Teste BMW R Nine T Pure – Uma moto que apela aos prazeres mais básicos da condução

By on 29 Março, 2021

A BMW apresentou a R NineT em 2014 assinalando os 90 anos da marca. Nesta Pure da NineT conhecemos a sua versão mais customizável, pronta para ser recheada de pormenores que a tornarão única e de acordo com as preferências do proprietário.

Texto de Helder Monteiro

A R NineT foi apresentada em 2014 para comemorar os 90 anos da BMW Motorrad, e herda daí o seu nome… foi desde então um modelo muito apreciado. Este ar retro e nostálgico esconde uma moto moderna com o bloco de 1200cc e 109cv com uns muito expressivos 116 nm de torque…este é o mais que provado boxer de refrigeração a ar e óleo da BMW…esta PURE é a mais simples das NineT… são motos que convidam à personalização, e a versão PURE será a base para a partir daqui criarmos uma moto à medida com a extensa lista de acessórios que a BMW motorrad preparou para este modelo…é ao fim e ao cabo uma tela pronta a ser pintada à vontade do felizardo dono.

Na PURE nem o conta rotação existe, assim como as suspensões dianteiras invertidas, tudo nesta moto remete à simplicidade…Aqui os sentidos estão despertos apenas para o puro prazer de andar de moto.

Nesta nova evolução da NineT para 2021 e que é comum a todos os modelos, temos novos piscas e farol dianteiro em LED, com assistência em curva.

Este motor não tem a vivacidade dos mais recentes 1200cc refrigerados a àgua ou o novo 1250cc, mas proporciona as sensações unicas do boxer, nomeadamente o acordar estrondoso quando se dá ao starter…parece que os dois pistons, disputam entre si qual vai levar o empurrão inicial à cambota tal o abanão que sentimos…e aquela estranha sensação onde parece que o quadro vai acompanhar o movimento longitudinal dos pistons…é mesmo um motor muito sui generis, e remete às origens do boxer.

Esta unidade que ensaiámos tem a opção 719 com as cores azul e branco, que lhe dá um ar ainda mais clássico, o pack confort com os punhos aquecidos e o cruise control, juntamente com as rodas de raios que na nossa opinião é o extra que mais carisma tem…É  simplesmente linda! E temos ainda o som fantástico que as ponteiras Akrapovic Design adicionadas como extra proporcionam

Esta é a moto perfeita para desfrutar do cheiro e das cores da primavera…rolar tranquilamente, apreciar a paisagem….no fundo a versão mais pura do motociclismo. É para aqui que nos transporta esta NineT PURE

Nesta moto somos transportados à essência do motociclismo…a fusão entre moto, condutor e ambiente…Aqui o prazer de condução traduz-se em trocar caixa sem auxilio de um quickshift, mesmo à antiga, e refira-se que esta caixa está mesmo muito agradável de ser utilizada…é sentir o motor e nem sequer ter a tentação de olhar para os instrumentos para ver TFTs de cores com várias luzinhas e conta rotações com muitos tracinhos…aqui não temos nada disso…e que fantástico é! Aqui encontramos pedigree e alma…parece que carregamos toda a história da BMW nos comandos…tudo nos remete para os mais de 90 anos de história da marca e na evolução destes fantásticos boxers bicilindricos

Encontramos sim e muito moderno os 3 modos de condução, Dynamic, road e rain…que moldam o carácter do motor de acordo com as condições que pretendemos..

É a moto indicada para longos passeios sem nos preocuparmos com horas de chegada, apenas deliciar-nos com as inconfundiveis sensações que só o boxer proporciona.

Aqui não há valores para prestações desportivas e nem é isso que interessa, não há joelhos a raspar no asfalto nem apurar trajectórias e travagens…é apenas o delicioso prazer de rolar e sentir o vento na cara. Mas atenção…se nos empenharmos numa toada mais rápida, as sensações são prazerosas, obviamente limitadas pelas próprias características da moto, as peseiras estão baixas o que proporciona uma posição muito confortável, mas onde os avisadores raspam demasiado em ângulos mais altos…o guiador foi com certeza alvo de muito estudo pela BMW, e o resultado é fantástico…é largo o suficiente para nos sentirmos de peito feito ao vento e proporcionar ao mesmo tempo um controle absoluto sobre a moto…

A suspensões correspondem bem ao conceito da moto, bastante competentes e suaves, proporcionando confortáveis passeios mesmo com passageiro que apesar do diminuto assento tem uma ergonomia muito bem estudada.

E é apesar do seu peso algo elevado de 219kg uma moto relativamente simples de se conduzir em cidade, não só pelo baixo centro de gravidade mas pela sua excelente brecagem, fazendo que as manobras a baixa velocidade e de parqueamento sejam bastante fáceis de executar…isto depois de nos habituarmos ao volume dos cilindros do boxer que ao principio podem ser um pouco intimidantes para circular no trânsito.

Esta é daquelas motos que aparentemente simples e despojada, quanto mais a observamos mais a apreciamos…há detalhes que marcam esta NineT, o monobraço traseiro em preto que esconde a transmissão por cardan que entre outras vantagens mantem a moto limpa de óleos lubrificantes, toda a sua traseira minimalista, o desenho do enorme depósito que lhe marca muito a silhueta, até aos piscas em LED com um desenho muito bem conseguido…terminando no farol dianteiro que não só cumpre muito bem na capacidade de iluminação, como também  se torna um peça muito bem integrada na moto. 

Esta não seria à partida uma moto que entraria nas minhas preferências, mais ligadas a desportivas, com muita electronica e pneus pegajosos…olhava para ela e diria…nãããã…ou como alguns amigos me dizem….”ah, isso é moto para a reforma”! Mas….Depois de a experimentar vejo que errado estava…o prazer de condução, puro e duro que a NineT transmite e de nunca cansar se andarmos a velocidades ditas “normais”, fazem dela uma das mais interessantes propostas que já tive o prazer de conhecer…olhando para o preço e valores de desempenho no papel diria que há primeira vista nada me fascinaria, mas neste caso os números não contam a história toda…a NineT vale cada cêntimo pelo prazer que proporciona e pelo sorrisos permanentes com que andamos em cima dela.

 

Esta é daquelas motos que quanto mais andamos mais prazer conseguimos retirar e foi mesmo com muita pena que a fui entregar de volta à BMW…

 

Ficha Técnica: 

Motor

  • Tipo Motor Boxer bicilíndrico a quatro tempos e refrigerado por ar/óleo, duas árvores de cames e quatro válvulas dispostas radialmente por cilindro, veio de equilíbrio central
  • Diâmetro x curso 101 mm x 73 mm
  • Cilindrada 1170 cc
  • Potência máx. 109 cv (80 kW) às 7250 rpm
  • Potência máx A2 95 cv (70 kW) às 7000 rpm
  • Binário máx. 116 Nm às 6000 rpm
  • Binário máx. A2 112 Nm às 5750 rpm
  • Taxa de compressão 12,0 : 1
  • Carburação/gestão do motor Injeção eletrónica
  • Controlo da emissão de gases Conversor catalítico de 3 vias, norma de emissões Euro 5

 

Prestações/Consumo

  • Velocidade máxima mais de 200 km/h
  • Consumo por cada 100 km de acordo com o WMTC 5,1 l
  • Emissão de CO2 de acordo com o WMTC 119 g/km
  • Combustível Gasolina super sem chumbo de 95-98 octanas (RON) (potência máx. obtida com combustível de 98 octanas RON)

 

Transmissão

  • Embraiagem Embraiagem a seco de disco simples e de acionamento hidráulico
  • Caixa de velocidades Seis velocidades com veio de sincronização
  • Transmissão secundária Cardan

 

Ciclística e travões

  • Quadro Conceito de quadro tripartido com quadro dianteiro e quadro traseiro de duas peças, unidade motor-caixa de velocidades autoportante, secção traseira do quadro removível para condução a solo
  • Suspensão dianteira Forquilha telescópica com diâmetro fixo de 43 mm
  • Suspensão traseira Monobraço em alumínio fundido com Paralever BMW Motorrad; amortecedor central, regulação contínua da pré-carga da mola por manípulo, regulação da expansão da mola
  • Curso dianteiro/traseiro 120 mm / 120 mm
  • Distância entre eixos 1493 mm
  • Avanço 105 mm
  • Ângulo da coluna de direção 4°
  • Jantes Jantes de raios
  • Jante dianteira 50 x 17″
  • Jante traseira 50 x 17″
  • Pneu dianteiro 120/70 ZR 17
  • Pneu traseiro 180/55 ZR 17
  • Travão dianteiro Dois discos, diâmetro de 320 mm, pinças de 4 êmbolos
  • Travão traseiro Disco simples, diâmetro de 265 mm, pinça flutuante de êmbolo duplo
  • ABS BMW Motorrad ABS Pro

 

Dimensões/Peso

  • Altura do banco 805 mm
  • Arco interior da perna do condutor 1785 mm
  • Capacidade do depósito 17 l
  • Reserva 3,5 l
  • Comprimento 2105 mm
  • Altura (com espelhos) 1240 mm
  • Largura (com manetes) 865 mm
  • Peso sem carga, depósito cheio, com meios de funcionamento 1) 219 kg 1)
  • Peso total admitido 430 kg
  • Carga máxima (com equipamento de série) 211 kg

 

Preço e Configuração do modelo ensaiado:

  • Option 719 Azul/Branco
  • DTC (controlo de tração dinâmico)
  • MSR (gestão da inércia do motor)
  • Escape Akrapovic Design
  • Luzes diurnas
  • Farol dianteiro Pro
  • Modos de condução Pro
  • Option 719 Jantes Classic
  • Punhos aquecidos
  • Cruise control
  • ABS Pro

Packs

  • Pack Comfort

 

Preço base R NineT Pure

15.098€

 Preço unidade ensaiada

18.054€

 

Concorrentes:

  • Triumph Thruxton RS

103 cv ; 197 Kg ; 17,100 €
  • Honda CB 1100 EX

86 cv ; 255 Kg ; 13,550 €
  • Ducati Scrambler 1100

88,5 cv ; 189 Kg ; 12,063 €
  • Kawasaki Z900 RS

109 cv ; 215 Kg ; 12,895 €
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x