Honda – Nova PCX 125 ganha em maturidade, espaço e conforto

By on 11 Novembro, 2020

O ESTILO DA POPULAR E UTILITÁRIA PCX125 EVOLUIU PARA UMA FORMA MAIS MADURA E ACUTILANTE EM 2021. O NOVO MOTOR ESP+ DE QUATRO VÁLVULAS TEM AGORA A HOMOLOGAÇÃO EURO5 E O SISTEMA DE CONTROLO DE TRAÇÃO SELECIONÁVEL (HSTC) DA HONDA. SOB O ASSENTO EXISTE MAIS ESPAÇO, CONTANDO O QUADRO REDESENHADO COM UMA SUSPENSÃO TRASEIRA DE MAIOR CURSO E PNEUS DE MAIORES DIMENSÕES.

Falando na PCX125, é impensável não referir o enorme êxito que esta scooter utilitária teve no mercado desde o seu aparecimento em 2010, refletido nas vendas acumuladas superiores a 140.000 unidades na Europa – uma das maiores histórias de sucesso da gama de veículos de duas rodas da Honda.

Contributo imprescendível para esse sucesso é o nível “X” de Conforto Pessoal (palavras que compõem a sigla PCX – “X” – fornecido pela posição de condução confortável, pela proteção contra os elementos atmosféricos, pelo espaço debaixo do banco suficiente para um capacete integral e pela fantástica qualidade de construção. E também a excelente relação preço/qualidade (tanto em termos de aquisição, como de propriedade), desde sempre ajudou a sustentar a sua enorme popularidade.

O QUE MUDA NA HONDA PCX 125

A nova PCX125 parece mais madura, mais ousada e mais acutilante que no passado. A componente ciclística tem espaço extra sob o assento, um estrado mais amplo e uma ficha USB do tipo C no porta-luvas. O novo painel de instrumentos “widescreen” apresenta todas as informações vitais e a ignição e o banco são agora compatíveis com o sistema Honda Smart key.

O motor eSP+ (enhanced Smart Power Plus) também foi renovado. Esta unidade tem 4 válvulas, debita mais potência e binário, e está equipada com o sistema HSTC de controlo de tração selecionável da Honda. O motor está montado num quadro redesenhado em tubos de aço, enquanto os dois amortecedores traseiros têm mais curso e os dois pneus estão agora mais largos. O objetivo destas alterações foi não só atualizar ao de leve a imagem da PCX como ainda contribuir para uma condução com superior conforto.

ESTÉTICA AMADURECIDA

O design da PCX125 sempre foi uma das suas características específicas – graças ao seu carácter de linhas fortes e cor que formam um todo, que flui da frente para trás. Na nova PCX este tema encontra continuidade, só que agora de uma forma mais evidente e arrojada, mantendo-se o estilo futurista que vem dos primeiros tempos.

A iluminação integral de LEDs também destaca a PCX do resto e dá-lhe um toque premium com um farol dianteiro novo e a luz traseira em X que complementa o design com uma tecnologia multi-ótica de efeito 3D intenso.

Todas as linhas e ângulos foram redesenhados com subtileza. A carenagem dianteira é ostensiva na parte superior mas arredonda elegantemente na parte da cintura – juntamente com o para-brisas ligeiramente mais escuro e maior, a nova carenagem oferece maior proteção sem ser demasiado volumosa.

O banco tem contornos à medida do condutor e passageiro para uma fácil ergonomia e a altura do assento manteve-se nos 765 mm para se chegar bem com os pés ao solo. Há ainda mais 300 mm de ambos os lados da plataforma para colocação dos pés.  

Debaixo do banco há mais 2,4 litros subindo o volume total para 30,4 litros – perfeito para um capacete integral e alho mais. No porta luvas encontramos uma ficha USB do tipo C, a qual permite ligar um smartphone ou um outro dispositivo móvel compatível. A tampa de enchimento do depósito de combustível também foi redesenhada.

MOTOR REVISTO A 100%

O novo motor eSP+ (enhanced Smart Power Plus) SOHC de quatro válvulas e refrigeração líquida da PCX125 debita uma potência de 12.3 CV (9,2 kW) às 8.750 rpm e 11,8 Nm de binário às 6.500 rpm. Para este motor a Honda anuncia consumos na ordem dos 2,10 l/100 km, devendo com o depósito de 8,1 litros a PCX chegar a uma autonomia de cerca de 385 km entre abastecimentos.

Do ponto de vista da construção, o novo motor apresenta um curso de piston mais curto, que não só deixa espaço para as duas válvulas extra, como também reduz ligeiramente o atrito. Uma tecnologia adicional – nova na PCX – para aumentar a confiança do condutor em condições de chuva é o sistema de controlo de tração variável (HSTC), o qual funciona em segundo plano gerindo subtilmente a tração da roda traseira. Há um indicador “T” que pisca no painel de instrumentos quando o sistema HSTC está a reduzir ativamente a patinagem da roda – sendo possível desligar completamente este sistema.

