MV Agusta Turismo Veloce 800 melhorada no conforto e eletrónica

By on 14 Abril, 2021

A conhecida crossover de Varese adopta os rigorosos regulamentos da Euro 5 para 2021, mas não perde nem um dos seus 110 cv. Evolui o pacote eletrónico e também o conforto, com uma atualização estética ligeira mas útil. 

Apenas uma semana depois de actualizações semelhantes na gama retro-desportiva da Superveloce, e das já conhecidas atualizações nas naked Brutale 800 RR, a MV Agusta apresentou hoje as mudanças na gama Turismo Veloce que conta com 4 variantes – Lusso, Lusso SCS, Rosso e RC SCS – todas alimentados pelo conhecido motor de três cilindros e 798cc, finalmente adaptado ao Euro 5.

MOTOR EURO 5 E CAIXA DE VELOCIDADES REVISTA

Para além de revelar emissões mais baixas de dióxido de carbono e ser mais amigável para o planeta, o motor triplo de 110 cv assinala um aumento de binário de 12%, de 3000 para as 6000 rpm, graças às novas trombetas de admissão. Novas relações de transmissão também tornam a moto menos reversível, por forma a reduzir os consumos, para além do trabalho feito internamente para reduzir a fricção. Outras alterações incluem o redesenhado sistema de escape, componentes revistos da embraiagem e da caixa de velocidades para a promessa de se conseguirem “passagens de caixa mais confortáveis”. A forma como estas mudanças de velocidades são alteradas, embora variem de acordo com o modelo – as Veloce Lusso SCS e RC SCS tem este “Sistema de Embraiagem Inteligente” desenvolvido com a Rekluse – eliminam a necessidade de engatar a alavanca esquerda da embraiagem.

Outras alterações incidiram no painel de instrumentos, já de si muito completo no anterior modelo mas que nesta versão de 2021 surge com um ecrã mais alto e mais largo, e também mais resistente. 

CONFORTO E NOVA GESTÃO ELETRÓNICA

A secção central do quadro também foi trabalhada por forma a reduzir em cerca de 20 mm  a altura do assento. A almofada de espuma  é agora mais espessa para maior conforto. A suspensão semi-activa Sachs é alegadamente mais precisa, graças a ajustes revistos, alteração que está disponível em todos os modelos, excepto no modelo Rosso mais barato, que conta com monoamortecer Sachs convencional e de ajuste manual a par da forquilha dianteira Marzocchi com barras de 43 mm.

Além disto a gama Turismo Veloce também foi alvo de uma grande revisão electrónica, com um novo desbloqueio do ECU a exigir uma melhor resposta do acelerador e uma nova IMU que permite um nível mais refinado de controlo de tracção – sensível à inclinação e do ABS. A gestão da electrónica e os mapas de aceleração são inspirados nos mesmo da  nova Brutale MV 1000RR, podendo ser emparelhados com um telemóvel através da aplicação da marca, MV Ride.

Para a máxima segurança, a Turismo Veloce Lusso, Lusso SCS e RC SCS também dispõem de um sistema integrado de satélite anti-roubo, que utiliza uma aplicação para localizar a moto. 

FICHA TÉCNICA

MV Agusta Turismo Veloce Lusso SCS

MOTOR

Tipo: 3 cilindros a quatro tempos com refrigeração separada de água e óleo  

Distribuição: 4 válvulas por cilindros (12 V), duas árvores de cames DOHC com tensor mecânico de corrente e touches DLC

Cilindrada: 798 cc

Taxa de compressão: 12.3:1

Arranque: eléctrico

Diâmetro x curso: 79 mm x 54,3 mm 

Potência máxima: 81 kW (110 CV) às 22.150 r.p.m.

Binário máximo: 80 Nm (8,16 kgm) às 19.100 r.p.m.

Alimentação: Sistema de injecção MVICS 2.1 (Motor & Vehicle Integrated Control System) com três injectores. Unidade de controlo do motor Eldor Nemo 2.1, corpo do acelerador de arame Mikuni, bobina de lápis com tecnologia de sensoriamento de íons, controlo de detonação e falha de ignição. Controlo de binário com quatro mapas. Controlo de tracção com oito níveis de intervenção com sensor de ângulo inclinado

Padrão ambiental: Euro 5

Emissões de CO2: 128 g/km

TRANSMISSÃO

Caixa: 6 velocidades do tipo cassete + Quich Shift (Mudanças rápidas electrónicas MV EAS 3.0 de dois sentidos) 

Embraiagem: multi-disco com embraiagem deslizante

Transmissão final: por corrente selada

CICLÍSTICA 

Quadro: tipo treliça tubular em aço ALS 

Amortecimento (Fr./Tr.): forquilha telescópica Sachs invertida (USD) semi-activa com barras de 43 mm e MVCSC (MV Agusta Chassis Stability Control); curso de 160 mm / monoamortecedor Sachs progressivo, semi-activo com MVCSC regulável em pré-carga no hidráulico

Braço oscilante: construido em liga de alumínio com um só braço 

Travagem (Fr./Tr.): Discos flutuante duplo com Ø 320 mm de diâmetro, assistido por uma pinça Brembo radial de 4 pistões / Disco único de Ø 220 mm, assistido por uma pinça Brembo com 2 pistões + ABS Continental MK100 com RLM (Rear Wheel Lift-up Mitigation) e com função de curva

DIMENSÕES E CAPACIDADES

Comprimento total: 2,125 mm 

Largura total: 910 mm 

Altura do assento: 830 mm

Distância entre eixos: 1,445 mm

Distância mínima ao solo: 140 mm 

Rodas e pneus (Fr./Tr.): aros em liga de alumínio nas medidas 3,50″ x 17″ e 6,00″ x 17″, pneus 120/70 – ZR 17 M/C (58 W) / 190/55 – ZR 17 M/C (75 W)

Capacidade do depósito de combustível: 21,5 litros

Peso seco: 199 kg 

CONSUMOS E PERFORMANCES

Consumo médio: 5,5 l/100 km

Velocidade máxima: 230 km/h 

PREÇOS 

A partir de 21.600€ (modelo base)

Garantia: 3 anos sem limite de quilometragem

GALERIA DE IMAGENS

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments