Husqvarna Vektorr Concept: Vem aí a mudança!

By on 5 Julho, 2021

A Husqvarna, uma icónica marca que foi outrora 100% sueca, passou a fazer parte do grupo austríaco KTM, e desde então, a entrada no segmento das duas rodas elétricas foi assumida como prioridade.

Surpresa, ou quase, o protótipo Husqvarna Vektorr, nada mais é do que uma scooter elétrica. O caminho para a eletrificação no Grupo KTM passa também pela marca Husqvarna. De fato, o grupo austríaco revelou recentemente o protótipo E-Pilen, uma roadster 100% elétrica que usa os recursos dos modelos Pilen da Husqvarna.

A Vektorr surge na sequência da E-Pilen, a primeira moto elétrica apresentada. O novo protótipo mostra uma linha realmente interessante, com um design puro e uma qualidade que parece alta. E isto significa que a Husqvarna não tirará o pé do acelerador no caminho para a mobilidade elétrica! Um caminho lógico, tendo em conta o peso de mercado que as scooter têm para vingarem nas vias estreitas e urbanas da velha Europa.

Assim, sem surpresa vimos a Husqvarna anunciar mudança para a eletrificação com uma gama completa, mas orientada para a estrada. Uma moto, uma scooter como esta, e até uma trotinete… Sempre que um comprador da scooter movida a bateria, de repente sente necessidade de mudar para uma moto ou scooter, ele pode sempre pensar em ficar com uma Husqvarna. Isto faz todo o sentido.

A scooter Vektorr é um protótipo, mas é anunciada como muito próxima da versão de produção. A linha é coerente, fluida e bastante elegante. Sabemos pouco mais do que isto sobre o nível técnico: uma velocidade máxima de 45 km / h (portanto equivalente a 50 cm3) e um alcance de 95 km. Nada de revolucionário então… mas o que se precisa para a circulação urbana. Resta então saber qual o tempo de carregamento da Vekttor (nome bem nórdico) para ver se a Husqvarna inova ou não.

Ainda não há nenhuma indicação de preço, ou data real de distribuição, mas todos sabemos que as surpresas agora acontecem a todo o momento, não se centrando como antes nos principais certames internacionais. A pandemia mudou esse cenário!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments