Honda EM1e: O primeiro passo na mobilidade elétrica

By on 23 Novembro, 2022

O primeiro EV da Honda com destino à Europa é uma realidade. Chama-se EM1e, e é uma scooter destinada a jovens que procuram uma forma “limpa” de se deslocar rapidamente pela cidade. A bateria é intercambiável e o flat deck oferece boa capacidade de carga.

Com lançamento previsto para o verão de 2023, a EM1e é a primeira moto elétrica Honda para clientes na Europa e o primeiro modelo a ser revelado após o anúncio dos planos da marca em introduzir 10 ou mais modelos de motos elétricas globalmente até 2025.

A sigla “EM” (em Inglês, Eletric Moped) significa “Ciclomotor Elétrico” e o modelo é dirigido diretamente a um grupo demográfico jovem, que procura um meio de transporte urbano fácil e divertido. A moto é compacta, de piso plano e um estilo suave que marca a sua diferença e identidade única dentro da gama Honda. Perfeita para pequenas deslocações pela cidade e para tornar as viagens para o trabalho e/ou para a faculdade eficientes, silenciosas e sem emissões, a EM1 e sincroniza-se perfeitamente com as expetativas modernas de mobilidade urbana.

A nível estético, a EM1e é uma scooter citadina bem feita, com linhas elegantes e racionais. O farol de LED é apelativo, assim como os piscas integrados no guiador. O equipamento é completado por pousa-pés retráteis para o passageiro e uma conveniente bagageira. Tecnicamente, a scooter possui um único travão de disco e suspensão não ajustável. De momento não conhecemos as especificações técnicas, mas é quase certo que a EM1e terá uma autonomia puramente urbana (90-100 km) com tempos de recarga a rondar as 4 horas. As formas são agradáveis e compactas, há uma bela plataforma plana para garantir uma boa capacidade de carga.

A EM1 e está equipada com o módulo Honda Mobile Power Pack, construido a pensar numa elevada durabilidade, fiabilidade e qualidade. Uma única carga permite fazer de mais de 40 km e o módulo MPP (Mobile Power Pack – MPP) foi concebido para suportar diferentes temperaturas, níveis de humidade, impactos e vibrações. Como o próprio nome sugere, o módulo MPP é um conjunto de baterias amovível pode ser facilmente removido da EM1 : para carregar no conforto de casa.

Quando a veremos? Já em 2023, e não se pode excluir que se juntem outras inovações durante o ano. De facto, fala-se na chegada de uma “Super Cub semelhante” elétrica , fique atento!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments