Ensaio Triumph Street Scrambler 2017

By on 24 Maio, 2017

Há motos que carregam consigo um enorme simbolismo. Há outras motos que atraem o olhar de todos à sua volta . Há sempre ainda outras motos com as quais nos identificamos de imediato e cuja estética nos faz viajar no tempo… a Triumph Scrambler transmite  todas essas emoções e transporta-nos para novas dimensões, novas sensações.

low-IMG_2575

A Triumph soube manter vivo ao longo dos tempos esse espírito e essa magia que nos apaixona e nos desperta para sentimentos de liberdade e de rebeldia. Como é isso possível ? É difícil de explicar por palavras, mas penso que a Scrambler carrega consigo uma série de factos históricos  e episódios irrepetíveis que aliados  à sua natureza e ao seu excelente desempenho  nos proporciona uma experiência única.

IMG_20170524_110403

A designação Scrambler está obviamente associada ao estilo da própria moto e a um ícon incontornável do cinema, Steve McQueen, que popularizou as motos Scrambler nos anos 60/70, conceito que nasceu a partir das suas Triumph Bonneville que eram preparadas  para rodar em todo o terreno e participar em provas de deserto. Imortalizadas nas grandes telas do cinema, marcaram todo um estilo de vida recuperado hoje nas novas tendências urbanas em duas rodas.

low-IMG_2564

A Street Scrambler faz parte da nova gama  Street da Triumph onde se encaixam outros modelos, a Street Twin e a Street Cup, uma Café Racer que  ensaiámos recentemente.

A estética da Street Scrambler é intemporal. É uma moto que se adquire para a vida e que nos acompanhará para sempre, proporcionando-nos infindáveis momentos de prazer. Em qualquer lugar que passe ou estacione a Street Scrambler gera emoções, comentários e perguntas… um verdadeiro “ice breaker” em sociedade.

low-IMG_2567

Existe um elemento que faz parte do imaginário Scrambler e que salta de imediato à vista nesta Street… o seu escape de dupla ponteira, em posição subida e com a típica grelha de proteção, agora  com um design mais cuidado e integrado do  que no modelo anterior.

IMG_20170524_111150

Um pormenor interessante e que reforça o look Scrambler é o facto de o banco, além de estar forrado a num tecido tipo Alcantara com logo da Triumph gravado em relevo, está  dividido em dois elementos, sendo que o do pendura pode ser retirado e montado no seu lugar uma grelha de transporte de estética muito bem conseguida. Aí caberá talvez desmontar as peseiras do pendura e ficarmos com o look Off Road McQueen completo.

IMG_20170524_110513

O painel de informação é simples e minimalista mas contém toda a informação necessária e de leitura fácil tal como a mudança engrenada, Kms totais e parciais, consumo momentâneo e autonomia, ABS ligado, Controle de Tração…

Entre outros pormenores monta também peseiras do tipo “Bear Trap” que conferem maior aderência  e controle do piloto, embora na condução  em pé notámos serem algo curtas tendo os pés tendência para se moverem para o exterior.

IMG_20170524_111107

A Street Scrambler monta roda dianteira de 19”, mais ao estilo de todo terreno e tem suspensões de maior curso que as suas irmãs Street no sentido de estar apta para algumas incursões fora de estrada. Os pneus Metzeler mistos conferem o grip necessário e polivalente, com um comportamento bastante aceitável em alcatrão.

IMG_20170524_110440

Seduzidos pela sua estética muito conseguida decidimos de imediato ir comprovar se para além de maravilhosa por fora estaria também à altura na sua funcionalidade.

Guiador largo e quase plano, posição direita, natural e confortável, peseiras no sítio certo e altura ao chão perfeita, de forma a assentar integralmente a planta do pé, a Street Scrambler parecia estar feita à minha medida.

low-IMG_2580

SUAVE, SUAVE, SUAVE…

Arrancamos o motor e a sonoridade do dois cilindros e escapes elevados faz notar de imediato a sua personalidade. Um som grave e envolvente faz-nos levar a subir de rotações com enorme prazer, mudando de velocidades, numa caixa bem escalonada, com surpreendente suavidade.

A Street Scrambler é um poço de suavidade, com torque a baixa rotação mas com uma entrega suave e contínua que faz com que rodemos como se fossemos num autêntico “tapete voador”. O acelerador electrónico contribui e de que maneira para a suavidade da Street Scrambler, de uma afinação e sensibilidade excelentes.

IMG_20170524_111213

A Street Scrambler é ágil e fácil de manobrar, parecendo até uma moto mais leve, desenvolvendo-se bem no trânsito e entre os carros, com enorme equilíbrio e com potência a baixa rotação sempre disponível para superar qualquer eventualidade. Na estrada é também de uma enorme suavidade e circular a 120 ou 140Kmh transmite-nos uma enorme sensação de prazer e liberdade, sem vibrações e sem que o vento nos afecte demasiado graças á posição cómoda e correcta que temos na moto.

A Triumph Street Scrambler é uma moto apta para tudo, o seu motor de 900 cc com 55CV tem potência suficiente para proporcionar prazer e atitude em todo o tipo de situações.

IMG_20170524_111243

As suspensões oferecem a comodidade e o desempenho necessários e superam com facilidade as imperfeições da estrada que se nos vão deparando. Em passeio o regime de torque e potência do motor garante enorme suavidade também e facilita imenso o desempenho da moto podendo circular e curvar em quarta ou quinta velocidade com garantia de resposta à saída das curvas sem termos que usar demasiado a caixa.

A Street Scrambler monta ABS e Control de tração ambos passíveis de serem desligados ( ABS só atrás ) , realidade que oferece um nível de segurança superior para qualquer situação de condução mais ao limite ou em situações de intervenção inesperadas.

IMG_20170524_111115

Os travões de disco à frente e atrás estão à altura do conjunto e, ajudados pelo ABS da Bosch, conferem à Triumph Scrambler toda a travagem necessária em qualquer situação, progressiva e sem bloquear mas segura e efectiva quando necessária.

Os pneus Metzeler mistos têm um comportamento bastante aceitavel em curva, podendo chegar ao limite da inclinação a roçar com as peseiras no asfalto sem sinal de qualuer deslise pelo que penso que a escolha é acertada. Para além do mais uma Scrambler com pneus de estrada não me faria muito sentido e perderia parte do seu charme e DNA.

Em conclusão a Triumph Street Scrambler é uma excelente moto, tem toda a tecnologia moderna que vemos hoje em dia nas motos actuais, Ride by Wire, ABS, Controle de Tração, e mantém o seu look neo-clássico e intemporal, garantindo que uma vez na nossa garagem, connosco ficará para sempre, nunca passando de moda com o decorrer dos anos e um dia mais tarde continuando a virar olhares apesar da sua idade. Uma moto que marca a personalidade de quem a conduz e que traduz uma forma de estar na vida.

Triumph-Street-Scrambler-6

Acessórios opcionais

A Triumph disponibiliza um catálogo com cerca de 150 acessórios da marca com os quais se poderá personalizar a Scrambler ao gosto de cada um. Amortecedores especiais da FOX, protectores de rede do farol, escapes especiais da Vance and Hines 2 em 1, banco duplo tipo Scrambler, descanso central, punhos aquecidos, proteções laterais de motor, vidro frontal…

 

Cores disponíveis e PVP

PVP : 10.600.- eur

v1matt_khaki_green_DC_RHS-1v1jet_black_DC_RHS

Cores 2017 : Preto brilhante Jet Black, Verde Mate Khaki, Bicolor em vermelho e prata com acabamento exclusivo

Triumph-Street-Scrambler6

 

Ficha técnica

Motor                                     Bicilindrico em linha, 4 tempos, 4 válvulas por cilindro

Distribuição                      SOHC com uma árvore de cammes

Compressão                       10.55:1

Potência                                55 CV às 5.900rpm

Par Máximo                      80 NM às 3.230rpm

Alimentação                     Injecção sequencial multiponto

Ignição                                   Electrónica

Arranque                            Eléctrico

Transmissão                      Corrente

Caixa                                        5 velocidades

Embraiagem                      Multidisco acionamento por cabo

Quadro                                   Berço duplo em aço

Braço oscilante                Duplo em aço

Suspensão dianteira    Telescópica tradicional KYB de 41mm e 120mm de curso

Suspensão traseira        Duplo-amortecedor KYB com 120mm de curso ajuste de pré-carga

Roda dianteira                  100/90-19”

Roda traseira                      150/70-17”

Travão frente                     Disco de 310mm com pinça flutuante 2 êmbolos com ABS

Travão traseiro                 Disco de 255mm com pinça flutuante 2 êmbolos com ABS

Dimensões

Comprimento                     2.115 mm

Altura                                        1.120 mm

Largura                                        831 mm

Dist. entre eixos               1.490 mm

Altura do banco                        790 mm

Peso                                                 206 Kg

Capacidade depósito        12 litros

 

Concorrência

A Triumph Street Scrambler conquistou mercado e prestigio, pôs-se de moda e ganhou concorrência. A mais directa será a da BMW que lançou a sua Scrambler também este ano com base no seu modelo Nine T de motor Boxer. Mas também a Ducati decidiu aderir ao conceito e lançou há um par de anos toda uma gama de motos apelidadas de Scrambler Ducati, com distintas variações sobre a mesma base, umas mais scrambler e outras mais street, sendo que este ano lançou a sua Desert Sled Scrambler, mais perto do conceito Off Road que consagrou este tipo de motos no passado, mais alta e com mais curso de suspensões e por isso mais apta para o todo-o-terreno. Outras marcas aderiram ao conceito e apareceram também com os seus modelos Scrambler. É o caso da Yamaha SCR950, da Benelli Leoncino e a Moto Guzzi V7 Stornello.

bmwrninescrambler_1

BMW Nine T Scrambler

Cilindrada 1.170 / potência 110CV / peso 220 Kg / pvp 13.957.- eur

2017_XVS950XR_VRC1_USA-CAN_2_RGB

Yamaha SCR950

Cilindrada 942,5 cc / potência 54,3 CV / peso 252 Kg / pvp 9.995.- eur

290426

Scrambler Ducati Desert Sled

Cilindrada 803 cc / potência 75 CV / peso 207 Kg / pvp 11.299.- eur

 

Galeria de Fotos

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!