Honda NC850 faz prever uma renovação completa da gama para 2021

By on 6 Maio, 2020

Costuma-se dizer que em “equipa ganhadora não se mexe “ e a Honda NC 750 e a sua irmã NC750 X são dois modelos que no seu segmento têm liderado o mercado ao longo dos anos, com uma relação preço/qualidade/desempenho  que as têm tornado em referências.

No entanto, quer por necessidade renovação do próprio modelo, quer pela necessidade de ajustar emissões às exigências do Euro 5 a NC750 vai ter que evoluir e aquilo que temos vindo a assistir em termos de se conseguir manter o desempenho inalterado baixando o nível de emissões é precisamente através do aumento de cilindrada e alguns ajustes em termos de admissão e escape, coma adopção de catalisadores mais eficientes.

Motor NC850 2021

Não esqueçamos que a actual NC750 data já de 2014 e que sucedeu ao anterior modelo NC700 que montava um motor bicilíndrico de 670cc.  parece ser, de acordo com os desenhos de patentes registadas pela marca e agora revelados que a evolução de cilindrada será para os 850cc mas o motor não é uma evolução do actual mas sim um motor totalmente novo, com menos partes móveis e mais compacto e certamente mais eficiente para se ajustar às normas definidas no Euro5.

Queremos também acreditar que a Honda não irá querer abandonar o actual conceito da NC750 com a sua nova versão com motor de 850cc e que irá manter o binómio que reúne acessibilidade em termos de preço e economia em termos de consumos.

Actual Honda NC750 de 2020

As diferenças entre os dois motores são evidentes, como podemos comprovar nos desenhos revelados, assim como a sua colocação nos respectivos quadros, pensamos mesmo que haverá uma evolução em termos do próprio chassi.

Honda NC850 de 2021

Graças à menor dimensão do novo motor, mais compacto por força da adopção de um sistema de distribuição Unicam, SOHC, que permite acionar as 4 válvulas por cilindro apenas com uma árvore de cames, conseguindo-se assim obter mais espaço disponível, realidade que poderá ser um factor a favor da utilização do mesmo em outros modelos da marca como a X-ADV ou a Integra, para além da mais óbvia, que será a versão X, a Maxitrail de média cilindrada mais vendida no nosso mercado.

Motor NC850 Unicam

Ora esta evolução leva-nos a pensar que não será apenas o modelo NC750 a ganhar um sucessor e que a nova plataforma NC850 irá ser também adoptada em outros modelos da gama Honda.  Aquela que é a mais evidente será como já comentámos a NC850X e tudo leva a crer que a mesma poderá ter uma orientação mais polivalente tal como vimos acontecer na CB500X , passando a montar roda de 19” na dianteira. Corre o rumor sobre o aparecimento de uma nova Transalp ( em conceito pelo menos ) que poderá vir a ser precisamente a nova NC850X ou desdobrar este modelo em duas versões, uma mais estradista e outra mais offroad, com maior curso de suspensões e rodas raiadas.

Outro modelo que poderá beneficiar da motorização NC850 será a Honda X-ADV e a Integra caso não venha a ser descontinuada a favor da primeira, ganhando assim um motor com mais potência e uma melhor resposta em todos os regimes, realidade que o mercado tem vindo a desejar.

Quanto a uma nova Africa Twin de menor cilindrada pensamos que este motor e este chassi não se enquadram numa hipotética Africa Twin de menor cilindrada e que não iremos ver ainda em 2021 uma versão mais acessível da actual Africa Twin 1100 para se bater com as actuais Yamaha Ténéré 700 e KTM 790 Adventure.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!