Nova Honda CRF 300 L, a ‘faz-tudo’ perfeita

By on 1 Dezembro, 2020

A POPULAR ‘DUPLA PROPOSTA’ DA HONDA, A CFR 250 ASSUME PARA 2021 A DESIGNAÇÃO CRF 300 L, CONTANDO COM MAIOR CILINDRADA E EVOLUINDO NA CICLÍSTICA (MAIS LEVE 4 KG), POSIÇÃO DE CONDUÇÃO, MOTOR E EQUIPAMENTO. ESTÁ AGORA AINDA MAIS PERFEITA PARA REPARTIR A CONDUÇÃO DIÁRIA COM OS TRILHOS FORA-DE-ESTRADA. 

Até hoje, a CRF250L provou ter uma plataforma muito frutífera que, para além de originar uma versão RALLY, desfruta de um sucesso de vendas consistente em todo o mundo. No entanto, o tempo passa e agora chega a nova CRF300L de 2021 – mais leve, mais potente e com uma série de melhorias de pormenor. É exatamente a moto “faz tudo” e dual-purpose que a CRF250L, só que numa forma ainda mais marcante.

A essência daquilo que compõe uma verdadeira moto ‘dual-purpose’ há muito tempo que faz parte do ADN da Honda. No final da década de 1970, era lançada a XL250S – uma moto que podia ser genuinamente usada na estrada e que oferecia performances excelentes em off-road. Toda a gama XL que se seguiu, tornou-se então uma lenda e provou que a combinação de um motor monocilíndrico a quatro tempos, económico e fácil de usar com uma componente ciclística competente criava uma moto útil, versátil e ao mesmo tempo divertida.

A longa história da empresa – na competição off-road e em motos off-road – revelou ser muito útil para o desenvolvimento deste tipo de modelo abrangente. Para os ambientes urbanos durante a semana, a moto teria de ser robusta e prática, mas com um estilo off-road e de “tecnologia de ponta” que permitisse ao fim de semana o condutor levá-la a qualquer terreno.

Com um motor potente e económico, mas também uma componente ciclística muito abrangente e capaz. O lançamento em 2012 da CRF250L demonstrou que os engenheiros da Honda acertaram em pleno na fórmula ‘dual purpose’.

MAIS CILINDRADA E POTÊNCIA

Agora com 286cc de cilindrada, o motor da nova CRF300L – já adaptado ao Euro 5 – produz mais 10% de potência de pico, 26,9 cavalos (20,1 kW) às 8.500 rpm e 18% mais de binário máximo que sobe agora a 26,6 Nm às 6.500 rpm. Para se atingirem esses valores a distribuição da admissão foi revista, juntamente com a admissão de ar e o sistema de escape, gerando essas alterações um binário e uma potência a média rotação muito mais fortes. Na transmissão as mudanças, entre 1ª e 5ª, são mais curtas, para melhores respostas, sendo a 6ª mais longa para se obterem velocidades de cruzeiro elevadas e mais descontraídas. Por último, o sistema de embraiagem assistida/deslizante gere melhor a roda traseira quando se engrena uma redução forte e reduz o esforço na manete em menos 20%.

Internamente o motor foi revisto ao nível do comando das válvulas, especificamente na admissão, por forma a aumentar as respostas a baixa e média rotação – precisamente a faixa mais usada na cidade ou em off-road – revisões complementadas pelo filtro de ar, pelo coletor de escape (660 g mais leve que o anterior), pelo silenciador e pela própria ignição, todos redesenhados. A vela de ignição é de irídio que, juntamente com a dosagem precisa do combustível pelo sistema de injeção PGM-FI, reduz ainda mais os consumos e diminui a pega ambiental da CRF.

O sistema de refrigeração usa um radiador de 12,7 kW de eficiência. Localizado à esquerda da moto e protegido por uma grelha de polipropileno defletida para melhorar o fluxo de ar, o sistema recorre a uma ventoinha delgada para manter em controlo a temperatura do motor a velocidades mais baixas, seja no meio do tráfego congestionado ou nas situações off-road mais complicadas. O motor da CRF300L tem homologação EURO5.

EMAGRECIMENTO DA CICLÍSTICA EM 4 KG

A parte ciclística melhorada apresenta um depósito e um banco mais estreitos, bem como um novo painel LCD positivo. A posição de condução também foi alterada para melhorar a já fantástica capacidade de manobra, um aspeto fundamental na condução off-road, mas com a mesma utilidade em cidade. Isto foi conseguido pela diminuição da largura (–30 mm) na trave principal e nas traves inferiores mais pequenas, estas com 25,4 mm de diâmetro (antes 28,6 mm) e pela redução de 20 mm na largura na trave de reforço central.

Como complemento, o braço oscilante em alumínio fundido de uma só peça não é apenas 550 g mais leve, apresenta também uma redução de 23% na rigidez lateral. Este componente é também 15 mm mais estreito logo atrás do ponto de pivot, usando um formato transversal suave para criar uniformidade na deflexão.

O quadro do tipo berço semi-duplo em aço é completamente novo e contribui com 2,15 kg para a perda de peso. Juntamente com o braço oscilante em alumínio e a forquilha, o novo quadro é o principal contribuinte para o aligeirar de 4 kg no peso da nova CRF 300. A moto apresenta ainda revisões no equilíbrio da rigidez, oferecendo melhor feedback e sensibilidade ao condutor; a geometria da direção foi reajustada e ambas a suspensões têm maior curso, o que resulta numa superior distância ao solo, que passou de 255 para 285 mm. O peso em ordem de marcha da nova CRF 300 é de 142 kg.

AMORTECIMENTO E TRAVAGEM

À frente, a forquilha invertida Showa de 43 mm ganha de 10 mm de curso, para 260 mm, com revisões ao nível da constante de elasticidade da mola e das configurações de amortecimento afim de oferecer um controle mais preciso ao longo de uma vasta gama de terrenos e velocidades. A suspensão traseira Pro-link apresenta agora um curso de eixo de 260 mm ( anteriormente era de apenas 240 mm) e funciona em conjunto com o amortecedor traseiro da Showa.

O travão dianteiro usa um único disco de 256 mm acionado por uma pinça de dois êmbolos; atrás, o disco é de 220 mm e a pinça só tem um êmbolo. Em comum com as CRFs de competição, a bomba principal é agora integrada e está mais leve. Os discos são ondulados – uma opção também retirada diretamente da CRF250R/CRF450R – com características excecionais em termos de autolimpeza em condições mais adversas. O ABS tem 2 canais e é de origem.

POSIÇÃO DE CONDUÇÃO E EQUIPAMENTO

Ainda mais inspirada nas CRFs de competição, a parte ciclística e o grafismo da CRF300L foram renovados. O depósito de 7,8 litros foi aligeirado em 190 g e é mais fino do que antes. Dessa forma o depósito pode ajustar-se melhor aos movimentos para a frente do condutor, também facilitado pelo banco dianteiro mais delgado. O suporte da chapa da matrícula também foi diminuído, oferecendo uma redução suplementar de 300g, enquanto que o guarda-lamas dianteiro, de formato agressivo, é também mais leve.

A posição de condução foi alterada, melhorando subtilmente a posição de condução. O guiador está ligeiramente mais atrás e os poisa-pés foram rebaixados e também recuados, facilitando a troca das mudanças com as botas pesadas de off-road. A altura do banco subiu 5 mm, agora 880 mm, formando com o condutor em pé, um triângulo muito natural. O descanso lateral também é novo, agora com mais 10% de área no seu pé.

O painel LCD foi redesenhado e é 70 g mais leve; esta unidade tem dígitos pretos e um fundo branco, numa configuração muito fácil de ler. Os números no velocímetro são também 6 mm maiores, agora 23 mm. As informações ao condutor incluem a indicação da mudança engrenada, os consumos instantâneo e médio, um cronómetro e um conta-rotações.

Os acessórios exclusivos para a CRF300L incluem uma top case de 38 litros, um suporte e fixações para o porta-bagagens traseiro, bem como uma proteção para o cárter do motor.

A cor disponível é o vermelho Honda. O preço de venda ao público e a data de comercialização serão anunciadas oportunamente pelo fabricante.

FICHA TÉCNICA

HONDA CRF 300 L 2021

MOTOR 
TipoMotor monocilíndrico, DOHC, arrefecido por água
Cilindrada (cm³)286 cm³
Nº de válvulas4
Diâmetro ´ Curso (mm)76,0 x 63,0
Relação de compressão10,7 : 1
Potência máxima20,1kW/8.500 rpm
Binário máximo26,6Nm·m/6.500 rpm
Capacidade de óleo1,8 litros
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 
AlimentaçãoInjeção eletrónica de combustível PGM-FI
Capacidade do depósito de combustível7,8 litros
Consumos3,09 l/100 km (32,3 km/l)
Emissões de CO2, WMTC73 g/km
SISTEMA ELÉTRICO 
Capacidade da bateria12 V-7 AH
TRANSMISSÃO 
Tipo de embraiagemEmbraiagem húmida, assistida/deslizante, discos múltiplos
Tipo de caixa6 velocidades
Relação de transmissão finalPor corrente
QUADRO 
TipoBerço semi-duplo, em aço
CICLÍSTICA 
Dimensões (C x L x A)2.230 x 820 x 1.200 mm
Distância entre eixos1.455 mm
Ângulo da coluna da direção27,5°
Eixo de arraste (trail)109 mm
Altura do banco880 mm
Altura ao solo285 mm
Peso em ordem de marcha142 kg
Raio de viragem2,3m
SUSPENSÃO 
DianteiraForquilha telescópica USD, 43 mm
TraseiraSistema Pro-link
JANTES 
Roda DianteiraAlumínio, de raios
Roda TraseiraAlumínio, de raios
Pneu dianteiro80/100-21M/C 51P
Pneu traseiro120/80-18M/C 62P
TRAVÕES 
Tipo de ABSABS de 2 canais
Travão dianteiroDisco de 256 x 3,5 mm com pinça de dois êmbolos
Travão traseiroDisco de 220 x 4,5 mm com pinça de um êmbolo
INSTRUMENTOS E SISTEMA ELÉTRICO 
InstrumentosLCD
FarolLâmpada
FarolimLâmpada

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x