Melhor Moto 2020 – Eléctrica, conheça os nomeados e vote já!

By on 26 Dezembro, 2020

Para Votar Clique AQUI

O futuro já chegou. As marcas estão atentas à evolução do mercado das motos eléctricas e aos poucos, vão fazendo a sua aposta no desenvolvimento de novos conceitos.  A redução da pegada ecológica não tem de ser sinónimo de máquinas aborrecidas e sem entusiasmo, muito pelo contrário. Há medida que a tecnologia avança, o potencial desportivo dos motores eléctricos é amplificado a cada novo modelo, na busca eterna da perfeição em duas rodas…desta vez alimentadas por electrões em vez de explosões.

A Harley Davidson LiveWire, a Energica Eva Ribelle e a Zero SR/S são as nomeadas para Melhor Moto 2020 na categoria Eléctricas

Harley Davidson Livewire

Poucos poderiam adivinhar que a primeira grande construtora a apostar na produção de uma moto eléctrica à escala planetária seria a Harley Davidson. Uma marca forjada no aço. O seu motor é um poço de força instantânea que, abraçado pelo quadro em alumínio, é colocado longitudinalmente para favorecer um baixo centro de gravidade. A Livewire comporta-se como uma naked desportiva, e até o seu som característico puxa por um novo entusiasmo, onde as prestações correspondem. Com 235km de autonomia em ambiente urbano, a Harley Davidson Livewire é a prova de que o futuro já chegou às grandes marcas. E até já levou viajantes famosos a subir as Américas!

Preço: 34 500€ ; Binário: 117Nm ; Peso: 251 kg

Energica Eva Ribelle

Aproveitando a sua experiência no campeonato do mundo de MotoE, a marca italiana deu um salto qualitativo para 2020 com a apresentação das suas novas baterias com maior capacidade. Um dos modelos a beneficiar desta evolução foi a recém criada Eva Ribelle, uma naked desportiva com fortes argumentos dinâmicos. Com autonomia para 230 km em percurso misto e carregamento rápido, as sensações derivadas do elevado binário são dignas de nota. As suspensões Ohlins e os Brembo têm um trabalho extra para aguentar as apetências desportivas deste modelo. A Energica Eva Ribelle consegue acompanhar facilmente uma power cruiser sem sentir inibida por não utilizar gasolina.

Preço: Sob Consulta; Binário: 215Nm ; Peso: 270kg

Zero SR/S

A marca Zero (vinda da Califórnia) tem criado modelos muito interessantes. Para 2020, apresenta-nos a SR/S, com um feeling muito associado ao sport touring (muito graças à sua posição de condução), suspensões Showa e IMU Bosh, os seus 160 km de autonomia em percurso misto associados a um chassis bastante responsivo, fazem dela muito mais que um zumbido na paisagem. A travagem regenerativa e um simpático espaço de arrumação no lugar do depósito aumentam a sua praticalidade. A Zero SR/S mostra-nos uma clara evolução nos modelos da marca americana.

Preço: Sob Consulta ; Binário: 190 Nm; Peso: 235 kg

 

Clique AQUI para fazer a sua votação!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x