Teste SYM Maxsym 400 2022 – Moderna e estilizada, excelente compromisso entre prestações e funcionalidade

By on 13 Julho, 2022

Ensaio realizado pelo Moto+

Rodámos com a nova SYM Maxsym 400 por todo tipo de estradas para percebermos a abrangência do seu desempenho numa utilização diversa, pois na nossa perspectiva uma scooter GT/desportiva de 400 cc , deve ser garantia de múltiplas possibilidades de utilização.

A primeira realidade que constatamos é a sua estética bem conseguida, compacta e de linhas modernas e elegantes, bem desenhada, com bons acabamentos e uma imagem global de boa qualidade e bom gosto na concepção de todo o conjunto.

A estética desportiva de linhas angulosas é complementada por um novo chassi, mais leve que a versão anterior em quase 20%, realidade que confere uma maior agilidade e desenvoltura à Maxsym 400, sobretudo no trânsito de cidade.

A iluminação é full LED e o novo grupo ótico dianteiro proporciona uma excelente visão noturna.  A nível da iluminação a Maxsym 400 conta com um sistema de aviso de travagens bruscas acima dos 70 Km/h, acionando de forma intermitente os faróis traseiros e alertando assim quem circular atrás.

Motor elástico com entrega suave, silencioso e sem vibrações

O seu novo motor, já de acordo com a norma Euro 5, garante agora uma maior eficiência, mais potência e um consumo mais baixo, Apesar de ser um monocilíndrico o motor da Maxsym 400 não aparenta vibrações e é muito silencioso, proporcionando suavidade e conforto na condução.

Na concepção do novo motor a SYM introduziu tecnologia que reduz o desgaste das peças móveis, diminuindo o atrito e o sobreaquecimento das mesmas.  A potência vê-se agora aumentada para os 34 CV às 6.750 rpm com um binário máximo de 39,5 Nm às 5.250 rpm.  Em matéria de eficiência e de acordo com a SYM conseguiu-se uma diminuição de consumos na ordem dos 30%.

O sistema de admissão conta com um novo filtro de ar e o sistema de escape tem um novo desenho. A rodar com pendura o mesmo assinalou que do escape se sentia um calor excessivo na perna direita, talvez também pelo facto também de termos rodado em dias em que as temperaturas superavam os 40º.

Equipamento e ajudas à condução

Em termos de ajudas electrónicas a SYM introduziu uma novidade que é o controle de tração na roda traseira, garantindo assim maior estabilidade em acelerações e maior segurança em situações de piso com menos aderência.

Na travagem a Maxsym 400 conta com duplo disco na dianteira com 275mm e pinças radiais com 4 pistons, realidade pouco habitual numa scooter de 400cc mas o certo é que a travagem é obviamente excelente, doseável e de bom tacto e conta com ABS. Pormenor de qualidade é também a possibilidade de ajuste das duas manetes de travão.

Em termos de equipamento a Maxsym 400 oferece luxo, conforto e capacidade acima da média. Conta com um painel de informação muito completo com dois manómetros redondos, demasiado coloridos para nosso gosto, unidos ao centro por um painel digital, com leitura clara e precisa de toda a informação.

Conta ainda com sistema de ignição Keyless e no botão que liga a moto podemos ainda trancar a direção e rodando no mesmo sentido sem o pressionar abrimos o tampão da gasolina. O assento abre-se de forma elétrica, pressionando um segundo botão ao lado do anterior sempre e quando a moto esteja ligada.

O compartimento debaixo do assento é generoso e cabem perfeitamente dois capacetes, um capacete integral e um Jet e ainda alguns objectos. Na frente contamos ainda com dois compartimentos/ porta-luvas onde poderão ser colocados pequenos objectos onde se situa uma tomada USB para carregamento de dispositivos eletrónicos. O écran dianteiro é ainda ajustável em duas posições.

Ágil e divertida, uma GT com atitude desportiva

A posição de condução é natural com espaço suficiente para os pés embora os joelhos nas travagens mais fortes tenham tendência para se colar ao painel frontal da scooter. O assento é bastante confortável e espaçoso, tanto para o condutor como para o pendura. A suspensão é algo firme, embora tenha ajuste de pré-carga nos amortecedores traseiros em 5 posições . Em piso degradado demonstra alguma dificuldade em garantir leitura e conforto. A suspensão dianteira telescópica de 41 mm tem um bom comportamento e uma boa afinação de fábrica, embora não seja ajustável.

A rodar surpreende-nos a enorme suavidade do conjunto, sem quaisquer vibrações independentemente do regime, motor silencioso e um acelerador de tacto excelente. Em cidade a Maxsym 400 demonstra uma enorme desenvoltura no meio do tráfico beneficiando do seu novo chassi mais compacto e do menor peso do conjunto. As acelerações são suaves e rápidas, denotando a intenção da SYM de dotar a sua nova 400 de um comportamento desportivo. Um motor elástico que beneficia de um binário forte desde baixas rotações.