A câmara de combustão é compacta e o sistema de injeção PGM-FI – com corpo de aceleração de 28 mm de diâmetro, 2 mm maior – otimizam a velocidade da combustão e o arrefecimento do motor. Um novo tensor hidráulico da corrente da distribuição melhora ainda mais a eficiência do motor, reduzindo as vibrações internas e melhorando a economia de combustível.

Um curiosidade, os novos injetores de óleo para o pistão – tal como a moto de MX de competição CRF450R – que mantêm um arrefecimento constante. Desta forma, pode-se avançar a ignição e evitar anomalias na combustão, por exemplo, a detonação ou o “grilar” do motor. O radiador de alta eficácia – integrado na parte exterior do lado direito do bloco do motor – usa uma ventoinha pequena e de baixo peso, reduzindo ainda mais as perdas por atrito e os consumos de energia. A embraiagem otimizada – tal como as polias – complementam as melhorias e o aumento nas performances.

Mantem-se na PCX 125 o famoso sistema Idling Stop que pára automaticamente o motor após três segundos de funcionamento ao ralenti com a scooter parada e os travões aplicados; quando se roda o punho do acelerador, o motor arranca outra vez. Há ainda mudanças nas tampas do motor e no desenho do braço oscilante que complementam o novo estilo. As revisões na estrutura interna do silenciador e o reposicionamento do catalisador melhoraram o desempenho de purificação dos gases do escape, ajudando a conseguir a homologação EURO5.

CÍCLISTICA E EQUIPAMENTO

A nova PCX125 tem um quadro tipo berço duplex em aço, tendo o mesmo sido redesenhado e concebido para oferecer a durabilidade necessária para os rigores da vida urbana, mas sem perder a capacidade de manobra na cidade pela qual a PCX sempre foi famosa.  O peso em ordem de marcha é de apenas 130 kg e as duas jantes têm um design novo; a roda traseira diminuiu 1 polegada para um total 13’, os pneus são mais largos, 110/70-14 à frente e 130/70-13 atrás (antes, 100/80-14 e 120/70-14, respetivamente).

A forquilha dianteira de 31 mm, com o seu curso de eixo de 89 mm permaneceu inalterada, mas os amortecedores traseiros têm mais 10 mm de curso; as molas também são mais rijas, para uma condução mais confortável nas ruas irregulares das cidades. O travão dianteiro tem um disco de 220 mm e uma pinça de dois êmbolos e é complementado por um travão traseiro de tambor com 130 mm. O ABS de um canal atua unicamente no travão dianteiro.

Para a nova PCX 125 está disponível toda uma gama completa de acessórios genuínos, incluindo um pára-brisas e uma top case Smart de 35 L.

DISPONIBILIDADE, CORES E PREÇO

O início da comercialização da nova PCX 125 está previsto pela Honda para o 1º trimestre de 2021. As cores disponíveis são Cinzento Metalizado Mate Dim (nova cor), Branco Pérola Jasmine, Vermelho Candy Luster e Preto Metalizado Mate Galaxy. Quanto a preços, o fabricante vai anunciar oportunamente os valores.

FICHA TÉCNICA

HONDA PCX 125 2021

MOTOR 
TipoMonocilíndrico eSP+, 4 tempos, SOHC, 4 válvulas, refrigerado por líquido
Cilindrada125 cm³
Diâmetro x Curso53,5 x 55,5 mm
Relação de compressão11,5 : 1
Potência máxima9,2kW às 8.750 rpm
Binário máximo11,8 N·m às 6.500 rpm
Capacidade de óleo0,9 litros
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 
AlimentaçãoInjeção eletrónica de combustível PGM-FI
Capacidade do depósito de combustível8,1 litros
Consumos2,10 l/100 km (47,6 km/l) (sem Idling Stop) (em modo WMTC)
SISTEMA ELÉTRICO 
ArranqueElétrico
Capacidade da bateria12 V/7 AH (10H)
Potência do alternador255 W
TRANSMISSÃO 
Tipo de embraiagemEmbraiagem automática, centrífuga, a seco
Tipo de caixaV-Matic
Relação de transmissão final10,65
QUADRO 
TipoDuplex de tubos de aço
CICLÍSTICA 
Dimensões (C x L x A)1.935 x 740 x 1.105 mm
Distância entre eixos1.315 mm
Ângulo da coluna da direção26° 30’
Eixo de arraste (trail)80 mm
Altura do banco764 mm
Altura ao Solo135 mm
Peso em ordem de marcha130 kg
SUSPENSÃO 
DianteiraForquilha telescópica de 31 mm de diâmetro e 89 mm de deslocamento do eixo
TraseiraDuplo amortecedor com braço oscilante em alumínio, 95 mm de deslocamento do eixo
JANTES 
DianteiraAlumínio fundido, 5 raios, formato em Y
TraseiraAlumínio fundido, 5 raios, formato em Y
Dimensão da jante dianteira14M/C x MT2,75
Dimensão da jante traseira13M/C x MT3,50
Pneu dianteiro110/70-14M/C
Pneu traseiro130/70-13M/C
TRAVÕES 
DianteiraHidráulico, disco de 220 mm com pinça combinada de 2 êmbolos e ABS
TraseiraTambor de 130 mm
INSTRUMENTOS E SISTEMA ELÉTRICO 
FarolLEDs
FarolimLEDs
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x