QJ Motor GS550: Sport-turismo com o motor da Lucky Explorer 5.5

By on 23 Setembro, 2022

A QJ Motor GS550 é uma sport-turismo de perfil apelativo, que munida do dois cilindros da MV Agusta Lucky Explorer 5.5 adaptado ao Euro5, atinge os 57,2 cv de potência máxima.

A QJ Motor é uma marca do grupo Qianjiang que partilha com a Benelli a técnica das suas motos. Por enquanto, o gigante chinês já esteve presente na Península Ibérica durante a Expomoto 2022 no Porto, onde pudemos ver os seus seis modelos mais representativos: as trail QJSRT 800 e SRT 550, a SRK 700 (naked para licença A), a naked para a A2 SRK 400, a cafe racer SRV 550 e a cruiser SRV 300.

Agora, uma nova moto foi oficialmente anunciada, a desportiva GS550. Também chamada de SRK550RR e destinada a substituir a SRK 400 RR, esta 550 com um estilo muito inspirado nas produções modernas tem a particularidade de vir equipada com um motor de dois cilindros muito aguardado. De facto, o bicilindrico em linha de 554 cc é o mesmo motor que alimentará a trail MV Agusta Lucky Explorer 5.5 produzida para o fabricante italiano pela Qianjiang. Mas, na realidade este motor não é novo, pois já apareceu este ano na QJ impulsionando a trail  SRT550 e a neo-retro SRV550.

Em termos de desempenho, o bicilindrico em linha de 8 válvulas possui uma potência máxima de 47,6 cavalos de potência a 7.500 rpm e 51 Nm de binário a partir de 5.500 rpm. Contúdo, para a GS550 estes valores foram aumentados para 57,2 cv e 54 Nm.

Combinado com uma caixa de 6 velocidades, deve permitir atingir uma velocidade máxima de 180 km/h. Mas o ponto positivo deste motor, para além da sua compatibilidade com a licença A2, é que tem homologação Euro5 e pode, portanto, ser vendido na Europa.

No lado da ciclística, a GS550 apresenta um braço oscilante de um só lado muito estético, suspensões KYB à frente e atrás, bem como um sistema de travagem fornecido pela Brembo. O conjunto mantém um peso contido com 180 kg anunciados. A marca também modernizou o seu pacote de equipamentos com sistema de partida sem chave, iluminação full LED, medidor TFT e até porta de carregamento USB.

É muito provável que esta moto vá chegar à Europa, até porque cumpre as normas de emissões em vigor no Velho Continente.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments