Corvo do Alcatrão: Uma Street Bob personalizada

By on 6 Junho, 2019

Há dois anos, a Harley-Davidson levou Winston Yeh da Rough Crafts a Barcelona para testar as novas bicilíndricas de Milwaukee. E como a maioria dos presentes no evento de lançamento, o preparador ficou impressionado com a nova plataforma Softail.

“Tinha a ideia de construir uma versão de performance de uma Softail na minha cabeça desde então”, diz Winston. “Então, quando um cliente chegou com um projeto em aberto, eu sabia exatamente o que tinha que fazer.”

A “Tarmac Raven”, “Corvo do Alcatrão, tem um aspecto escuro, quase barroco. O estilo da Rough Crafts é exclusivo, mas, notavelmente, não exigiu nenhum trabalho de torneiro, o que deve ter sido um alívio para os parceiros de longa data de Winston na CT-Garage. A nova carroçaria assenta confortavelmente na estrutura de origem e acentua o aspeto alongado, quase semelhante a um trenó. O depósito é uma unidade Sportster altamente modificada, e a cauda foi feita de fibra de vidro. Ambos foram envolvidos numa camada de fibra de carbono por Simon Fiber Craft, e em seguida, pintados pela Air Runner em tons contrastantes de preto mate e brilhante.

Mas na verdade é o poderoso Milwaukee-Eight que domina a vista lateral. E como não é difícil adivinhar, este V-Twin está muito longe da moto de origem.

“Eu tive uma conversa com David Zemla da S & S Cycle“, diz Winston. “Ele forneceu o mais recente kit para o motor M8: o Power Pack de 124 polegadas cúbicas (2.032cc)”. Este inclui pistões forjados com uma taxa de compressão de 11: 1 e uma câmara de combustão mais quente, e promete 124 cavalos de potência à cambota. O binário sobe dos 149 Nm de origem para uns enormes 180.

“Ainda não tive hipótese de levar o meu motor ao dinamómetro”, diz Winston, “mas posso dizer que fica com força a sério!”

Manter toda essa potência sob controle é ajudado por um conjunto completo de suspensão Öhlins modificado. Na frente estão os robustos garfos FGRT301 de 48 mm, originalmente concebidos para a Ducati Diavel. Isso faz com que a Street Bob se distancie da geometria típica dos cruisers descontraídos da Harley, para uma postura mais agressiva e seca.

“A Öhlins também fez um amortecedor traseiro por medida, que é uma polegada mais comprido que o produto normal para a Softail”, revela Winston.

A CNC Racing forneceu um tê triplo que Winston modificou para levar um veio de direção e tirantes estilo Harley. A seguir, instalou as suas rodas de fibra de carbono super leves da BlackStone Tek – desta vez, jantes de sete raios “Black Mamba”, que são cerca de 25% mais leves que o alumínio forjado.

As rodas foram equipadas com a mais recente borracha Pirelli Diablo Supercorsa SP V3 para completar o pacote de 17 polegadas. Os travões são Beringer: pinças de 4 pistões duplos e discos Sunstar na frente, e um kit de travão Ducati Panigale modificado na parte de trás.

O próximo porto de escala de Winston foi a Roaring Toyz, na Flórida, que sabe uma coisa ou duas sobre a personalização de desportivas.

A Roaring Toyz desenhou e forneceu um braço oscilante monolateral para a Street Bob. “Eles deram-se ao trabalho de comprar uma Softail para desenvolver um novo sistema de braço oscilante monolateral”, diz Winston, impressionado.

“Funciona com rodas de tração excêntrica de face única da Ducati Panigale. Foi uma coisa que me apareceu à porta e foi um encaixe perfeito! ”

No lado oposto ao braço oscilante, há um silenciador da série SC-Project Titanium S1. A Rough Crafts combinou isso com tubos personalizados de titânio, que o SC-Project irá preparar e replicar em breve para oferecer um sistema de produção completo.

Um punhado de peças da própria Rough Crafts contribuem para o look de “Guerrilha” – como a tampa da embraiagem, o guiador, o filtro de ar com aletas raiadas e o tampão de gasolina. Para os punhos e tampas de válvulas, Winston virou-se para a Arlen Ness e para os faróis e farolins traseiros, a Rizoma. 2 Abnormal Sides criaram um conjunto de capas de varetas e os emblemas de depósito.

“Pode-se realmente ver quanto trabalho a Harley colocou nesta plataforma para a personalizar”, observa Winston. “Mesmo ostentando essa aparência radical, na verdade não tem nenhum corte nem soldadura em qualquer lugar.”

“Até mesmo o painel de origem da Street Bob é tão bom que simplesmente projetámos os nossos tirantes elevados para apoiar o guiador em torno dele – por isso, ele mantém todas as funções de origem.”

Apenas para tornar as coisas ainda mais fáceis, a Rebuffini, especialista  italiano em peças de reposição para Harley-Davidson, encontrou uma maneira de fazer com que os controles manuais se conectem suavemente com a eletrónica de CAN Bus da Softail. Por isso, a Winston instalou os seus controles RR90 com bombas de travão radiais: “É um kit chave-na-mão super limpo, é só instalar”.

A boa notícia é que Winston já está a trabalhar em versões de produção de muitas das peças mostradas na Tarmac Raven. Então, se alguém tiver uma Street Bob na garagem, pode bafejar um pouco da magia negra da Rough Crafts nela.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!