Piaggio revela novas Beverly 300 e 400 2021

By on 28 Dezembro, 2020

A Piaggio atualizou as suas scooters de roda alta, as Beverly 300 e 400, sendo que esta última substituirá a versão de 350cc por um motor mais potente e eficiente.

A Piaggio Beverly comemora os seus primeiros 20 anos de vida com duas novas versões e uma atualização completa. A scooter de roda alta, que veio à tona em 2001, agora terá duas novas motorizações de 300cc e 400cc adaptadas à norma Euro 5. A versão 350 desaparece ou melhor, sobe de cilindrada com um motor que é mais eficiente e tem um ganho de potência.

PIAGGIO BEVERLY 300

A Piaggio concebeu a Beverly como a scooter com um bom compromisso entre agilidade e estabilidade, com qualidades urbanas e periféricas perfeitas. O sua redefinição estilística foi  orientada para oferecer uma versão mais desportiva, na qual as linhas mais clássicas são definitivamente abandonadas.

O novo farol central é de LED. Além disso, os piscas LED estão situados em ambas as extremidades do escudo com uma forma singular de tornar a nova Beverly facilmente identificável. Além disso, a luz piloto traseira é de LED com os piscas situados na placa suspensa na roda traseira em forma de barbatana e semelhante ao que vemos, por exemplo, em algumas motos naked. Na traseira, mantêm-se os eternos dois amortecedores típicos de scooters com motor de variador.

PIAGGIO BEVERLY 400

MOTORES 300/400 COM EURO 5

Os novos motores já possuem aprovação Euro 5 para motos, com redução no consumo e emissões, sem perder o desempenho clássico dos motores da gigante italiana. Os motores ainda são monocilíndrico a quatro tempos, com 4 válvulas, arrefecimento líquido e injeção eletrónica.

No caso da Beverly 300, comparando com a versão anterior, o motor sobe cerca de 23% na potência, declarando 28 cv às 8.000 rpm; o binário passa para os 26 Nm às 6.250 rotações, o que significa um aumento na ordem de 15% em relação à anterior Beverly 300.

Como já dissemos, o motor de 400cc substitui a unidade de 350cc. O novo motor tem uma potência máxima de 35,4 cv às 7.500 rotações, com um binário máximo de 37,7 Nm às 5.500 rpm. Será a scooter certa para os trajetos diários, sobretudo para aqueles que no seu quotidiano combinam trajetos citadino com percursos interurbanos mais velozes, uma vez que se trata de um motor com uma melhor velocidade máxima e maior elasticidade e recuperações.

EQUIPAMENTO, DIMENSÕES E CORES

A Beverly também recebe novas características na sua base ciclística e equipamento. A Piaggio também introduziu novas características ao quadro da sua scooter de roda alta, que ainda é confiada a uma estrutura de berço duplo em tubos de aço. A forquilha dianteira agora é uma Showa com bainhas de 35 mm de diâmetro e um par de amortecedores de dupla ação, também Showa, atrás. Os pneus são de 16 polegadas à frente e 14 polegadas atrás. No caso da Beverly 400 esta vem com pneus de 120/70-16 em vez dos 110/70-16 da 300; atrás também tem pneus mais largos: 150/70-14 em vez dos 140/70-14 da 300. As jantes são de liga leve.

As principais inovações de equipamento na Piaggio Beverly estão no sistema keyless (arranque sem chave), algo já oferecido por várias das suas concorrentes, e um painel de instrumentos totalmente digital com tela LCD de 5,5 polegadas. A Beverly 400 vem equipada com o sistema de conectividade Piaggio MIA de série.

As novas Piaggio Beverly chegam ao mercado na versão padrão e S, a mais desportiva. As cores da versão padrão são Branco, Azul e Cinza; a S vem nas cores Argento Cometa, Black Tempest e Arancio Sunset, além de um assento com acabamento em dois materiais. A Piaggio ainda não confirmou os preços das novas Beverly 300 e 400 2021.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x