RE Crow 865: Uma Continental GT preparada para Pikes Peak

By on 27 Janeiro, 2022

O preparador argentino SGT Tracker Bikes criou esta moto, com base numa Royal Enfield Continental GT 650. Tranformou-a, tornou-a mais potente e mais leve, inspirando-se para as formas na motos da famosa corrida americana de Pikes Peak.

A potência na Crow 865 foi aumentada com uma subida na cilindrada para 865 cc graças ao kit S&S Cycle, modificando pistões, cilindros, árvore de cames e cabeças. Com tudo isso alcançou-se um aumento significativo na performance do motor de cilindros duplos, subindo dos 47 cavalos do modelo de série para 74 cv;  o binário também escalou dos originais 51,5 Nm para 80 Nm.

O design desportivo

Para gerenciar adequadamente a nova potência da moto, foram adoptadas uma embraiagem Rekluse, um filtro de ar K&N, um radiador de óleo maior e uma embraiagem deslizante. Para o sistema de escape, o preparador optou por combinar peças artesanais com um silenciador S&S da Indian FTR.

Veio depois o trabalho de cosmética para aproximar o ‘corvo argentino’ da figura da motos que correm em Pikes Peak. O depósito de combustível original foi recortado e fixo à parte superior do depósito de uma Honda VFR, foram eliminados componentes supérfluos e recorreram ao uso de fibra de carbono nas tampas laterais, nos guarda-lamas e suporte do farol. O resultado foi um emagrecimento da ordem dos 37 quilos, de acordo com a ‘artistas’ da Tracker Bikes.

Para a parte ciclística da Crow 865 foram utilizados vários componentes desportivos de motos Yamaha. A forquilha dianteira invertida, o conjunto de travagem e a roda dianteira pertencem a uma Yamaha R1 , enquanto o braço oscilante, a suspensão traseira e a roda traseira são originários da supersport R6. Os pousa-pés, manetes, suporte de matrícula e outros componentes secundários são ‘aftermarket’; a escolha dos pneus recaiu sobre uns bons desportivos Dunlop Roadsport 2.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments