Malas para motos – Qual a melhor solução?

By on 30 Novembro, 2020

AS MALAS PARA MOTOS SÃO UMA DAS MELHORES OPÇÕES PARA TRANSPORTAR BAGAGEM. MAS SABE QUAL MELHOR SE ADAPTA À SUA MOTO, SEM AFECTAR A SUA CONDUÇÃO E CONFORTO? ANALISEMOS OS QUATRO TIPOS DE MALAS E ALFORJES EXISTENTES NO MERCADO.

As malas laterais tornam-se uma opção a ter em conta sempre que quisermos levar bagagem na moto. São de grande ajuda quando viajamos de moto, pois aumentam a capacidade de carga de uma forma fácil, rápida e segura, e quase sempre sem afetar o equilíbrio da moto como sucedia nos primeiros tempos. Hoje existem malas de muitos géneros e praticamente para todos os tipos de motos por forma a aumentar a capacidade de carga e transporte: malas laterais ou alforjes, as praticas top-case para colocar no rack traseiro, bolsas ou malas de depósito (muito usado em motos desportivas) ou no assento traseiro, para o caso de viajar sem ‘pendura’. Os materiais variam entre têxteis, couro, plástico e alumínio.

A última decisão é sempre sua, mas aqui ficam algumas sugestões para poder viajar com muitas ou pouca bagagem sem que isso afete a sua condução e conforto sobre a moto.

O primeiro dilema: Original ou não original?

Essa é uma questão que se coloca desde a primeira hora:

  • Deverei ou não , escolher malas laterais da própria marca da moto, normalmente constantes do catálogo de acessórios?

Hoje, quase todas as marcas oferecem alguma opção de bagagem na lista de acessórios para a sua moto. Devemos contudo lembrar-lhe, que as opções originais que a marca oferece específicos para a sua moto, normalmente não são fabricados pela própria marca, mas sim por uma marca de acessórios independente que as desenvolve especificamente para um determinado modelo, ainda que as referidas malas levem o logotipo da marca da sua moto. Ou seja, a sua qualidade não é necessariamente superior a algumas malas genéricas que você compra numa loja de equipamentos para moto, porque muito provavelmente se trata do mesmo fabricante.

No entanto, se optar por malas originais da marca da sua moto tem certas vantagens em relação às malas genéricas. Para começar, são malas projetadas especificamente para o modelo da sua moto, portanto, serão muito mais integradas do que qualquer outra. Os encaixes das malas na moto costumam ser muito mais discretas, e esteticamente o conjunto faz muito mais sucesso, com linhas que seguem a harmonia da moto. Além disso, em muitos casos, as malas originais são pintadas da mesma cor da moto causando uma aparência ainda melhor. Além disso, a fechadura das mesmas normalmente compartilha a chave com a ignição da moto, por isso acabam por ser também mais práticas.

Mas também existem desvantagens. Normalmente essa exclusividade torna as malas originais sempre mais caras do que as malas genéricas. Então, se quiser economizar uns bons tostões, pense que umas malas da indústria paralela também podem ser uma ideia conveniente. Os padrões de qualidade são tão altos como uma mala original, embora a combinação estética não seja tão conseguida. Apesar de tudo, convém sempre ver consultar catálogo de acessórios da sua moto, comparando preços e a estética.  

Tipos de malas laterais

Todos concordamos que uma moto do tipo custom não é o mesmo que uma naked, uma adventure ou uma grande-turismo. Por isso, como existem diversos tipos de motos no mercado, também encontramos diferentes tipos de malas, pois cada uma se destina a um determinado uso e segue um determinado perfil. Desta forma, podemos diferenciar quatro tipos de malas básicas, duas delas serão malas macias, como os alforjes têxteis ou em pele, e as outras duas serão malas rígidas, de plástico ou de alumínio.

1 – Alforjes têxteis

Os alforjes macios são uma boa opção para transportar bagagens na moto. Geralmente são feitos de materiais têxteis, como Cordura ou outros tecidos de neilon de alta resistência. São leves, fixam-se à moto com correias e velcro, adaptam-se bem à moto e não ocupam muito espaço. Ao escolher alguns destes alforjes, deve-se sempre levar em consideração a sua impermeabilidade.

Têm a desvantagem de não ter um cadeado seguro, por isso teremos que adquirir algum cadeado e ter cuidado ao nos afastarmos muito da moto. Existem diferentes capacidades e formatos, mas geralmente não atingem o volume de malas rígidas. Isso é bom se o que queremos é algo discreto e compacto, mas não servirá se o que procuramos é uma grande capacidade de carga. Normalmente são muito apreciadas em motos naked, mas devido à sua fácil adaptação também estejam a ganhar terreno no segmento de motos de aventura.

2 – Alforjes de couro

É raro encontrar alforjes em pele, ou de couro, sem ser numa moto personalizada do tipo custom ou mesmo numa café racer. O seu papel estético é importante e o seu design geralmente é cuidado ao máximo, podendo às vezes incluir franjas. É uma questão de gosto. Como os têxteis, são alforjes leves e não costumam incorporar fechaduras próprias – é aconselhável vigiá-los caso nos afastemos da moto ou mesmo retirá-los da moto e levá-los connosco no caso da moto ir ficar estacionada um dia inteiro enquanto vamos para o nosso trabalho – até porque são normalmente caras! Também por serem de couro, costumam ser mais delicados que os têxteis e a sua manutenção requer cuidados específicos – como regularmente serem engraxados.

É necessário levar ainda em consideração a sua impermeabilidade. Alguns fabricantes oferecem alforjes de couro que incluem outros materiais, optando por bases mais rígidas e armações feitas de materiais plásticos e capas de couro para finalizar o conjunto. Ultimamente também podemos vê-los em motos vintage, Café Racer ou Scrambler.

3 – Malas plásticas

Se procuramos uma boa capacidade de carga, tanto as malas de plástico rígido como as de alumínio são, sem dúvida, a melhor opção. Entre os plásticos, geralmente encontramos principalmente caixas de ABS (‘Acrilonitrila Butadieno Estireno’, ‘Acrilonitrila Butadieno Estireno’ em inglês), que têm um bom compromisso entre resistência, firmeza e leveza.

Existem vários modelos e tamanhos. Usam suportes de metal para ancorar na moto e têm uma trava, de modo a proporcionar mais tranquilidade quando nos afastamos da moto. Muitas marcas de motos oferecem-nas como equipamento original, mas as marcas da indústria auxiliar oferecem uma ampla gama de opções adaptáveis ​​à maioria das motos do mercado. São à prova d’água e, em muitos casos, costumam ter uma top case traseira correspondente.

4 – Malas de alumínio

As malas de alumínio, devido à sua resistência e funcionalidade, são geralmente as preferidas nas motos da tipologia Adventure. Esteticamente parecem gritar “Aventura!”. Servem tanto para viajar como para ir comprar pão ou até fazer compra ao supermercado. São malas de grande capacidade, com fechadura, firmes e prontas para receber pancadas, pois antes de partirem tendem a amassar, podendo ser reparadas com alguma facilidade.

Estas malas são geralmente as mais volumosas de todas, não muito aerodinâmicas e de formato retangular, portanto, numa longa viagem de aventura, podemos retirá-las para nos servir de assento e descansar numa paragem demorada. Por ter uma superfície plana é fácil usar a sua parte superior para ampliar a capacidade de carga, se quisermos colocar uma bolsa na sua tampa. Podem encontra-las como equipamento original em diferentes modelos de motos de aventura, mas também como opções no catálogo de acessórios.

Por hábito o preço de umas malas de alumínio não é dos mais apretecíveis, mas são das malas de motos mais completas e com maior capacidade de carga, para além da sua inegável resistência.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x