Ensaio Mitt 125PK Max – Mini Monster

By on 29 Abril, 2019

Divertida, compacta, estilosa e com um preço atraente, a Mitt PK Max tem tudo para ser um grande sucesso no nosso país, com argumentos para uso urbano que obviamente são diferentes dos oferecidos por uma scooter, mas nem por isso menos válidos.

Tudo gira à volta do pretenso chassis em treliça de aço tubular, zona superior em vermelho vivo aparafusada às seções inferiores a negro mate, que em termos de estética remete inevitavelmente para a Ducati Monster, numa versão à escala, claro está… mas neste caso, a conjugação de leveza e dum monocilíndrico a 4T com acelerações vivas e suavidade geral irrepreensível, apesar da simplicidade de refrigeração a ar, torna a PK Max num pacote divertido.

Max, porque ela é uma versão crescida da PK125, que é uma espécie de mini-naked com esteroides, mas as dimensões mais generosas da Max PK, com rodas de 17”, obviamente tornam-na mais amigável para todo o tipo de usos, emprestando-lhe um ar de moto grande, embora mantendo um peso reduzido de apenas 135 Kg a seco, 30 mais que a PK “mini” de rodas de 14”.

Claro que com 7,5 cavalos de potência às 9.000 rpm e um teto de velocidade de ponta de cerca de 110 Km/h, isto nunca vai ser uma devoradora de alcatrão, mas tampouco é isso que se pretende, antes uma forma estilosa e muito económica de nos deslocarmos no perímetro urbano brincando às “Street Fighters” se quisermos, usando a posição de condução muito chegada à frente empoleirados sobre os instrumentos, fazendo com que a Max se conduza como uma moto de cross quase.

A altura do banco de 780mm também permite, mesmo aos menos corpulentos, controlar o todo colocando os pés no chão facilmente ao manobrar ou estacionar.

O equipamento mostrou-se eficiente, com grossos garfos invertidos de bom diâmetro que não ficariam subdimensionados numa moto com 4 vezes mais capacidade e nomeadamente os travões de disco frente e trás, que mostraram boa mordida e, mais importante dado o perfil do utente tipo, considerando que esta 125 pode ser conduzida com carta B de automóvel, boa progressividade e tato.

Neste caso, para estar conforme as exigências do Euro 4, em vez da presença de ABS, temos travagem combinada, o que quer dizer que, quando acionamos o pedal, estamos a travar em ambas as rodas. A consola LED exibe rotações, velocidade em números claramente visíveis, nível de combustível e mudança selecionada tudo num painel retangular com cerca de 25 cm de largura, agradável à vista e bem integrado na consola do farol. O farolim traseiro de dimensão generosa também emprega tecnologia LED.

Ao todo, a 125 PK Max é uma pequena motocicleta espetacular e divertida, com medidas e peso muito pequenos, fácil de dirigir e estacionar. Adorámos em especial o pormenor do “quadro” em treliça acabado a vermelho de cada lado, fazendo a Max parecer uma moto muito maior…. Mas também a posição de condução, que nos leva eretos e sem esforço, permitindo “dominar” o que se passa em redor com naturalidade, sendo verdade que grande parte dos acidentes com duas rodas se devem a distrações ou erros de observação. O grande farol dianteiro e depósito de combustível de 12 litros também contribuem para o “look” de moto grande, por isso, se não quiserem dizer a ninguém que se trata apenas de uma 125, podem fazer um vistão sem quebrar a conta bancária…

Mais:

Estilo, Acessibilidade, Leveza, Preço

Menos:
Desempenho modesto

 

Mitt PK125 Max FICHA TÉCNICA
Motor Monocilíndrico de 125 cc 4T, refrigerado a ar
Potência 7,5 cv às 9.000 rpm
Alimentação Injeção eletrónica
Transmissão 5 velocidades
Ciclística Quadro tubular em aço
Dimensões C x L x A 1.770 x 760 x 880 mm
Altura assento 780 mm
Travões, Frente Disco pétala com êmbolo duplo, ABS
Travões, Trás Disco pétala, travagem combinada
Rodas Jantes de 17” em liga
Pneus, Fr. – Tr. 100/90/17 – 110/80/17
Suspensão, Fr./Tr. Forqueta hidráulica, monoamortecedor
Peso: 135 Kg
Preço: 2.690 €
Importador Puretech Moto, Lda.

 

Concorrência:

Honda MSX125: 9,8 cv, 3.399 €, 102 Kg

Keeway RKV125 Evo: 10,7 cv, 2.370 €, 140 Kg

Yamaha YS125: 10,5 cv, 2.795 €, 140 Kg

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!