Nova Honda XL750L Transalp para 2022?

By on 13 Setembro, 2021

Rumores com origem no Japão, apontam para o regresso em breve de dois nomes que dispensam apresentação.  Para os muitos que ainda se recordam do tremendo sucesso da Transalp e da Hornet, assim como para os mais recentes encartados, saibam que estes dois modelos podem em breve regressar ao mercado.

 A informação que recolhemos foi dada em primeira mãos pela publicação especializada Cycle World, e segundo a mesma, a Honda pode estar a trabalhar para reavivar dois nomes emblemáticos da marca. A Transalp e Hornet podem em breve regressar com dois novos motores paralelos.

Para a nova Transalp 750, a Honda provavelmente vai renunciar ao motor V2, adoptando um motor de cilindros paralelos como na Africa Twin

 Embora ainda não hajam fotos para comprovar estes rumores, há segundo esta publicação documentos da marca japonesa com esses dois nomes, a fim de garantir que a marca ainda tenha os direitos de usá-los. Em fevereiro e março de 2021, a Honda registou o nome Transalp em diversos países como Estados Unidos, Japão, Uruguai, Costa Rica, Nova Zelândia, Austrália, Tailândia, Singapura, Malásia e Filipinas, entre outros. Na União Europeia e no Reino Unido, o nome está registado até 2026, o que significa que um modelo com esse nome (Transalp) já pode ser lançado na grande maioria dos mercados mundiais.

Também para o nome Hornet, a Honda terá apresentado novos pedidos de uso, especificamente em motos para o Japão, Singapura, Nova Zelândia, Brasil, Coreia, Rússia e Tailândia e mantém os direitos do nome em outras áreas, como Reino Unido e União Europeia.

Embora o nome Hornet não tenha sido registado nos Estados Unidos , isso não surpreende visto que os modelos CB600F de quatro cilindros anteriores e a CB600S parcialmente carenada, não possuiam essa designação nos EUA.

TRANSALP 750

Embora em termos de cilindrada e layout, o motor paralelo de 755 cc com que estes modelos podem vir a ser equipados não esteja longe da unidade de 745 cc da NC750 atual, espera-se que seja um motor diferente, ajustado para um desempenho muito superior . Por esse motivo, acredita-se mais que esses novos motores possam ter a forma do motor paralelo de 1.084 cc da Africa Twin, tendo a futura  Transalp também a designação  XL750L e um aspeto exterior muito aproximado da Africa Twin.

Será assim uma proposta diferente das motos do passado com esse nome. Lembramos que a Transalp original e mais durável foi a XL600V de 1987 a 1999, com um V-twin de 50 cv e três válvulas por cilindro. Uma nova versão surgiu depois em 2000, munida com o V-Twin de 647cc da NT650. Antes da gama desaparecer há cerca de uma década, o último modelo surgiu em 2008, a XL700V Transalp, então equipada com o cilindro duplo de quatro válvulas da NT700V Deauville. De acordo com o que sabemos, a nova XL750L contará com motor de cilindros paralelos, muito mais leve e barato de construir do que um V-Twin, uma vez que tem menos componentes e os escapes e entradas de ar são mais fáceis de configurar. Com 755 cc, será uma clara rival para a Yamaha Ténéré 700 e Aprilia Tuareg 660 , ambas munidas de uma configuração de motor semelhante.

HORNET 750

Embora o seu nome evoque a lendária moto de quatro cilindros que carregava este título já em 1969, menos informações são conhecidas sobre como será a CB750S Hornet, especialmente em termos de estilo. Mas sabendo-se já que no final do ano, a Honda lançará a NT1100 como uma naked desportiva de estrada muito bem equipada , a CB750S pode muito bem seguir uma linha semelhante.

Não se sabe é ainda se as emblemáticas Transalp e Hornet vão surgir já em 2022, ou se teremos que esperar por até 2023 para vê-las, mas tendo em conta que o registo desses dois nomes ocorreu na mesma altura em que a marca japonesa solicitou os direitos da NT1100, talvez não tenhamos de esperar muito… Talvez até ao EICMA de Milão em novembro deste ano venhamos a saber mais pormenores sobre estes dois futuros modelos com nomes bem conhecidos.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments