Moto Guzzi ‘Classic 992’ – Uma nova reinterpretação da Guzzi Le Mans I

By on 12 Abril, 2021

Os irmãos Guareschi estão a converter uma Guzzi Le Mans I para ser apresentada no aniversário do Centenário da Moto Guzzi. A distinta ‘Classic 992’ promete dar que falar, pelo menos entre os fãs da marca de Mandello.

Como já devem saber, a Moto Guzzi está a completar 100 anos e a empresa Guareschi Moto também faz 48 anos em 2021 ao serviço da marca da águia. A Moto Guareschi não é apenas um revendedor da célebre Casa italiana, procurando sempre atribuir uma maior dinâmica e performance às motos do fabricante. Os filhos do fundador Claudio dirigem a empresa desde 2013. Gianfranco e Vittoriano reconstruíram uma Le Mans I em memória do seu falecido pai, e também para celebrar o centenário da Guzzi.

O LENDÁRIO MOTOR GUZZI

Os dois irmãos pegaram no motor de uma Guzzi Le Mans I de 1976, reviram-no  completamente e implantaram peças de alta performance aqui e ali. Com novos pistões forjados em hastes de conexão da Carillo e cilindros correspondentes, o V-twin atinge exatamente 992cc de cilindrada com um curso de 78 milímetros – exatamente mais 147cc do que o cilindro original. 

Para suportar o superior desempenho foi ainda acrescentado um novo eixo mais robusto, que é impulsionado por uma cambota mais leve e equilibrada. A força gerada passa agora através de uma caixa de velocidades e pela transmissão composta por um cardã da CARC. 

O magnífico motor Guzzi é alimentado por carburadores clássicos da Dell’Orto com um diâmetro de 40 milímetros. 

QUADRO ADAPTADO À CLASSIC 992

Desde 2019, os irmãos Guareschi oferecem um kit especial de quadro para as modernas Moto Guzzi. A estrutura de ponte no tubo de aço que suporta o motor permite economizar sete quilos de peso nos motores modernos. Isso não é estaticamente possível com o antigo V-Twin, portanto, o quadro Varano da Guareschi teve de ser adaptado especialmente, ficando um pouco mais longo até ao compacto e leve monobraço oscilante. Nesse ponto, foi acoplado em posição central o mono-amortecedor Öhlins TTX. Á frente o amortecimento é garantido por uma forquilha FGRT invertida, também da suéca Öhlins. Para a travagem não faltam as pinças Brembo de montagem radial para manter a moto sob controle.

No quadro adaptado Gianfranco e Vittoriano usaram um volumoso depósito de alumínio angular, no qual se encaixa o sub-quadro traseiro feito do mesmo material. Finalmente, os dois irmãos construiram um novo suporte para o farol de LED, também em tubos de alumínio. 

O melhor de tudo é que a Classic 992 ainda não está terminada. A ponte de garfo superior, bem como o cockpit ainda estão completamente ausentes e o alumínio ainda precisa de muita espátula, enchimento e verniz, a parte elétrica ainda está por completar. Só nos Dias MotoGuzzi a Classic 992 vai surgir completa e terminada. O melhor fica para o fim!

CONCLUSÃO

Grandiosa, meio acabada, para um evento que ainda não se sabe sequer se vai existir – devido as restrições impostas pela Covid19 – esta moto reconstruída a partir de uma icónica Guzzi Le Mans I está a gerar grande entusiasmo no ‘clã’ Guareschi. A Classic 992 promete dar que falar… antes ainda de estar acabada!  

O MODELO ORIGINAL DA MOTO GUZZI LE MANS MARK I DE 1976

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x