Subscreva a nossa Newsletter

Email Marketing by E-goi

Top 10 das motos grandes mais vendidas no Japão

By on 16 Abril, 2024

No ranking das 10 motos grandes que mais vendidas foram no mercado interno japonês ao longo do ano 2023, achamos que alguns resultados vão surpreendê-lo.

Entre as 10 motos de grande cilindrada mais vendidas no Japão em 2023 estão 3 Honda , 2 Kawasaki , 2 Suzuki , uma Yamaha , uma Harley-Davidson e uma Triumph. A marca de Hinckley é o único fabricante europeu que aparece entre os dez primeiros , enquanto a Harley-Davidson surpreende com o segundo lugar. Outrora uma marca muito procurada no país do Sol Nascente, estranha-se neste Top 10 a ausência da Ducati.

1º – Kawasaki Z900RS/Café/SE (5605 unidades)

A Kawasaki Z900RS foi a moto grande mais vendida no Japão, cujos números são muito superiores às demais. A marca de Akashi acertou em cheio ao criar esta homenagem à icónica Z1, a segunda superbike da história depois da Honda CB750 Four. Na Europa as suas vendas têm sido prejudicadas pelo alto preço mas o público japonês adora a Z900RS, e a indústria de acessórios japonesa tem uma enorme quantidade de peças para ir mais longe na customização desta moto neo-retro. Na foto podem ver o modelo com a clássica pintura “Yellow Ball” da Super Four original de 1972, a icónica Z1.

2º – Harley-Davidson Lowrider S/ST (3632 unidades)

Ficamos surpresos ao ver um modelo da Motor Company na segunda posição, algo que achamos que nem acontece nos Estados Unidos. A moto americana utiliza um motor Milwaukee Eight 117, um V-twin de 1923 cc capaz de entregar 105 cv.

3º – Honda Rebel 1100 (3282 unidades)

O motor utilizado pela CRF1100L Africa Twin é capaz de muito, inclusive montado nesta grande custom da Honda. Há uma Rebel 1100T com carenagem e malas no mais puro estilo bagger. Os puristas podem preferir um V-twin, mas neste caso é empregue um bicilíndrico em linha com refrigeração líquida.

4º – Honda CB650R/CBR650R (2318 unidades)

Estes dois modelos são muito conhecidos, apreciados e procurados pelos fãs europeus. É reconfortante constatar que, apesar da maré de motores bicilíndricos no mercado, os motores tetracilíndricos de 600/700 cc continuam a manter o seu tipo, e ainda mais agora com a possibilidade de montagem da E-Clutch.

5º – Honda CB1300SF/SB (1778 unidades)

A CB1300SF celebrou o seu 30º aniversário em 2022. As Super Four SP e Super Bol d’Or são verdadeiras ‘muscle bikes’ movidas por um motor de quatro cilindros de 1284 cc e 113 CV. A linda moto que aqui vê tem uma pintura inspirada na unidade que Freddie Spencer usou para vencer em Daytona em 1982.

6º – Kawasaki Ninja 1000SX (1466 unidades)

Os modelos sport-touring de um litro são motos versáteis, que podem ser utilizadas tanto para trajetos mais curtos quanto para correr atrás do horizonte, e sempre com bom desempenho e comportamento dinâmico equilibrado. O tetracilíndrico de 1043 cc atinge 141 cv ( nunca faltou potência às Kawasakis ). A Ninja 1000SX oferece ao utilizador uma carenagem envolvente.

7º – Yamaha XSR900 (1440 unidades)

Outra moto retro, a linha Faster Sons ou Sport Heritage da Yamaha não tem falta de seguidores em todo o mundo e o Japão não é exceção. A Yamaha XSR900 destaca-se pelo excelente motor de três cilindros de 888 cc e 120 CV, bem como por uma imagem clássica de sucesso.

8º – Triumph Bonneville T120/Speed ​​​​Twin /Thruxton (1421 unidades)

As clássicas modernas britânicas gozam de grande popularidade no Japão, um mercado onde o retro tem inúmeros seguidores. As marcas japonesas começaram a imitar os produtos BSA, Norton e Triumph … Os modelos retro de Hinckley oferecem qualidades de hoje e sensações de ontem.

9º – Suzuki Hayabusa (1344 unidades)

E o que dizer do ‘falcão peregrino’? É um modelo emblemático da marca e quase poderíamos dizer da indústria motociclística que em 2023 celebrou o seu 25º aniversário. A Hayabusa destaca-se pelo potente motor de quatro cilindros de 1339 cc, capaz de entregar 188 cv, e pela sua aerodinâmica cuidada.

10º – Suzuki GSX-S1000/GT/Katana (1284 unidades)

A Suzuki GSX-S 1000 GT é um modelo voltado para o turismo desportivo graças ao seu potente motor de quatro cilindros em linha (150 CV) e à sofisticada eletrónica. Fecha o ranking dos 10 modelos grandes mais vendidos no Japão.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments