BMW GS Trophy 2022: Equipa do Reino Unido lidera após 4 dias

By on 8 Setembro, 2022

Hoje decorreu o quarto dia do GS Trophy 2022, o famoso desafio offroad que a BMW está a levar a cabo na Albania, neste momento liderado pela equipa do Reino Unido, na frente das formações da África do Sul e Alemanha.

O dia ficou marcado por um loop de 125 km nos trilhos das montanhas da região de Farma Sotira, um dos dias mais curtos do evento, mas onde a destreza e as capacidades de navegação assumiram um papel preponderante para o desempenho das equipas.

Com um clima de sol e a temperatura a variar entre os 26 graus de temperatura ambiente do local de partida, caindo para 18 graus nas montanhas, na segunda distância diária mais curta do evento houve quem pensasse que este quarto dia seria algo como um dia de descanso. No entanto, um loop nas Pindus Mountains, exigiu sérias habilidades com a passagem por autênticos caminos de cabras, na subida e descida das encostas. E depois disso, os concorrentes tiveram ainda de disputar três testes especiais que colocou à prova às suas capacidades.

Com a primeira secção de Tarmac altamente degradada, exigindo a máxima concentração, assim que chegaram aos trilhos de todo-o-terreno, os concorrentes perceberam imediatamente que estavam perante um desafio. Enquanto a última parte do terceiro dia parecia na verdade uma prova de enduro, a subida da montanha mostrou um nível de dificuldade completamente novo, obrigando a andar de pé em primeira ou segunda velocidade à procura da linha perfeita e num terreno íngreme. Com cada variação de superfície, alguma rocha pura, alguma argila e calcário estilhaçado, alguma pedra solta – e tudo a uma inclinação que exigia um empenho absoluto, foi um passeio intenso, por pistas suficientemente intimidantes junto às gigantescas paredes de granito da cordilheira dos Pindus que se elevavam ao longo do percurso, verdadeiramente de cortar a respiração.

Depois disso, as equipas enfrentaram o Desafio de Navegação, utilizando uma unidade de navegação GPS da BMW para encontrar um ponto de passagem na floresta, transferir novas coordenadas para o GPS e depois seguir de volta ao ponta partida. No denso bosque, ao passarem através dos ramos e arbustos baixos, os participantes tiveram provavelmente mais hematomas do que em toda a prova até agora.

O último desafio do dia foi a Corrida Lenta da Albânia, sendo a corrida lenta algo como uma tradição no GS Trophy. Aqui, cada equipa percorreu um percurso de 100m o mais devagar possível, sem deixar a sua pista de 1m de largura e sem colocar um pé no solo. A equipa com o tempo combinado mais longo venceu.

A equipa da Africa do Sul foi a que recolheu mais pontos na competição de equipas masculinas, fechando o quarto dia apenas um ponto atrás dos líderes, a equipa do Reino Unido. Na competição de equipas femininas, houve menos mudanças, com a equipa da Alemanha a continuar com a sua forte forma, enquanto o Mexico teve um dia positivo subindo ao segundo lugar por troca com a equipa sul-africana.

Amanhã, quinto dia de sete, os concorrente do GS Trophy 2022 enfrentam uma prova de 210 km para leste, enquanto se dirigem para um novo destino na costa do Adriático. 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments