar do passeio até ao local de offroad mas em contrapartida, vamos agradecer não ter que voltar montados na moto!

Concluindo,

Para além do menor investimento, pois as Adventure podem custar mais do dobro de uma Enduro, não vamos estar a pensar nos possíveis danos e despesas que podem advir de uma queda, vamos usar uma moto que foi pensada e construída para o offroad com todas as vantagens daí inerentes por nós enunciadas.

A manutenção também será menor e com custos mais baixos. Como contra, o desgaste e necessidade de troca de pneus na moto de Enduro assim como pastilhas de travão, será maior.

O ginásio também vai ser um elemento muito importante pois as motos de Enduro exigem muito ao físico tornando mesmo limitativo o andamento por falta dele.

Assim,  se quer ir para o Offroad, não hesite e opte por uma moto de Enduro.

Mas escolha bem, não se esqueça, maior potência não dá mais andamento e tenha também em conta, o tipo de percurso em que vai andar, percursos mais sinuosos ou mais rolantes.

Não se esqueça também do equipamento mais apropriado, desde o capacete, óculos, casaco e proteções, calças com joalheiras e botas próprias para todo terreno.

Vá acompanhado com amigos já experientes e desfrute do offroad.

JD Freitas

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x