Já em estrada aberta a Maxsym 400 é capaz de superar os 150 Km/h , com um motor que demonstra boas recuperações essenciais para realizar ultrapassagens em segurança embora nos regimes mais altos sintamos algo de perda de desenvoltura. Em termos de proteção aerodinâmica a Maxsym 400 tem nota máxima com o écran colocado na posição mais alta.

Em estradas sinuosas a Maxsym 400 é muito divertida. Graças ao seu novo chassi, à elasticidade e ao par do seu motor e aos bons travões que monta, podemos sempre apurar ao máximo a entrada em curva e rodar o punho para sair em aceleração, mantendo um ritmo alto de condução. As trajectórias são precisas graças também á firmeza das suas suspensões, sobretudo em estradas de bom piso. Rapidamente chegamos ao limite de inclinação assinalado pelo roçar da carroceria no asfalto.

Uma nova geração de scooters SYM

SYM Maxsym 400

A nova Maxsym 400 a par da mais desportiva versão TL de 560cc e 40 CV representam uma nova era da marca e um novo posicionamento de marcado, com uma aposta clara em termos de subida de escalão para um segmento de scooters topo de gama mais luxuosas e mais sofisticadas.

SYM Maxsym TL 500

Definitivamente a SYM pretende no segmento médio-alto de gama de scooters afirmar-se pela qualidade da sua oferta e esquecer a oferta anterior que não primava demasiado pela qualidade de acabamentos mas sim por um preço mais agressivo face à concorrência. E a nova Maxsym 400 reflete precisamente essa nova estratégia de mercado.

A Maxsym 400 reúne uma série de atributos que a posicionam no topo da oferta de scooters GT’s com atitude desportiva, com acabamentos luxuosos e equipamento de topo, uma estética moderna e estilizada, com um novo chassi que lhe confere maior agilidade e leveza e sobretudo com um motor que revela eficácia, elasticidade e consumos moderados na sua classe.

O factor segurança foi também considerado com a inclusão de controle de tração, ABS desligável na roda traseira e um sistema de intermitência das luzes traseiras quando se realizam travagens bruscas a mais de 70 Km/h.

A SYM Maxsym 400 está disponível em Portugal em apenas duas cores, cinzento antracite mate  e cinza claro, por um PVP de 7.099 euros que inclui 3 anos de garantia do fabricante

O que mais gostámos e o que pode melhorar

MOTO +

  • Agilidade do conjunto
  • Suavidade na entrega de potência
  • Ausência de vibrações
  • Consumos baixos
  • Espaço de bagagem
  • Estética e acabamentos

MOTO –

  • Estética do painel de informação
  • Suspensão traseira em mau piso
  • Preço face à concorrência

FICHA TÉCNICA – SYM MAXSYM 400

Motor Monocilíndrico 4 tempos SOHC 4 válvulas Euro 5
Diâmetro x Curso 83 mm × 73,8 mm
Cilindrada 399 c.c.
Potência Max. 25 kW (34 CV) @ 6750 rpm
Binário Max. 39,51 Nm a 5250 rpm
Refrigeração Líquida
Alimentação Injeção electrónica com controle de tração (TCS)
Ignição Eléctrónico
Arranque Eléctrico com sistema ignição Keyless
Lubrificação Carter húmido
Embraiagem Centrífuga
Transmissão Variador contínuo de velocidade
Escape Com catalizador
Emissões CO2 82 g/Km
Susp. Dianteira Forquilha telescópica, 41 mm
Susp. Traseira Amortecedor duplo c/ ajuste de pré-carga em 5 posições
Travões Frente: Duplo disco 275 mm. Pinças radiais de 4 pistons. ABS  Trás: Disco 275 mm. Pinça de 1 piston. ABS e travão de estacionamiento
Pneus Frente 120/70-R15 56S – Trás 160/60-R14 65H
Jantes Frente Aluminio. 15″ x 3,5” – Trás Aluminio. 14″ x 4,5”
Dimensões CxLxA 2230 x 820 x 1455 mm
Altura Assento 800 mm
Dist. ao Solo 135 mm
Angulo Direção 27,5º
Avanço 103 mm
Distância / Eixos 1555 mm
Peso 215 Kg
Depósito 13 Litros de combustível
Capacidade Bagagem 45 L – Capacidade para 2 capacetes (1 Capacete Integral + 1 capacete Jet )
Écran Párabrisas Ajustável manualmente sem ferramentas
Iluminação Full LED excepto luz de matricula 12 v – 5 w
Painel de informação Analógico e digital.
Cores 2022 Cinzento Mate e Cinza Claro
PVP 7.099 euros

Concorrência directa

BMW C400 X  350 cc / 34 CV / 204 Kg / 6.286 eur
BMW C400 GT  350 cc / 34 CV / n.d. Kg / 7.872 eur
HONDA FORZA 350  279 cc / 25 CV / 182 Kg / 6.050 eur
HONDA ADV 350  279 cc / 25 CV / 182 Kg / 6.250 eur
KYMCO XCITING 400  399 cc / 36 CV / 209 Kg / 6.099 eur
YAMAHA XMAX 400   399 cc / 31 CV  / 211 Kg / 7.100 eur

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments