Trident, um modelo para potenciar a Triumph no mercado

By on 1 Outubro, 2020

SURGINDO NO MERCADO COMO MODELO DE ENTRADA NA GAMA TRIUMPH, E PREVISIVELMENTE COM UMA VARIANTE DE MENOR POTÊNCIA PATA A LICENÇA A2, A NOVA TRIDENT DEVERÁ CHEGAR AO MERCADO NA PRIMAVERA PARA ENFRENTAR A RAINHA DAS NAKED UTILITÁRIAS YAMAHA MT-07 – NUM SEGMENTO ONDE A MARCA INGLESA PRECISA DE CRESCER.

Situadas no topo das vendas do segmento das naked utilitárias, a MT-07 e a Honda CB 650 R são hoje o maior desafio para a nova Trident. Para além de se tratar de um modelo totalmente novo, o único contra da moto britânica é dispor de uma menos extensa rede de concessionários, para se expandir nas vendas.

No entanto, o fabricante inglês está a trabalhar nisso e isso requeriu o arranque para um diferente plano de comunicação. Reparem que o lançamento da Tridente tem sido faseado, o que logicamente resulta uma visualização mais atenta de cada uma das suas características. São portanto, enormes, as ambições da Triumph com este modelo, por forma a potenciar o seu próprio crescimento.

A Trident será, sem duvida, um modelo de extrema importância, uma digna ponta-de-lança para o crescimento da Triumph num dos mais procurados segmentos acima de 125ccc onde a marca não tem intervido como gostaria nos últimos anos. Esta entrada num novo caminho, vai certamente de encontro a uma faiza de jovens e novos utilizadores da moto, fator primordial para o potencial de vendas de um fabricante. Se esta nova estratégia da marca britânica, vai ou não resultar, mas que parece bem encaminhada, parece.      

Por tudo isto, a nova ‘coqueluxe’ da marca de Hincley parece ter tudo para vingar. Já vimos as linhas quase clássicas, sem ‘afundar’ no retrô, já só falta agora saber as cores definitivas e a ficha técnica.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x