BSA Gold Star 650 nos concessionários do Reino Unido em junho

By on 6 Abril, 2022

O grupo Mahindra, proprietário da lendária marca britânica, anunciou que a BSA Gold Star 650 estará disponível em Junho, apenas no Reino Unido por enquanto.

As marcas inglesas marcaram um tempo glorioso no motociclismo, antes da invasão do ‘Velho Continente’ pelas marcas japonesas. Com excepção da Triumph, ainda hoje 100% britânica e perfeitamente reintegrada no mundo das motos, inclusive como fornecedora de motores no campeonato do mundo de Moto2, outras marcas lendárias como a Royal Enfield e Norton reergueram-se, recorrendo a financiamento externo ou mesmo compradas.      

O “ ressurgimento ” da Norton não tem sido fácil mas, por outro lado, a BSA continua passo a passo a preparar a reentrada no mercado, sabendo-se já que em Junho será lançado o primeiro modelo da nova era. Os direitos de uso do nome BSA ( Birmingham Small Arms Company) foram adquiridos pela gigante indiana Mahindra em 2016. Recuando à década de 60, foi nesse tempo que a BSA viveu um momento áureo com a sua monocilíndrica Gold Star, uma moto de beleza indiscutível e que hoje é um verdadeiro item de colecionador. Na década de 1970 , devido ao ímpeto das marcas japonesas e erros na gestão da marca, a BSA entrou em falência.

Em 2016 não foi a Mahindra quem adquiriu a marca diretamente, mas sim a Yezdi, uma das empresas do grupo. O objetivo passava por fazer renascer a marca a nível global, beneficiando-se do incessante renascimento do neo-clássico. Os novos gestores tinham o tempo de dois anos para levar o projeto em frente, mas a realidade é que a espera foi maior.

Agora espera-se que em junho de 2022 a BSA Gold Star 650 chegue aos concessionários (pelo menos no Reino Unido ), nada se sabe ainda sobre a sua possível chegada a outros países da Europa. O novo monocilíndrico de 652 cc é refrigerado a líquido, tem 45 cv às 6.000 rpm e binário de 55 Nm a 4.500 rpm, estando assim disponível para os detentores da carta A2 . O peso anunciado é de 213 kg, tendo o depósito capacidade para 12 litros. Os responsáveis ​​pela marca declaram um consumo de 3,3 litros aos 100 km, o que supõe uma autonomia teórica de 357 km.

O modelo será oferecido em três cores diferentes: vermelho, Dawn Silver e Highland Green, às quais será adicionada a versão especial ‘Legend’. O preço ainda não é conhecido.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments